E agora? Comeram minha esposa ou não?


Click to Download this video!


E agora?
[Rascunho]
A mensagem não foi enviada.
Salvo em: ter 10/10/2017 01:14

Para:
kabbal
Eu e Carol estamos casados já há alguns anos. Há pouco tempo descobri que minha esposa adora ser tarada. Tudo começou no verão quando fomos a praia com os amigos. Carol estava com uma saidinha de banho branca e um biquíni fio de cortininha por baixo. Nos arrumamos na beira da praia, abrimos o guarda-sol, colocamos o cooler ao lado com as cervejas, colocamos as cadeiras e todas essas parafernálias de praia. Estava eu, Carol, Juca, Stéfany e Júlio. Só eu e Carol éramos casados, o resto era tudo solteiro. Carol e Stéfany se levantaram e tiraram suas saidinhas de banho. Imediatamente percebo Juca e Júlio fixarem os olhares nos dotes carnudos de Carol e Stéfany. Elas nem perceberam que estavam sendo comida com os olhos. Disfarcei e falei no ouvido de Carol para não dar muita bandeira com o corpão dela, pois os dois urubus estavam de olho nelas. Ela olhou pra mim com uma cara de safada e disse: "Que que tem, amor? Quer dizer que ainda sou gostosa!". Eu concordei e disse: "É gostosa mas é só pra mim". Ela então disse que iria se comportar. Nós homens começamos a jogar frescobol, enquanto dois jogavam, um esperava. Enquanto isso, as meninas estenderam as cangas no chão e se deitaram de barriga para cima para pegar um sol. Colocaram uma toalhinha no rosto e ali ficaram. Por vezes, vejo Juca e Júlio olhando o capô de fusca estampado naquele biquíni cortininha de minha esposinha. Esperei um tempo, disfarcei, e fui falar com Carol de novo. Disse que os dois á comiam com os olhos, e que ela estava dando brecha. Ela riu e disse: "Fica tranquilo, amor! Enquanto eles olham meu corpinho, quem vai me comer mais tarde, vai ser você". Aquilo me deu um tesão e já fiquei de pau duro. Fiquei ali sentado na areia até abaixar o volume das calças.
Após me recompor, fomos todos pra água, tava uma delícia de mar. Sabe aqueles dias com o clima perfeito? Sem vento, mar calmo, sol ideal, amigos, cervejas e muitas risadas. Saímos do mar e fomos a um banheiro coletivo que tinha ali. Entrei com Juca e Júlio no banheiro masculino para tomar banho. Nos despimos e quando olhei o pau de Juca mole, fiquei até com vergonha. Vai ter um pau grande assim lá na casa do caralho! Eu e Júlio começamos a pegar no pé de Juca, dizendo que ele tinha 3 pernas. Rsrsrs. Não sou de tarar o pau dos outros, mas aquilo era imperceptível. Juca e Júlio se banharam primeiro, quando eles começaram a se secar eu entrei no chuveiro. Depois que terminei o banho, lembrei que tinha deixado a toalha na bolsa da Carol. Falei para os guris que tava sem toalha aí eles me ofereceram as suas, mas nem a pau que eu iria me secar na mesma toalha que eles secaram o pau deles. Pedi para Juca pedir para Carol a minha toalha, ele saiu e pouco tempo depois ouço um grito de mulher. Fiquei encucado mas logo Juca já aparece com a toalha. Me sequei e então fomos todos embora.
Já estava anoitecendo quando eu e Carol chegamos em casa, tomamos um café e fomos assistir televisão. Passado algum tempo, convido Carol para ir deitar na cama e continuar assistindo TV lá. Ela aceitou e nos trocamos. Ela estava só de camisola e uma calcinha fio. Seu peitinho entumecido demarcava sua camisola, minha esposa tava um tesão. Eu só com uma bermudinha e sem cueca. Começamos a ver TV e conversar ao mesmo tempo. Falamos da praia, de como estava legal. Disse pra ela que ela estava muito gostosa hoje na praia de biquíni.
Ela disse: "Eu tava é, seu safado!?".

Eu falei: "Tava sim, mas não foi só eu que percebi. Juca e Júlio também conferiram de perto, né".

