fui puta na boate


Click to Download this video!


oi, eu sou Lanna, sou morena, magra tenho cabelos negros e cumpridos como redeas e como ja me disse em outro conto, adoro dar de 04 e puxarem meu cabelo.Hoje vou relatar o dia em que sai resolvida a dar, eu estava em casa num tesao danado e começei a pensar onde eu iria ir para conseguir uma transa e nao ficar expostas para desconhecido.Entao tomei um banho e coloquei uma saia curitnha e rodadinha (eu adoro sair de saia fica mais facil para me encoxarem), tenho varias e de todas as cores, coloquei uma mini blusa branquinha e fui para uma boate. Chegando la olhei bem para ver se tinha algum conhecido como nao havia, entrei na boate. Fui ate o bar e tomei um caipirinha de uma vez e pedi outra ao garçom, algum tempo depois eu estava mais relaxada, eu estava virada para o bar quando senti alguem encostando levemente atras de mim, fingi estar normal e rapaz pediu ao garçom uma cerveja, como estava muito cheio o rapaz aproveitando disso deu uma encostada mais forte so que desta vez eu dei uma impinadinha na bunda e ele percebeu, logo levou a mao na minha cintura e apertou, olhei para tras e ele disse estou ali naquela mesa nao quer sentar um pouco, quando olhei para a mesa havia mais um rapaz entao eu aceitei e fomos, ele continuou com a mao na minha cintura e eu para fazer uma media tirei a mao dele para nao parecer tao facil e nao tirar a graça do que poderia acontecer. Ja havia me apresentado e ele se apresentou como Sandro e me apresentou o Diego, o local onde eles estavam nao havia cadeiras, era a mesa e um sofa em formato arredondado para 04 pessoas, logico eu fiquei sentada no meio dos dois, entao como o Sandro ja havia me encoxado ele começou a conversar e a colacar a mao em minha perna que estava cruzada, para dar mais tesao nele eu descruzava as pernas e quando ele tentava levar a mao eu cruzava e ria como se estivesse sem graça (mal sabia eles que sou uma verdadeira putinha e adoro dar de qualquer jetio), entao o Diego colocou a mao no meu ombro e falou que me achava muito gostosa, e passou os dedos do lado da minha coxa e subindo a minha saia, fiquei muito excitada e descruzei as pernas, como estava muito cheio e as mesas ficavam mais afastadas da pista eu fiquei a vontade, o Sandro entao foi levando a mao ate a minha xaninha e o Diego puxando a minha perna para eu abri-la. Senti os dedos do Sandro passando por cima da calcinha que ja estava molhada e ele disse " esta gostando ne? Voce tem cara de piranha, que gosta de tomar dedada", eu logo abri mais as pernas e ele puxou minha calcinha quando ele encostou o dedo no meu grelinho cheguei a gemer, o Diego logo colocou a mao tambem e disse "vamos galinha abre as perninhas para o papai aqui", eu estava ensopada e ja tinha pessoas olhando o que me deixou mais excitada, o Diego tirou a mao e o Sandro meteu o dedo de uma so vez, minha respiracao estava acelerado o Diego começou a apertar os meu peitinhos e falar no meu ouvido "vou te colocar de 4 e voce vai sentir minha pica te rasgar a buceta, vou te comer como louco". Como eu ja estava no ponto eles resolveram sair dali, minhas pernas estavam bambas, acertamos no caixa e nesse tempo o Diego estava com a pica pregada na minha bunda, me apertando e eu estava rebolando como se estivessemos dançando. Chegando la fora eu quis apimentar a situaçao e disse que achava melhor nao e que iria embora, entao o Diego me pegou pelo braço e disse "de forma nenhuma, vc e uma puta, e puta vai ate o final, vamos acabar com vc esta noite". Ja dentro do carro o Diego dirigindo e o sandro no banco de tras comigo, eu continuei a cena dizendo que havia perdido o tesao e o sandro disse "fodas, vai recupera-lo agora, colocou uma mao no meu peito e a outra debaixo da saia e foi enfiando o dedo e apertando o meu peito com força eu estava louca e deitei no banco abrindo as pernas para ele, "eu nao disse, isso ai e puta, vamos comer essa piranha, isso ai so de encostar na bunda dela ela ja abre as pernas" confesso que essas frases me enloquecem, o sandro entao tirou minha calcinha e cai de boca na minha xaninha, ele chupava inacreditavelmente bem, parecia um gatinho tomando leite com suas lambidinhas ritmadas, eu gritava de prazer, o Diego aumentou o som do carro para os outros nao escutarem, acabei gozando na boca do sandro que me lambeu mais um pouco e começou a enfiar os dedos, foi quando o Diego disse "eu nem pedi essa puta para me da uma chupada achando que ela nao era vagabunda, ficamos passando a mao nela mais de 2 horas e agora ela vai ter que retribuir." o Sandro colocava 03 dedos em mim eu nao aguentava mais e pedi para ele me comer, eu pedia por favor, implorava e ele me puxou pelo cabelo e me mandou chupa-lo, eu comecei a chupar passei a lingua na cabeça, chupava o buraquinho e de repente abocanhei, ele estava gemendo alto quando chegamos ao motel.No quarto o Diego disse "agora e minha vez",tirou o pau e enfiou na minha boca como se fosse uma buceta que ele estava comendo, o Sandro foi direto para tras e me colocou de 4 e enfiou o pau na minha xaninha, e dava estocadas cada vez mais fortes, nao aguentei e gozei, e com isso chupei com mais força o Diego que gozou tb e encheu minha boca de porra. O sandro tb nao demorou a gozar e o Diego pegou logo sua posiçao, era uma pica enorme e grossa me penetrando, eu gemia alto e pedia mais, começei a chupar o sandro e o Diego tirou a pica da minha bucetinha e começou a passar no meu anelzinho, mas estava muito seco, ele pegou um vidro de vaselina que estava a venda no quarto e começou a enfiar um dedo cheio do creme no meu rabinho, logo colocou dois e disse "que rabo gostoso, rabo de vagabunda normalmente e arreganhado mas essa piranha tem o cuzinho bem fechadinho" eu abria bem as pernas pois ainda continuava de 4 e como no caso anterior ja haviam metido no meu cuzinho, achei que nao ia doer, ele parou a cabeça da pica no meu cuzinho e forçou, doeu muito e eu disse para ele parar, ele falou" esse papo seu e conhecido ta doida para eu comer seu cu e fica fazendo de virgem, abre as pernas sua vadia" o sandro nao deixava eu tirar o pau dele da minha boca, foi quando o diego entrou de uma vez, soltei um grito e gozei, o Sandro começou a rir e foi logo se encaixando embaixo de mim dizendo que eu era puta para 2 paus e que tinha que aguentar, entao ele penetrou minha xaninha, nunca havia sido comida por 2 de uma vez e tb nunca tinha sentido tanto prazer. Dei para os dois a noite toda, e isso rendeu uma amizada ate hoje, de vez enquanto viajamos juntos para orgias em publico, e confesso que e muito gostoso.
gosto tanto de homens quanto mulheres, me escrevam.
beijos nos caralhos e dedos nas xaninhas.
Lanna

