FERIADO EM BROTAS


Click to this video!



Bom, eu e meu namorado havíamos acabado de chegar em Brotas, mas como ele estava muito cansado de tanto dirigir, eu resolvi dar uma volta pela cidade enquanto ele dormia. Na recepção do hotel tinha um cara com uma máquina fotográfica à tira colo, dessas de profissional. Então ele puxou papo comigo, perguntou se eu estava sozinha, de onde eu era, etc... e perguntou se eu não podia fazer companhia para ele, porque ia tirar umas fotos da cidade. Como ele parecia já conhecer a região, resolvi ir junto para saber o que se podia fazer por lá.

O primeiro lugar que paramos foi no rio. Então, ele começou a bater algumas fotos da paisagem, mas então parou e disse: “por que você não me deixa bater umas fotos suas aqui também?” E eu disse “claro (fazendo charminho), mas é que eu não fico bem nas fotos”. E ele: “Imagina, é claro que fica!”. Só que quando ele terminou a frase olhou para a minha bunda. Aí eu entendi que tipo de fotos ele queria tirar e para que queria companhia. Então, já que eu estava ali mesmo, resolvi concordar. Então disse: “Mas você tem que me ajudar nas poses, porque sou péssima nisso”. Então ele disse: “tudo bem, sem problema”.

Ele começou a tirar algumas fotos “normais“. Mas logo a coisa começou a ficar mais quente. Ele começou a querer poses mais “provocantes“ e fazia questão de me mostrar como fazer. “Coloque esse pé aqui nesta pedra, agora você ergue um pouco o vestido”, dizia (ele mesmo ia erguendo passando a mão pela minha coxa) “assim você fica mais bonita ainda”. E eu lá, me fazendo de boba.

Aí, já que o que ele estava doido para ver era a minha bunda, quando ele foi tirar a foto, me virei e ergui a saia para ele ver o que queria. Eu estava com uma daquelas calcinhas bem enfiadinhas. Ele adorou, mas ficou surpreso. Acho que pensava que estava me enganando. Então eu disse: “Eu sei muito bem que tipo de fotos você quer bater, então vamos parar de enrolar”. Como nós estávamos meio escondidos, ninguém podia ver a gente, então comecei a fazer algumas poses mais “legais“.

Abri os botões da frente do vestido até aparecerem os meus peitinhos, e ficava mexendo, brincando com eles enquanto ele batia as fotos. Depois abri o vestido até o fim, deixando meu corpo aparecer todo. Como eu ainda estava de calcinha, coloquei a mão dentro e comecei a mexer na minha bucetinha. Depois deixei meu vestido cair e fiquei de costas, segurando o cabelo para ele bater algumas da minha bunda, enquanto eu rebolava e ia abaixando e passando a mão pelo corpo. E então segurei a calcinha e devagarzinho fui abaixando ela também, até ficar toda nua.

Aí eu perguntei se ele não queria dar alguns palpites nas poses e ele logo aceitou. Então ele chegou perto e me mostrou como ele queria que eu ficasse. Ele me pegou pelo ombro e me colocou sentada numa pedra. Aí, segurou minhas coxas e abriu minhas pernas, pegou minha mão e colocou na frente da minha bucetinha. Claro que ele fez questão de dar uma esbarrada nela. A outra mão ele colocou segurando um dos meus seios. Depois ele me fez ficar de quatro, mas com uma das mãos na minha bunda.

Fui levada para um outro lugar, bem mais escondido, onde tinha uma cachoeira. Descemos até a água, onde ele me fez entrar, já sem a roupa claro, e me fez ficar debaixo da cachoeira. Meu cabelo molhou e então ele entrou na água e começou a arrumá-lo para esconder meus seios. Enquanto ele fazia isso, aproveitava para mexer nos meus peitinhos e brincar com eles. Ele tirou algumas fotos assim, e depois pediu para jogar todo o cabelo para trás. Eu fiquei segurando o cabelo para cima e ele tirou mais uma foto do meu corpo inteiro nu.

Ele me fez deitar numa pedra que ficava bem embaixo da queda. Mas queria que uma perna ficasse dentro e a outra fora da cachoeira. Então eu fiquei sentindo aquela água caindo com força em mim e na minha buceta e fiquei muito excitada. Eu já estava molhada por fora e por dentro. E então eu comecei a gemer e dizer: “isso aqui é uma delícia, vem aqui ver como eu estou”. Quando ele chegou perto, peguei a mão dele e coloquei na minha buceta. “Viu como eu estou? Você precisa dar um jeito nessa minha situação”, falei.

Aí ele começou a mexer e enfiar os dedos na minha bucetinha e a outra mão coloquei no meu peito para ele brincar. Enquanto as mãos dele estavam ocupadas, com a minha procurei o pau dele para ver se já estava do jeito que eu gosto (bem duro!). Estava no ponto para ser chupado....hummmmmm. Bom, depois de ele brincar bastante era a minha vez. Então tirei toda a roupa dele, já estava molhada mesmo, e comecei a chupar seu pau.