Ela provocou: "Aí amor, que que tem? Não posso mais pegar sol na praia? Quer que eu fique feia e nenhum homem mais me perceba?".

Eu falei: "Claro que não. Eles podem até olhar, mas não quero que eles te desejem como eu. Duvido se algum deles não vai bater uma punheta hoje pra ti".

Ela riu e disse: "Tu é muito cismado. Pára com isso, seu doido! Aliás, tô afim de botar silicone no meu peitinho. Acho eles pequenininhos!".

Eu disse: "Claro que não, amor. Não gosto de peito grande. O tamanho do teu peito é perfeito pra mim. Eu que preciso aumentar meu pau".

Ela então falou: "Aumentar o pau? Tá louco é? Quer acabar com minha bucetinha? Se bem que se tu tivesse uma pica maior não seria nada mal, hein? Acho que eu iria curtir dar uma cavalgada nessa nova mangueira".

Eu falei: "Não tá contente é?"

Ela disse: "Claro que tô, amor. Só brinquei. Mas porque quer aumentar o pau?"

Eu falei: "Nada não".

Ela disse: "Nada é? Sei!!"

Eu falei: "Tá bem!! É que hoje a hora que fomos tomar banho vi o pau de um dos meninos e dá o dobro do meu".

Ela disse: "O dobro!!! Nossa o teu já é grande, imagina o dobro então. De quem era o pau de jumento?"

Eu falei: "Não vou te contar né, se não tu vai ficar imaginando".

Ela segurou no meu pau e sussurrou no meu ouvido: "Então vou imaginar os dois com o pau grande".

Eu falei: "Olha, safada. Não provoca. Já não basta eles baterem punheta pra ti, agora tu quer imaginar o pau deles também?".

Ela disse: "Só quem vai imaginar vai ser o Júlio, porque o Juca me viu peladinha hoje lá no banheiro a hora que foi pegar a toalha pra ti".

Eu bravo falei: "Te viu pelada? Porque não trancou a porta?".

Eu disse: "Sei lá, nunca tranco a porta. Não sabia que ele entraria sem avisar".

Aquele papo me deu um tesão. Segurei a bunda dela e mordia os lábios dela e falava: "Tu gostou de ser observada por outro homem, é? Fala!".

Ela desconversava e falava: "Claro que não, amor. Só você pode me ver nuazinha da Silva. E tu gostou de ver uma pica maior que a tua?".

Eu falei que iria aumentar meu pau pra dar mais prazer pra ela. Ela então montou em cima de mim e esfregava a bucetinha no meu pau através da calcinha dela e da minha bermudinha. Ela sussurrava em meu ouvido que se eu aumentar o pau ela iria cavalgar feito doida na minha rolona. Ela então tirou meu pau todo lambuzado pra fora, chegou a calcinha pro lado e enfiou só a cabecinha.
Ela dizia: "Quem era o pauzudo, amor? Vai me deixar curiosa? Olha que eu vou tentar descobrir, hein!? Ainda mais agora que tu disse que eles estão batendo uma pra tua esposa".

Ela continuava a se requebrar em cima de mim só com a cabecinha na buceta então eu falava: "Quer saber é, safada!? Queres que eu diga quem tem uma rola mais grossa que a minha?"

Ela fechava os olhos e se rebolava ainda mais só na cabecinha do meu pau e falava: "Fala pra mim, fala. Quero saber quem é esse jumento do pau grande!"

Ela se mexendo na cabeça do meu pau, parecia que ela já tava quase explodindo de tesão e então falei: "Quer saber? O pauzudo é Juca!!".

Ela então sobe um pouco para se impulsionar e senta de uma só vez, estocando meu pau inteiro dentro dela. Ela solta um urro de tesão, começa a cavalgar gostoso no meu pau e fala: "Sabia que era o Juca. É bem a cara dele ter um pau desses".

Eu disse: "Gostou de saber, sua safada!?"
Transamos gostoso a noite toda. Ela cavalgava gostoso e por vezes falava no pau grosso de Juca. Durante o sexo ela falava que adorava ser tarada por outros homens. Que a deixava com tesão. E brincou pra eu andar logo com o aumento do pau se não ela iria procurar o Juca.