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


4491 - fui doada num bar - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4492 - Putinha dos passageiros e do motorista. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4538 - putaria na cachoeira - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
4577 - alegria dos coroas - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
4578 - realizando putaria com um casal - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4580 - 03 garotas dando pra uma galera - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4592 - Clube do sexo sem lei - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4595 - me fuderam na obra - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
4596 - Festa de futebol so podia dar putaria - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4706 - putas da faculdade - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4707 - putas da faculdade 2 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
4708 - dando pra amigos da amiga - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
4709 - Clube do sexo sem lei - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
4710 - Entrevista que virou putaria - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rela492292

Nome do conto:
fui puta na boate

Codigo do conto:
4490

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
11/04/2005

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


flagando irma 8 aninhos pelada conto eroticocontos erotico tio fez sexo filhaconto sexo caminhoneiro cacetudocontos eroticos gays com papais roludosajudando papai a gozar hertaiQuadradinho eróticos pastoresfomos acampar praia naturista e garotos comeram esposaFotos pornoquadrinhos minha mulher brazilConto erotico minha irmalllcontos gay peguei carona e dei o cuconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandecontos eroticos gay meu pai de vinte e dois anos bebado comeu meu cu quando eu tinha oito anoscontossexo em cuadrinho comi.minha filhacontos eroticos dando tiaootona no asobi adult gamescontos vi minha cunhada dando pelo buraco da fechaduraConto erótico gay - Aconteceu Amor Cap. 37xvideos de quadrinho heta mamae deixou amigo negro come o cu delacontos eroticos incesto: o bondao da mamaesofoto dinovinhamauricinho gay nu fardadocontos gay calcinha prima inversaoconto de incesto deixei o irmão da minha esposa comer elaConto virgem dei so o cuzinho para cunhadotesudas rabujentas traicaocontos eróticos com eletrivista velho e mulheres safadasnegao soca duma vez no cu fe mulher fais ela grita muito video pornoContos e fotos de idosas boqueteirasclube dos cornos contosConto erótico filhinha safadinhacontos eroticos a dona do bar rabuda hentaimeu tio me botou no colo e me chupou minha bucetacontos eroticos coroa Com forçaconto incesto q boceta boaEu e minha prima os dois de menor nascendo pentelho ela me deu a b*****Contos porno incesto mae dando cu ao filhoporno gay em quadrinnhos contos eróticos espiando minha esposa novinha em cacete GG parte 2bustão peludfotos novela eroticosfuncionaria virgem da sua buceta e seu patrão agiota conto eróticohentai lucia e arthur quadrinho completoincestoscontoseroticosxvidui porno a morena mas o mordo da casa delaContos de corno chingamdo de puta biscateInsestocontodcontos com fotoscfm casadasvelha rabugenta contos eróticoscomendo cu com sonifero contoscontos erotico casada com dois fantasiacontos eroticos gays sou mulher de mendigoler contos heróico de cachorro deflorado a buceta da meninavirgemConto erotico homem com ninfetinhaele me comeu a xana sem medo contos eroticosConto erotico.-Ultimos aventuras de inquilinosconto eroticoesposa e filhofui corno na praia de ponta negracontos com fotos fodi esposa do meu inclinohq erotico mãe submissa ao filhe parte 3Mulheres que traem marido de itapipoca ceconto erotico minino fazendo troca trocaPadre com pauduro mas coroinhaa descoberta de um corno contos eroticocontinuação do conto erótico de incesto eu so fudia a buceta da minha filha eu ainda não tinha fundido seu cu virgem eu disse pra minha esposa que eu fudia a buceta da minha filha minha esposa disse pra eu fuder minha filha na sua frente eu comecei a fuder a buceta da minha filha minha esposa tirou sua roupa eu fudi elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu tirar a virgindade do cu delaminha mãe me surpreendeu contos de incestoconto erotico - quero engravidar de um negrocontos eroticos novinha com velho amigo do pai[email protected]vídeo de pornô brasileiro eu levei meus amigos para bem minha casa eles acabaram comigo minha mulher gostosa com DeusAnal gay fuderoso de chorarporno caseiro trasei com minha manora e minha cunhadacontos eroticos reais boqueteira viciada