A Excursão 16


Click to Download this video!


O tempo corria, e aquele aroma característico que os dois conheceram naquele aposendo da fazenda durante a excursão passada, se transformou... agora, de aroma, passou a cheiro.. um cheiro forte que emanava daqueles corpos tesos, suados... cheiro de coisa proibida, cheiro de pecado... Beto, naquele momento, fazia o que queria com Gisele... ela estava completamente entregue, e seu rosto era a pura expressão do prazer e da luxúria. Beto emite uma exclamação de prazer quando coloca seu imenso membro entre aqueles dois seios, naquele momento. Gisele sente a cabeça rubra do pênis do irmão no seu queixo... seu corpo todo se arrepia quando lhe sente o cheiro... Beto pede que ela aprisione seu membro com aqueles dois mamões trêmulos de viço.. e ela obedece, candidamente, pressionando o pau do irmão, que reage, arfando como um cão em pleno cio.
- caramba...! que tesão... aaah..! Gisele...
- gosta..? -pergunta ela, vendo-o naquele estado. Seu olhar é carregado de malicia.
-gosto... beija ele... vai... beija ele gostoso..
Ela sente o membro ali,perto dos seus lábios... e ela dá um "selinho", vendo o membro retesar-se, endoidecido... ela repete, olhando para o rosto do irmão..
- caramba... que delicia de mulher vc é... - balbucia ele, tentando manter algum resquicio de sanidade.
Ela enfia a cabeça na boca, e o chupa, lasciva...mesmo sem experiência, ela se deixa levar pelo instinto... instinto animalesco que se apossara de ambos.
-ah...assim vc me mata...de tesão... - "reclama" o rapaz.
Ela não dá tregua... chupa ele, enfiando na boca aquela tora o mais que pode... consegue apenas a enorme cabeça, que mal cabe na sua boca.
- aaah... vou.. esporrar de novo... aah... vou... voouuu...
Beto não consegue segurar, e lava o suave e belo rosto da irmã com sua porra quente... ela cerra os olhos, sentindo as golfadas no rosto e ouvindo os urros de prazer do irmão.
Sem tréguas. Beto não dá tréguas a Gisele. Ele não se cansa de tocar,de se deslumbrar com aquele corpo de deusa,nua, ao seu lado.. ele quer aproveirar aquele momento..se for sonho, que dure o quanto puder... ele não quer acordar... quer possui-la por inteira, quer fazê-la sua o tempo todo, quer enlouquecela de tesão para que ela nunca mais se esqueça daquele momento..
Gisele está de costas para ele, e sente a ereção do irmão nas nádegas.
- hmmm... para quem foi meu "aluno", vc se superou...rsrsr
- é que a professora é boa demais...
- rsrsr... me acha boa?
- demais... boazuda... gostosa...tesudaça...
- credo!! rsrr... tudo isso?
- e muito mais... e quero descobrir...
Ela sente as mãos dele abrindo suas nádegas. Ela busca o membro do irmão,por trás, e começa a esfregar de leve...
- nossa!! ele não pára quiete... - diz.
- por sua causa... vc o deixa louco..
- e ele...me deixa toda ardida...rsrsrsr
Ela geme quando sente o dedinho tatear seu ânus.
- Oh, Beto... - geme mais uma vez.
- mostra pra mim...abre ele pra mim... vai...
Ela aperta seu pau. Aperta forte...
- vc.. vc quer ver...?
-quero...fica de quatro... e mostra pra mim...
Ela obedece. Sai dele, e se coloca de quatro na cama. Beto fica por trás... de quatro ela fica terrivelmente sedutora..nunca vira uma mulher em pose tão sedutora.