Tempo depois, no aniversário de Carol, decidimos fazer uma festa na piscina. Churrasco, cerveja e apenas alguns amigos. A mulherada toda de biquíni, a rapazeada só de bermuda de banho. Bebemos, comemos e lá pelas tantas, estávamos um pouco alegres da bebida. Eu sempre olhava para Carol e também olhava para Juca, pois já sabia do interesse e a curiosidade que cada um tinha pelo outro. Mas nada demais, todos comportados.
Mais tarde, eu estava conversando com alguns conhecidos e quando dei por conta, Carol tinha sumido. Fui procura-la pela casa. Não a encontro em lugar nenhum, então decido procurar atrás da casa. Quando estou indo aos fundos da casa, Juca passa por mim. Ele me cumprimenta e percebo um levo volume em suas calças. Continuo indo para os fundos da casa, chegando lá encontro Carol. Ela toda sem jeito veio me contar que estava apertada e que foi ali para mijar, pois era mais perto que o banheiro, só que quando ela chegou ali Juca já estava mijando. Ela disse que não conseguiu evitar e olhou o pau de Juca. E disse: "Amor, é um baita pau mesmo!"

Eu falei: "Tá e porque tu não foi lá pra frente enquanto ele mijava?"

Ela disse: "Juca disse que já tinha terminado de mijar e já estava saindo. Então ele saiu e tu chegou".

Eu falei: "Tá, então vamos pra festa".

Ela disse que não tinha mijado ainda e que iria mijar. Eu vi que ela tava meio alterada da bebida e resolvi ajudá-la. Quando vou colocar a calcinha do biquíni dela pro lado, percebo que já tinha um pedaço dos grandes lábios da buceta dela pra fora da calcinha. Fiquei encucado, mas continuei. Quando coloco a calcinha dela pro lado e vejo por inteiro a buceta de minha esposa, percebo que a buceta está toda vermelha e esfolada e também percebo que está toda lambuzada. Um cheiro de pau com buceta levanta imediatamente. Enquanto ela mija eu falo: "Tem certeza que tu não fez mais nada com ele além de ver o pau dele?". Ela jura de pé juntos que não. Após a festa, tomamos um banho e transamos a noite toda. Senti a buceta de Carol mais larga, e ela parecia muito feliz e cheio de tesão.
E agora? Acredito ou não nela??

Foto 1 do Conto erotico: E agora? Comeram minha esposa ou não?


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario oliveira956

oliveira956 Comentou em 12/11/2017

Pergunte a Papai Noel.Ele vai lhe dizer que o saco do Juca é de brinquedo.Só dá alegria.

foto perfil usuario oliveira956

oliveira956 Comentou em 12/11/2017

Pergunte a Papai Noel.Ele vai lhe dizer que o saco do Juca é de brinquedo.Só dá alegria.

foto perfil usuario oliveira956

oliveira956 Comentou em 12/11/2017

Pergunte a Papai Noel.Ele vai lhe dizer que o saco do Juca é de brinquedo.Só dá alegria.

foto perfil usuario liacasada

liacasada Comentou em 10/10/2017

Ha duvidas, bom conto votado

foto perfil usuario bianor

bianor Comentou em 10/10/2017

Boa tarde;bjus na piriquita dela,Vc sabe q ela deu porque ñ conferiu dando uma chupada para ver se vinha gala.

foto perfil usuario mich

mich Comentou em 10/10/2017

Ah meu vc atrapalhou a gozada do amigo, mais 10 min e vc tinha visto o mingal tbm hahaha, bom conto.

foto perfil usuario jordanel

jordanel Comentou em 10/10/2017

Como todo autor de conto de traição é corno manso ou sonha ser é evidente que você vai acreditar nela.

foto perfil usuario cadima1

cadima1 Comentou em 10/10/2017

Não liga para isso .