Primeiro ia lambendo devagarinho. Depois colocava de uma vez na boca, chupando bem depressa, mordendo de levinho. Depois ia passando o pau dele pelo meu corpo, meus seios, voltava ele na minha boca para deixar ele bem doidão. Mas aí, quando ele já estava quase gozando, eu parei e disse: “calma, você nem conheceu meu cuzinho ainda!” Então fiz ele deitar na pedra e subi nele para enfiar aquele pau na minha buceta porque eu queria dar umas boas gozadas, é lógico.

Enquanto eu cavalgava nele, ele dizia que nunca tinha transado com alguém naquela situação, mas estava adorando porque eu era muito gostosa. Bom, depois eu perguntei se ele queria escolher uma “pose“ que ele gostaria que eu ficasse para me penetrar. Fui colocada de quatro, embaixo da cachoeira. Então ele enfiou o pau em mim e chegou perto do meu ouvido e disse: “acho que quero conhecer o seu cuzinho agora”. Nisso, ele tirou o pau na minha buceta para enfiar no meu cuzinho. Eu dei um grito de dor, mas ele tapou minha boca e continuou enfiando o pau dele. Com a outra mão ele ficava brincando com minha buceta. Nessa hora ele não agüentou e acabou gozando...lá dentro!!. Mas eu pedi para ele não parar de mexer na minha buceta assim eu podia gozar também.

Já estava começando a escurecer e eu já estava preocupada com o que meu namorado podia estar pensando que tinha acontecido comigo. Então resolvemos ir embora. Mas antes, ele queria saber se eu não podia fazer mais algumas fotos. Aí eu perguntei se ele não queria fotos mais “quentes“ ainda. “Como assim?” ele perguntou. Eu disse: “Bom, de duas pessoas transando aqui nessa paisagem”. Bom, mas a continuação fica para a próxima...........

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


3925 - EXCURSÃO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico barbiedoll

Nome do conto:
FERIADO EM BROTAS

Codigo do conto:
3775

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
04/01/2005

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos erotico velha estrupri meu sobrinhotitio metendo com sobrinhacontos eroticos feminino ajudei o porteiro negro a fuder eu e minha irma juntopau de jegue arrombando minha vizinha e eu contoscontos eróticos inversão dominando marido 3conto.erodico.meu.marido.trossi.i.amigo.eu.estava.de.toalha.econtos sexuais pedreiro nos comeurqbudas cufotosconto erótico ficticiosamo dar o cu pro amigo do meu filhocontos+eroticonovinhos batendo uma punheta para o primo contos eroticosContos eroticos dp com o sogro e o cunhadox videos loiracontos aprendendo a dirigirflora boqueteira conto erotico com fotosboy 24cm conto gay"pedrojrrg"zoofilia Paraguai mulher engatada com cachorroContos erotico de travesti dando pra mendigocontodecuzaoconto erotico perfil markisencoxada gostosas no metro sp conto erotico uma bela foda no cinema casal contocontos eroticos de gay dando caronaContos eroticos dei a buceta a um.roludomeu marido medividiu com seus amigos contos eróticoscomic porno esposa infiel sesion fotograficacontos erticos menino enraba catadora de lixoconto eróticoenteada enquanto ela dormia bateu uma siriricaconto erotico entrei na pica comxvideo com crete gozádo várias vezesfotos gays de homens soltando muito leitinho da cabeça de suas piroconasconto erótico meu cachorro me comeu com shortinho atoladoContos eroticos fiz da minha,sogra minha putaPorño Penis frisos na boceta xoxotahistoria em quadrinhos meu selvagem e atrevido filhomamae me ensinou a bater punheta contosconto erotico ela arregouContos Eróticos de Uma Senhora Angela Mãe do Meu Vizinho negros magros cinquentoes fudendo outrocontos minha irmã casada adoro tapar comigocontos eróticos crossdresser com negaocontos eroticos bixanocontos porno condôminoContos erotico corintiano enteado como empregadacontos eroticos me exibi e amo q me chupemXxx Dp Putina Dos Camioneiros Contosconto erotico fudido de bomcontos eroticos vizinhaFudi meu tio no jardim contos eroticos de gaysfodereu quero ver um filme video pornografia de mulheres de bundas grandespadrastogaygosandocontos de sexo gay com novinho de fériascontos eroticos contratei gay me arrependicontos erotico maes safadas na praiatroquei a buceta pela punhetadeflorando anoiva no motel com varia garotas pornoconto erotico irmao enrrabando irmao gayconto erótico viagem maravilhosaCanto erodico perfil do ozuario troca de casais do rnconto casal de novinhos e o velho taradoSoca esse pauzão na minha buceta arromba contoscontos eroticos virei meninacontos eróticos gay irmãoContos eroticos de cunhada novinha sendo espiada pelo cunhado peladopedra tesão de gayconto erotico minha esposa e muito fogosacontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigaultimos contos sadoconto erotico bundudaconto erótico GAY: macho carinhoso