Fodi gostoso a minha cunhada


Click to Download this video!


Fodi gostoso a minha cunhada!

Sou casado, pai de 3 filhos adolescentes, corpo atlético e guloso até demais em respeito a sexo. Quando me casei, eu tinha uma certa tara pela minha cunhada (ela é linda e tem um corpo divino, apesar dos seus 40 anos) um pouco mais velha que a minha mulher. Vivia imaginando um dia poder comê-la, ai como eu gostaria! Más ficava só na imaginação, pois ela é muito conservadora e eu não me atrevia a chegar aos finalmentes. Sempre que eu achava oportunidade, a abraçava, fazia alguns tipos de carícias nela, mas nada além disso.
Depois que ela se casou, eu imaginei que nunca mais eu pudesse realizar o meu sonho. Porém, num belo dia eu cheguei em casa e a encontrei conversando com a minha mulher e outra amiga a respeito de sexo e a minha mulher estava fazendo os mais belos elogios a meu respeito, dizendo pra elas o quanto eu era gostoso na cama e quanto eu sabia usar o meu pau com 23 cm e grosso... Como elas não perceberam que eu havia chegado, fiquei escutando e percebi a reação positiva da minha cunhada pelas perguntas curiosas que ela fazia, chegando a segredar para elas que o seu marido era meio mole no sexo, só gostava de fazer o tradicional papai-mamãe e que ela tinha a maior curiosidade e vontade de ser possuida de uma forma mais "picante".
A partir desse dia, pude perceber que ela começou a me olhar e fazer alguns tipos de insinuações comigo bem diferente das nossas brincadeiras habituais, começou a me beijar com cumprimentos bem perto da minha boca e eu comecei a entender o recadinho dela. Um belo dia, quando eu cheguei em sua casa ela estava sozinha, pois seu marido havia saido pra viajar (ele é técnico de futebol profissional) e era folga da sua empregada. Entrei e ela me perguntou pela sua irmã e eu disse que ela não tinha conseguido folga no trabalho. Sentei, e como era quase meio dia, ela me convidou pra ficar para o almoço. Aceitei na hora. Ela abriu um vinho e começamos a beber. Conversamos sobre muitas coisas, ela trajava apenas um robe que eu poderia ver a sua calcinha minúscula e estava sem sutiã, deixando aparecer os biquinhos duros dos seus seios, uma maravilha!.
Comecei a me entusiasmar com o momento, de repente ela começou a reclamar do seu marido que não estava mais fazendo sexo com uma frequência boa e deixou escapar que feliz era a sua irmã que tinha todos os dias e de formas variadas. Era só o que eu queria ouvir, disse a ela que se ela quisesse ela também poderia ter tudo o que a irmã tinha, pois há muito tempo eu vivia pensando nela. Ela me olhou de uma forma espantada e me perguntou se eu estava ficando maluco, pois eramos cunhados e não poderiamos fazer isso. Eu disse pra ela que a sua irmã não precisava saber de nada e que eu tinha certeza que a mesma ficaria feliz em saber que a sua irmã pode provar de tudo que ela tem. No primeiro momento, houve um silêncio entre nós e fiquei com receio que ela pudesse ficar magoada com a minha proposta. Ela saiu da sala por um instante e assim que voltou veio em minha direção e me abraçou, disse em palavras que quase não dava para entender que a irmã dela a perdoasse, mas que ela não iria perder esta oportunidade. A essa altura, o meu cacete já estava latejante, a abracei forte contra o meu peito e senti os seus seios tocando o meu corpo, beijamos muito gostoso e ali permanecemos colados por alguns instantes. Ela começou a me despir parecendo que estava morrendo de fome sexual, tirei o seu robe e pude contemplar aquele corpo maravilhoso, ela sorriu maliciosamente pra mim e nos beijamos de novo, agora ela estava apenas de calcinha e eu já totalmente nú. Ela segurou no meu cacete como se nunca houvesse visto um, ajoelhou-se e foi colocando aquela boca linda e quente no meu caralho, fazendo um movimento frenético e lambendo a cabeça, como uma criança quando toma um sorvete. Deitamos no tapete e iniciamos um delicioso 69, pude ouvir o gemido dela quando eu toquei a língua na sua xaninha, que a essa altura estava totalmente inundada. Ah que xana maravilhosa, toda depiladinha e com um cheiro que jamais vou me esquecer. Nos chupamos por longos momentos até que ela já não se aguentava mais e me pediu pra que eu a comesse. Coloquei-me sentado e ela veio por cima cavalgar. Começou se sentando e foi escorregando até o encostar em minhas virilhas, foi alucinante vê-la gemendo prá aguentar o meu cacete todo dentro dela, a sua xaninha era super apertadinha, mas como ela estava controlando, foi rebolando devagar até entrar tudo. Ela começou com uns movimentos alucinantes e pude perceber seguidos orgasmos dela. Sugeri que mudassemos de posição e a coloquei de quatro no sofá. Meti muito gostoso e devagar por trás, ela urrava de prazer, me pedia pra que eu a fudesse toda e eu a chamava de minha putinha, de minha cunhada gostosa e ela ia ao delírio, ficamos com essa sacanagem por um longo tempo, até que explodimos num gozo alucinante. Tomamos um banho juntos, nos beijamos outras vezes e logo já estavamos recompostos para mais momentos de prazer. Ela sussurou no meu ouvido que gostaria que eu comesse o seu cuzinho, igual eu fazia com a sua irmã, pois ela morria de vontade e o seu marido nunca quis comer. Pedi pra ela pegar um pouco de óleo jonhson, e quando ela chegou com o óleo, dei uma lubrificadazinha com a minha língua e logo após, passei o óleo no seu cuzinho e na cabeça do meu pau. Ela ficou de quatro e comecei a forçar o meu pau no cuzinho dela, senti um pouco de resistência devido a grossura do meu pau más com jeitinho e carinho foi entrando aos poucos e de repente estava todo dentro daquele cuzinho virgem e maravilhoso. Ela adorou, virou-se pra trás e pude perceber no seu rosto a felicidade que ela estava sentindo naquele momento. Gozei e inundei o seu cuzinho de esperma quente. Tomamos banho novamente e fomos almoçar. Despedi-me dela com outros beijos e ouvi a promessa de nunca mais deixarmos de nos encontrar. Continuamos até hoje a nos encontrar (sem complexo de culpa)e só nós dois sabemos disso. Todas as vezes que o seu marido viaja, ela me liga e nos encontramos. Posso dizer que amo essas duas irmãs.
Escrevam o que acharam da minha experiencia.
Até a proxima.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico juracy