- Gisele... vc é um tesão...
- mais que a Selma?
- mais que todas...
- nunca imaginei ficar assim para vc...rsrsr
- ficou lá na fazenda...
- mas não imaginei... que fosse dar nisto...rsrsr
- e vc acha... que não iria me deixar com tesão...
- imaginei, sim... sabia que vc iria ficar com tesão de mim... mas... que a gente fosse transar... hmmm...
- queria me deixar com tesão, é? pór isso ´´e que ficou peladinha pra mim...
- eu queria saber se vc ia ficar com tesão por mim... rsrsrs... e eu percebi que vc ficou com muito tesão...
- também, vc tirando a calcinha...mostrando tua buceta ...como eu não iria ficar com vontade de te comer?
- Beto!! que maneira de falar...rsrs... ainda sou tua irmã...rsrsrs
- minha irmã... tesuda... gostosa demais...
Ela empina a bunda, e geme quando sento o rosto do irmão se enfiar entre suas nádegas.
-oohh... Beto...
Beto a lambe lascivamente ali.
-oooh... Betoo...oooh...- ela quase uiva. Sente a lingua quente do irmão rodear aquele orificio inexplorado.
- tesuda...
- oooh... mais... oooh,quero mais... oooh... delicia...!
Beto se demora ali uma infinidade de tempo. Depois sai dela.
- empina... empina, tesuda...
Ela obedece. Seu corpo se arrepia. Sabe o que ele quer.
Beto se ajeita por trás. Pincela toda a extensão daquela vulva, melecando a cabeça do seu grosso instrumento. Gisele apoia a cabeça sobre os lençõis.
- vou... vou meter... vou meter gostoso... - avisa ele, entredentes.Mal se controla. Aquele cheiro no ar se intensifica terrivelmente. O membro de Beto se retesa, louco para entrar naquele novo aconchego, muito mais apertado.. E Beto força aquela entrada, que resiste. Mas logo a cabeça se aloja naquele lugar quente e delicioso. O rosto de Gisele se crispa de dor.
- aaahh.. Betoo... dóóóii...aaah..
Beto para por um instante. Mas reinicia a invasão. Gisele geme alto.
- caramba... como vc... é apertada....aaah...
Beto enfia ainda mais, sentindo as pregas da garota se rompendo ante a enormidade daquela tora de carne.
- aaah... manoo... aah...devagar....devagaaar.... aaah..
Ele entra ainda mais... metade já entrara. Ele pára. Ela retesa o corpo. Respira fundo. E Beto inicia um vaivém suave...
Beto então retira seu membro de dentro daquele ânus delicioso.
- Betoo... vc me ... me arrebentou toda... - reclama ela, embora sorria para ele. - seu doido...!
- mana.. vou foder teu cú... até não poder mais...
E ele olha aquele ânua aberto e não resiste. Enfia de uma vez até a metade, ignorando o grito da irmã.
Pouco depois, aquele vaivem já se intensificara. Oque se houve são gemidos continuos da moça, que tem seu tronco impulsionado para a frente antes as estocadas ...
Gisele se sente ultrajada, possuida ao extremo... sente o irmão entrar e sair dela... ele devassara seu recanto que permanecera virgem até então.
-ohh... Gi... gostoso demais te comer...
- oooh... Betoo...oooh...
Beto sente o gozo se aproximar. Irresistível.
- vou... vou esporrar.... vou esporaaarr...aaahh..
Gisele quase uiva, tal qual uma loba. Sente as golfadas fortes inundares seu reto. Ela cai sobre a cama, e ele vai junto.
Foto 1 do Conto erotico: A Excursão 16

