Amores Proibidos part II


Click to Download this video!


- Cala a boca Renato, alias encosta ela na minha e faz tudo de novo.
Quando disse isso, foi mágico, o beijo foi ainda mais especial, pois não havia um sentimento de culpa, que para mim que sou milico isso era maravilhoso.
Encostamos corpo a corpo e senti seu pal crescer junto ao meu. Alias pegar naquilo com ele mordendo minha orelha foi fantástico.
- Vai Renato, enfia tudo em mim vai, meu peludão. Sussurrei em seu ouvido.
- vira para mim meu benzinho, deixa te transformar em minha putinha.
Assim na água mesmo começou a meter em mim, aqueles gemidos e o som do movimento das águas, me dava um prazer maior que a dor.
- Mete tudo vai Renato, mete meu ursão, enfia na sua putinha (gritos).
- Toma vagabunda, geme porra, vaiiiiiii.
Cada vez ele ficava mais rápido, seus movimentos eram fascinantes, durando por volta de uns 10 minutos.
Aquele movimento e as puxadas de orelha que ele me dava-me me fazia empinar mais ainda. Saímos da água e então fiquei de frango assado para ele na grama que ainda foi mais surpreendente.
-Aiiii, minha galinha, toma essa pica.
- Vai meu ursão mete, mete aiiiiiiii (gritos).
O movimento era muito forte alem dos tapas nas minhas coxas, ele colocava o dedo dele em minha boca. Assim puxava seus pelos do peito, fazendo crescer ainda mais o movimento dentro de mim.
Ao tirar o pal do meu cuzinho, ele meteu direto em minha boca e fazia movimentos como se estivesse ainda no cu. Aquele pinto de 19 cm me deixava com ânsia, pois ia a minha garganta. E agora dava tapas em minha cara.
-Toma vagabunda, toma. Geme para seu macho vai.
Até que gozou perdidamente em minha boca, fazendo com que eu tomasse tudo, não desperdiçando uma gota.
Já exaustos dormimos na grama mesmo. Fiz de seu pal, que agora estava normal, uma chupeta.
Ao acordar, ainda com o pal na boca, o senti crescer.
- Acordou bem meu amorzinho (risos). Disse o meu novo amor.
- Desse modo maravilhoso, não perderia tempo dormindo.
-Vamos então? Ainda tem muita estrada.
-Vamos, mas... tem como você dirigir, porque estou cansado.
-Esqueceu que não posso pegar no carro?! Exclamou.
-Mas a estrada está vazia, não vai ter problema.
Assim ele começou a dirigir já eu estava deitado ao lado do seu braço, fazendo caricias no peito cabeludo.
Fomos por quase toda a viagem até que:
- Edu, tem alguém querendo você! Disse em tom de safadeza.
- Aé? Quem? Será quem eu estou pensando?
-acho que sim ein, já até despertou.
Assim, enquanto ele dirigia eu abaixei sua bermuda e sua cueca e comecei a pagar uma para ele.
-Chupa ele vai meu benzinho, o engole todinho. Dizia-me gemendo.
- Ai que delicia, que saco maravilhoso, essas bolas grande me fascinam.
-Ai delicia é você, morde ele vai, obedece o papai aqui.
Chupava na velocidade 1000 ainda como ele empurrando minha cabeça com uma das mãos, era muito gostoso, suas bolas colocava de uma vez na boca. Além de puxar seus pentelhos (com a boca). Até que não dando mais para segurar, ele gozou em minha boca, fazendo beber tudo.
-Nossa que delicia de, pal em Rê. Falei me limpando.
-Ele é só para você. Meu gostosinho.
-Agora se veste, porque jája chegamos na cidade do Rio ein.
-Ok, vou para o carro ai você que tem que dirigir.
Depois de uma hora, chegamos no Rio de Janeiro, uma cidade linda, boas praias, barzinhos com samba, jazz e tudo mais. Estava no centro da cidade, indo para o hotel recomendado quando...
-Para o carro ae patrão, vamo desceno que isto aqui é um assalto. Disse um homem com a toca no rosto.
Eu tremendo, não agüentando falar, quase desmaiei. Isso porque sou do Exercito!
-Nos deixa só pegarmos os documento e as malas. Falou Renato, mantendo a tranqüilidade.
-Que Mané pega as malas chefia, vai andando com o rabinho nas pernas ae.
O ladrão apontava a arma para o Renato, pois estava a centímetros de distancia.
Quando de repente, Renato começa a brigar com o bandido tentando tirar a arma e eu estava indo, com as pernas bambas, mas estava na frente do ladrão e por traz do Renato ouço um disparo.
-Renatoooooooo!
Continua...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