Nome do conto:
Fodi gostoso a minha cunhada

Codigo do conto:
3057

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
27/09/2004

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico falou que nao ia aguentarna sauna contoLimpando xoxota contos tutormatheus conto erotico gayquadrinhos eroticos bruna surfistinhacontos eroticos gay o amigo maconheirogaucho surra homen por comprimentar esposacorno de imperatriz maranhao contosconto erotico joguinho com tiaHq incesto enrolada com papai1° vez masturbando contoeroticoContos picantes animalescosMamae fingindo dormindo comi ela canto eroticaconto erótico escuridão grelovirou travesti e passou a foder a titiafiquei bebada e me levaram pra orgiamulher engasga com dogconto erotdando pro meu padrinho contos eróticoscachorro me comeu. calcinha molhada. contos heroticosconto erotico banho com novinhoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto erotico de casal que covence uma jove a foder com elesContos erroticos visinho fodedo novinhaconto erotico mundos paralelos13 segunda temporada seu hentai aviaocontos eróticos fui estrupada por mendigoconto erotico filhas do patrão pegou o jardineiro pauzudo batendo puetacontos eroticos convenci minha mulher a fude com nosso cachorrono escuro comedo a mae por engano a mae filho incesto travesti comedo a maeconto erotico gay 2017 nao aquentei a rolawww.contos erotico em quadradradinhofuncionaria laboratorio trai marido pornoSexo com Beto Papakucontos trem lotado com enteadaminha mae e uma puta depravada - contoconto casal de novinhos e o velho taradocontos eroticos vai e vemgibis pornofiz tatuagem na buceta e mostrei po meu filhomenina viciada em gozarwww.phorno d mozConto erotico traindo o maridoconto erotico meu paisinhocontos eroticos gay eu fui iniciado pequeno novinho muito muito novinhoconto erotico minha enteada gosta de apanhacontos eroticos gravida deixei meu marido cornocknto mastro pica jeba jegue rola cobra arrombar caralho cuzinhoconto erotico dotadoquadrinhopornotraicaoMenino conto eroticohistórias de sexo em quadrinhoscontos eroticos vovozinhos e netosconto+com+foto+madrasta+fudendo+com+enteadocontos erroticos de incertos filha amante do pai 2017gostosa calça branca homenageada punhetacontos melei a xaninha da menininhacontos de incesto meu papai tirou minha virgindadecoleira bdsm metalica mulherconto erotico gabrielacontinuação do conto erótico de incesto eu so fudia a buceta da minha filha eu ainda não tinha fundido seu cu virgem eu disse pra minha esposa que eu fudia a buceta da minha filha minha esposa disse pra eu fuder minha filha na sua frente eu comecei a fuder a buceta da minha filha minha esposa tirou sua roupa eu fudi elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu tirar a virgindade do cu delacontos eroticos cu papaiconto erotico mulher aregacada pelo morador de ruaclitorio grande n cio t meladndo d tesaoconto erotico biViadinho Dei A Noite Toda Contos Eroticoscontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigacontos eróticos a professora submissa capítulo 42entrei no quarto errado e me fudi contos de incestoconto sexo caminhoneiro cacetudocontos erofotos da minha cunhada gostosacontos com fotoscfm casadasru.confesso vi.homem.mijando.na ruamaemae voce tar gostosa ponoContos erotico velhas dando pra novinhofilhaputacontocontos eroticos adoro o leite delescontosexoeroticoconto erotico perfil markiscontos de enpregadas fudendo con patrao afosaeu gosto de penis incircuncidadocontos escrava sexualengravidei minha tiacontos eróticos em quadrinhos cdzinhas e crodosser dando e gosandopunheta na escola contoporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porracasada virei puta do meu patrao contos eróticos