Foto 2 do Conto erotico: A Excursão 16

Foto 3 do Conto erotico: A Excursão 16

Foto 4 do Conto erotico: A Excursão 16

Foto 5 do Conto erotico: A Excursão 16


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario jeguinho

jeguinho Comentou em 07/09/2011

gostei bom de mais muito tesuda sua irmã valeu.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


11551 - DOCE NANDA - Parte um - Categoria: Incesto - Votos: 9
11554 - DOCE NANDA - Parte dois - Categoria: Incesto - Votos: 6
11560 - DOCE NANDA - Parte três - Categoria: Incesto - Votos: 7
11579 - DOCE NANDA - Parte quatro - Categoria: Incesto - Votos: 9
11684 - DOCE NANDA - Parte cinco - Categoria: Incesto - Votos: 8
11703 - DOCE NANDA - Parte seis - Categoria: Incesto - Votos: 6
11793 - DOCE NANDA - Parte sete - Categoria: Incesto - Votos: 8
11877 - CORPOS ARDENTES - parte um - Categoria: Incesto - Votos: 7
11950 - DOCE NANDA -Parte oito - Categoria: Incesto - Votos: 7
12019 - CORPOS ARDENTES - parte dois - Categoria: Incesto - Votos: 5
12102 - CORPOS ARDENTES - parte três - Categoria: Incesto - Votos: 4
12209 - DOCE NANDA - Parte Nove - Categoria: Incesto - Votos: 7
12225 - DOCE NANDA - Parte dez - Categoria: Incesto - Votos: 6
12334 - Corpos ardentes - parte quatro - Categoria: Incesto - Votos: 3
12345 - Corpos Ardentes - Parte 5 - Categoria: Incesto - Votos: 4
12415 - DOCE NANDA - Parte onze - Categoria: Incesto - Votos: 7
12428 - DOCE NANDA - Parte 12 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12439 - Sedutoras e Marrentas - Um - Categoria: Incesto - Votos: 6
12440 - Sedutoras e Marrentas - Dois - Categoria: Incesto - Votos: 5
12441 - Sedutoras e Marrentas - Três - Categoria: Incesto - Votos: 6
12449 - Sedutoras e Marrentas - 4 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12475 - Sedutoras e Marrentas - Cinco - Categoria: Incesto - Votos: 5
12521 - Sedutoras e Marrentas - 5 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12533 - Sedutoras e Marrentas- 6 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12535 - Sedutoras e Marrentas -7 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12691 - Sedutoras e Marrentas 8 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12703 - Sedutoras e Marrentas - 9 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12712 - Sedutoras e Marrentas - 10 - Categoria: Incesto - Votos: 8
12772 - Sedutoras e Marrentas 12 - Categoria: Incesto - Votos: 5
12820 - Resumo de contos escritos por Tom Jones - Categoria: Incesto - Votos: 1
12909 - Sedutoras e Marrentas - Parte Final - Categoria: Incesto - Votos: 5
12991 - A Excursão - 1 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13136 - A Excursão 2 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13188 - A Excursão 3 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13197 - A Excursão 4 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13216 - A Excursão 5 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13263 - A Excursão 6 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13291 - A Excursão 7 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13298 - A Excursão 8 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13324 - A Excursão 8.1 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13334 - A Excursão - oito - Categoria: Incesto - Votos: 4
13360 - A Excursão oito-2 - Categoria: Incesto - Votos: 1
13374 - A Excursão 9 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13392 - A Excursão10 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13429 - A Excursão 11 - Categoria: Incesto - Votos: 3
13478 - A Excursão 12 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13509 - A Excursão 13 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13520 - A Excursão 14 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13543 - A Excursão 15 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13676 - Próximo conto de Tom Jones - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13787 - A ninfeta e o bad boy -1 - Categoria: Incesto - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico tom jones