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


106396 - Minha esposa me traiu e nem percebeu - Categoria: Traição/Corno - Votos: 41
106537 - Era pra ser só uma inseminação natural - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
106557 - O ginecologista "examinou" minha esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
106594 - Todos fuderam, menos eu - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
106646 - Esposa boa de massagem erótica - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
106651 - Matando a curiosidade da sogra - Categoria: Traição/Corno - Votos: 27
108836 - Comeram minha esposa num Lual - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
120505 - Nosso primeiro Ménage - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20

Ficha do conto

Foto Perfil kabbal
kabbal

Nome do conto:
E agora? Comeram minha esposa ou não?

Codigo do conto:
107333

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
10/10/2017

Quant.de Votos:
19

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


conto erotico gay enemconto erotico gay viado desobediente tem que ser castigadoporno conto erótico com a sograconto erotico hoje voce vai ser meuConto erótico japonesatirei a virgindade do meu sobrinho roludo e minha bunda grandewww.fudendo no aviaomeus filhos de doze anos metem na nossa frente contos eroticosvejo porno e transando dentro do banheiroconto erotico minha prima me seduziuquadradinhos erocticos mae de tesaoperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos eroticos esposa ensiminada pelo comedoreu tirei meu cabaco com meu tiomeu namorado me comeu com agresividade e eu gostei contocontos eroticos de coroas evangelicas traindo o marido com novinhocontos eróticos variadosporno conto erotico com noraminha madrasta gostoza contoúltimos contos de incestocontos eróticos deixei minha esposa meter com genro dela na minha frenteconto erotico gay peludowww.primascontoseroticos.comConto de trans fodendo outra trassedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosconto gay sozinho em casa pepinomalacocamaradaMeu patrao dono da empresa que eu trabalho ele me convidou eu pra eu ir passear na sua lancha conto eroticocontos eroticos seduzindo meu cachorro e ficando grudada com eleContos eroticos chupei minha mulher e minha filhaccontos eroticos gozaram detro de mimpornô gay olhando o meu primo contosgoza emcima da buceta porno guaxiniContos eroticos dp4 garotas virgem violão um rapaz para se desvirginarcontos heroticos tranzando com a minha tiaconto minha titia comigo no banhoConto erotico primaquadrinhos hentai cartooncontos de guey de calsinhacontos eroticos de incesto pai encoxado a filha de shortinho curto atolado no rabox.videi.comsrxo hentai so gozafasfiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornosiririca para o filho contocontos eroticos.filhas.comcasada.epaucomi cu vigem da pastoracontocontos eroticos maes com filhos roludosconto erotico comeram minha namorada na faculdadeXVídeos e****** três negão marido honhado ver contos eróticos transei com minha sogra taradacontos eróticos tadeu o pivetecontos eroticos gay infanciafatima garcia conto eroticoContos eròticos teens incesto pai e filho novinhos curiosogay gemendo e apertando colchao com forca sendo estrupado pornobuceta pingando teia de aranha xnxxContos erotico com menina do lanche novinhacontos com fotos cfm casadasconto erotico cunhada e sobrinhacontos eroticos com orgia com vovo e papaieroticosexobizarroconto traiçao da esposa intima no presidiocontos erotico-você me dominadei pra um cara muito gostosoMeu pai me comeu e comeu a minha priminha contos eroticosconto erótico 103contos eroticos de cornos e veiasDona do aniversário da o cu conto eróticoConto Erotico Gay conhecendo o prazer com o vizinhocomi meu irmao mais novo gaycontos de dp com corno e amigosCarol puta desde novinha contosconto dei o cucontos de rasgando o cu da irmã com a pica de jumentoxxx comics negrosconto enfermeira safadinhacontos estrupou himilhou velha gorda por diasirmã gostosa com xereca gostosawww.contos encoxando minha enteadaconto erotico com neguinha da rocaMoleque fez minha esposa nojenta mama sua rola historias eroticasperdi as preguinhas do cu quando era pequenaIniciação anal de lilian contos eroticoscontos eroticos de incesto ladroes pegando a novinha.climax contos encoxando a vovocontos eróticos de gay comi meu padrinho[email protected]contos com fotoscfm casadasO seguraca da escola dos meus filhos um negro dotado 25cm fudeu meu c. Conto ertico heterossexual.pai pegou a filha Barbuda transando e meteu a rola nela tambémcontos heoroticos novinhosarrombada com ajuda da mamaeconto porn