Não dei pro meu irmão, arrependi 2


Click to Download this video!


Bom, continuando o meu relato. A minha mania de ser sensual e provocante dispertava a atenção de outros garotos. Em alguns, mais bonitos, eu dava uns amassos, sem permitir maiores intimidades. Rafael, um garoto com o rosto cheio de espinhas tentou “ficar” comigo. Mas o achei feio e não me deu vontade de beija-lo. Fiz uma coisa feia, ri na cara dele, da sua pretensão. Eu o chamei de “espinhudo cuzão”. Isso porque, ao ser rejeitado, ele passou a mão em minha buceta, me pegando de surpresa, “pelo menos vou lembrar do calor de sua buceta”, falou e em seguida meti a mão em sua cara. Fiquei tão irritada, que o humilhei. Talvez, ele tivesse esquecido o tapa, afinal mereceu. Mas minhas palavras o magoaram muito, principalmente porque o apelido pegou e o pessoal passou a lhe chamar de “cuzão espinhudo”.
Fui levando a minha vida, com as “brincadeiras” sexuais com Júlia, que, as vezes, trazia um vibrador de sua mãe e a gente enfiava no cu, tendo gozos incriveís. E eu continuava a atormentar o Luís, me tornando até mais ousada, deixando-o gozar esfregando o pau na minha buceta. Em um sábado à tarde, estávamos sozinhos. Coloquei um vestido bem curto e sentei-me, meio de lado, no sofá. Ele sentado na poltrona, tinha um ângulo perfeito da minha bunda e buceta. Os lábios vaginais apertados um contra o outro. Eu fingi estar lendo um livro, mas estava concentrada mesmo era na deliciosa sensação entre as coxas, era minha brincadeira predileta. Fingia estar distraída e não “via” ele se masturbar olhando a minha buceta.
Desta vez, quando dei por mim, sua mão segurou a minha caneta, erguendo-a, de súbito, seu rosto estava entre minhas coxas e sua língua safada começou a me lamber a buceta. Fiquei paralisada de prazer, apenas balbuciando:
- Luís... Ahmm, isso não!
Ele ignorou minha súplica, fazendo sua língua passear pelos grandes lábios e pelo rego da buceta, rodeando a entrada da vulva. Arrepiei-me, o corpo se contorcendo, dominado por violentas ondas de prazer. Instintivamente, forcei para fechar as pernas. Tudo que consegui foi prender a sua cabeça entre as minhas coxas. Sua boca sugava meu grelo e seu dedo grosso foi abrindo caminho, forçando o meu hímen a lhe dar passagem e me penetrou, movendo o dedo, entrando e saindo. Em poucos instantes, gozei loucamente. Foi tão inesperado que fiquei olhando-o, suspirando, com o coração batendo forte.
Luís pôs o pau pra fora da bermuda e não me fiz de fresca. Coloquei-o na boca e chupei bem gostoso, fazendo-o gemer. Depois, fiquei de quatro e abri as nádegas. Ele passou a cabeça do seu pau na minha buceta, mas com o dedo indiquei onde o queria. Não conseguia dizer nada. A sua vara encostou-se no meu cú e fui mexendo, em movimentos circulares, até a cabeça me penetrar. Meu corpo estremeceu com espasmos. Mexi minha bunda para frente e para trás, sentindo o pau grosso se esfregando dentro do meu cú. Não foi preciso muito para o gozo do Luís explodir e encher meu rabo de porra.
Acreditem, isso não liberou a gente para outras fodas. Pelo contrário. Tinha sido bom p/ os dois, mas tava indo longe demais. Eu parei de provoca-lo e passamos a nos comportar como devíamos. O que não impedia que eu me masturbasse lembrando-me de sua vara grossa toda dentro do meu cú. Mantinha minha safadeza com a Júlia no banheiro da escola e passei a permitir que alguns “privilegiados” namorados se esfregassem em minha bunda ou que me masturbasse. Certa tarde, voltando da escola, encontrei Luís na arrodoviária. Tinha ido fazer algo pro aqueles lados e ficou me esperando. Os ônibus passavam todos lotados.
- Vamos assim mesmo... Você fica atrás de mim, para evitar que algum tarado se encoste na minha bunda... Bom, mas o que aconteceu ai conto outro dia... e vou falar tbm o que o cuzão espinhudo fez comigo... VOTEM POR FAVOR!!!!!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