Nome do conto:
A Excursão 16

Codigo do conto:
13573

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
31/08/2011

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Conto estropo velho casadaconto erotico gay porraboys pauzudos fudendo com agresividadescontos eroticos seduzindo meu cachorro e ficando grudada com elecontos eróticos novos de incesto. a pica do meu filhoincesto minha tia na praia conto com fotosporno conto erotico abusdo pelo tio e pelo cavalowww conto engravidei a mulre do meu amigoboafoda egravidadoquadrinhos eroicos troca de casais na cachoeirase eu fudsse hoje eu gozavacomtos eroticos tomando banho com meu filhoDei a buceta para meu filhoconto erotico em quadrinho encostando no onibuscontos eroticos meu primo doente mental comeu minha bucetavideos de cornos que chuupamdominado a forca conto gayEu raspo minha buceta pro meu marido fuder minha buceta e meu cu conto eroticominha mae e o empregado conto eroticocontos incestos ferias c fotosluana com a buçetanaConto erotico bucetinharabuda viajante contos eroticosfiquei com as pernas abertas enquanto ele me comia/contoconto com foto amadora corno esposa enteada incestowww.enfiandoporbaixo.xvideos.comcontos de estrupo. com lixeiro Contos as caricias por debaixo da mesa meu padrastocontos eróticos idosoconto erótico gay. meu amigo gamou no meu paixvideos miuchaquadradinho exotico fodendo a cona da filha incestoContos de cdzinha afeminada provocando com shortinhoflagrei papai fodendo a empregada casadavidio.de.sexo.com padroto.castigado a entiada com denda dedada no cumagrinha casada fudendo itucomi minha tia porno quadrinhoconto porno mundos paralelosNegras exibindo Bucetas negras mozcorno trouxa conto eroticohistoria em quadrinho que movimento para uma boa masturbaçaoconto erodico irma nua com irmao pirocudoEncontrei porra na buceta de minha esposa mas finjo não saberconto erotico buceta apertadaCamila minha enteada e******** ainda tireiporno em quadrinho 3Dcontos eroticos noraconto erotico de incesto: fui torturada e estuprada por meus tioscontos sexo minha mãe grávida de quem?contos com fotoscfm casadasContos eroticos fui encoxado i enrrabado no onibus por uma travesti pauzudaconto gay carona rebolei calcinhaconto gay dp com pauzudosultimos conto sadoContos eroticos casais no mato vendo roludochamei morena que caminhava na praia pra fuder pornoconto gay professorlevei minha vizinha madura pra praia contos pornover vidios di pornó meninas sendo estupadra ah força di quatro pociçao di quatro gemendo gostosocontos / traindo o marido com o vizinho negao parte finalminha Mae Rabuda de CalcinhaPorno orgias incestuosas iniciando com masturbacao coletiva contosconto esposa na forçaContos eroticos ilustrados-minha filha e um tesaoconto eurotico gay comi o bombadohertai incerto da turma do chavesconto eroticocomendo minha cunhada ia filha dela juntaContoseroticosdoidinhaSoca esse pauzão na minha buceta arromba contoscontos eroticos entupidasexo a tia sogra e exorcizando pornômeu tio tinha tirado minha virgindade da minha buceta e a virgindade do meu cu meu tio já tinha me feito eu virar mulher e sua amante sua esposa ficou desconfiada que meu tio me fudia sua esposa mandou eu ir embora da sua casa conto eróticomaegravidafilhocontoconto erotico todos no mesmo quartoconto erotico tomando banho com minha maeconto porno com velhoxvidioempregadascontoerotico de incesto com filhas menininhascasa do conto erotico meu imao mulhe deliconto pornô de estrupro no consultório médicomulheres amadoras de traficantes nuas sexo fotoscontos con fotosliberando a esposa na casa de swing pela primeira vez contos eroticoscontos eroticos gays infancia na roçaConto no cu da mamãemeu marido dormiu e o meu padrasto socou pau na minha buceta. conto eróticotitia bateu uma punheta pra mim no sofa contostesao chefefilhaputacontocontos de grelos enormes gozando encaixadinhos num sabao gostosoNovos contos de incesto gang bang forcadocontos eroticos gay com vaqueirocontos corno travesticontos eroticos de gostosas que deram o cu pra piralhosmeu primo travesti com pau de 28cm tirou cabacinho da minha xota, videos de incestosconto erotico gay meu goleiro cap1