18135 - Amores Proibidos part I - Categoria: Gays - Votos: 1
18185 - Amores Proibidos part III - Categoria: Gays - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil fel
fel

Nome do conto:
Amores Proibidos part II

Codigo do conto:
18136

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
04/07/2012

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


incestoscontoseroticosconto erotico corno criando filho do amante sem saberchamei o mecanico para arrumar meu carro em casa e acabei com minha mulher emrabada pornotransformação corninho conto eroticocontos de meninas que foram arrobadas bem novinhas por roludocontos erotico esposa putas dos negro da obracontos de sexo com a minha avomeu pai me viu nuaporquinha sadomasoquismoarredeu a calcinha dela meticontos erotivos gay tripla penetraçao maconheirosporno desenho em cuadrinhoPorque o homem e viciado a bater punhetacontos eroticos gays meu primo drogadocontos eroticos traiçaoporno de os Simpsonspauzao para meu marido e eu, exibidaconto a pregadora da igreja safadaultimos contos sadoconto eroticomamando na maninha eo marido dela chupando meu paumeu irmão gravou orgia com minha mulher contos eróticosxvideos corno chupado fltInsesto.viciada em negros contosConto erotico padrecontos dei pro meu patrao do estagio gaycontos eroticos trair meu marido no puteiroContos eroticos 2017 homens loucos por seiosconto erotico corno manso que adora obedecer au macho alfameu irmao comeu o cu do meu amigo menininho neguinho contos eroticoscomtos bdsmContos heroticos sobrinhascontos incesto pai e filha homem29contos eroticos meu marido bi no swing reiConto erotico bucetinhaconto erotico os padres chuparm minha bucetinhacontos minha cunhada viu eu mijanoconto erotico nao entravacontos eroticos meu marido bebado e arombaram a minha esposanovinha brincado de medicocontosminha esposa soninha e o velho roludo contos eroticosincesto no carnaval contosConto no cu da mamãecontos incesto a esposa gostosa do amigo se exibindomamaee. fez papai me fedur contoQuadrinhos Hentai Dragon Ballinperador bucetudaConto erotico de evangelicaconto liberando a noivacastidade consolo gigante conto eroticoconto erótico tio engravidou minha filhaxx irmão com caralho gg meteu toda na irmazina dormindoConto erotico dando o cu na canoanegra viciada em porra na gargantaconto erotico no onibus manausConto porno de incesto meu irmao me come dedi pequenaxvideo comendo minhamadrasta sfdconto erotico foda em familiavi minha enteada so de shortinho curto ve contosporno em quadrinhos obsessão 2 mae e filhocontos eroticos minha tia flagrou mr mastubandoconto erotico safada provocadoraO patrao do meu irmao me fudeu no motel conto eroticoConto erótico com o marido pausudo da minha amigaultimos contos sadomasoquistacontos eróticos foi na casa do amigo ganha uma calcinha gayrodizio de pica/contocontos eroticos sentada no colo do papai noel heterocontos eroticotransei e com o padre e fiquei gravidacontos tio chupando sobrinho quando dormiagrelos. gigantes ativoswww.bucetadeamanda.com.br