4420 - Não dei pro meu irmão, arrependi - Categoria: Virgens - Votos: 4
4480 - Não dei pro meu irmão, arrependi - FINAL - Categoria: Virgens - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rela265065

Nome do conto:
Não dei pro meu irmão, arrependi 2

Codigo do conto:
4432

Categoria:
Virgens

Data da Publicação:
03/04/2005

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


buceta azedaconto ela era greluda demais e fudru meu cu histosoMulher chora de dor na buceta uma jigantão meteu nô fundo da buceta dela sexo e vidiosmoztravesticontos em quadrinhos gratis deincestos de homens iperdotadosvideo eroticobde mae transa gang banpornocontoincesoconto erotico perfil usuario ....sou mulher spconto eroticos quatradinho travesti negro contos com fotoscfm casadasConto erotico primahq porno sexo no orfanato do chiquititasA menininha da rua contos eroticoscontos eróticos bebadapeladas meladas de muita margarina no corpo inteiromae fica olha afilha de calsinha cabando chundo elaporno aquelas buseta diferensiada morenas do grelinho pequeni as mais lindahq porno na praia de nudismocontos eroticos de gordas carentescontos erotico buceta da irmã do amigolevei 30cm do rola de meu padrato xvideo gay fodem minha buceta contos eroticosporno contos de incestos com sograse maesConto gay dando pro usuariofricanas porno mulhe aguenta 30centimetro de rolaCoto erotico titia michadaFui bem comida na praia por 4 negros contos com fotoscontoerotico so.no.bumbum tiacarolzinhabaixinhasafadamha visinha crente contos eroticosconto porno virei a vadia humilhada do vizinho cruelcotoseróticosde mulherese travestiscom fotosContos erotico travesti ta me comendoContos eróticos carnaval com marido dei muitoMeu advogado me fez gozar contos eroticos de gaysr u s mexendo no glilinho ela gozacontos erotico sendo estuprado por um garoto pauzudoconto erotico o meu irmao me tirou do sofrimento1° vez masturbando contoeroticoquadrinhos erótico irmão e irmãcontos erotico comtaradocontos/comi a mae e tirei o cabaco da filharelatos me masturbo vendo filmes de zoofiliaporno gay sexo violentoconto erotico a sogra safada e crenteconto erotico gay meu sobrinho me fodeu no hotelconto papai enfiou pepino na minha bucetaultimos contos sadosexo enqudrinho aventura liaconto erotico_tio do meu marido mi comeu na frente delecontoerotico com foto maecontos eroticos gay forçados 2017Conto erotico engravidei minha mãegay hq porncontos eroticos incesto comeu a irma e gozou na bundasexo a três conto safadoo jejum do sexo conto eroticoconto erotico fudida pelo meu sogro bem servidotio tarado pega enteadanuanovinha foi nada na casa do tio e liberopraconto erotico esposa pelada na frente da galeracontos erot.sogra gostosa na piscinacontos erotico maridos camaradadei a xana contosminha sogra coroa e sua irma contocontos eroticos caminhaoconto minha tia minha safadao padrasto de allie esta nervorso por ela esta sainso pornoconto eróticos fui bulinada dormindovideo de menina gozadeira gozando e escorrendo muuto líquidocontos rrotico praia nudis cassis namoradosContos d zoofilia mulheres grudadas com cachorros grandesemcochada notrem contoscorno mijado contosMinha esposa é uma vagabunda finjo não saberquadros de vovos eróticosmulheres gostosas na fodaConto gay macho carinhosorasguei a calcinha da prima dormindo fudelidade.comincesto quadrinhos irmaos virgensvídeos sexo homem fode gay e bate bulheta nele levantando gay nos braçosconto erotico foda em familiaConto erótico de saia curta deu no ônibuscontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigaquadrinho erotico pai fudedo com a filhaContos Eroticos Comi a Namorada do Meu Amigoxvideo porno gay o padre tocando pulheta até gozaladrao de calcinha contos eroticosGordas gostosas de vestido safadas transando com vizinho no mato PonoDoidoconto erotico provoquei meu.genroconto erotico minha empregada me viu nucontos mamei o novinhoadestrando a cadela porno