As Filhas do Prazer


Click to Download this video!


Nota do autor: "Conto de um amigo, não tenho detalhes se é ou não fato real ou baseado em caso real'

CONTO:
Quando eu e minha irmã gêmea tínhamos apenas 5 anos de idade minha mãe se divorciou de meu pai.
Ela era policial militar em uma cidade media no interior do estado de SC e uma mulher muito severa em todas suas atitudes. Depois que se separou de meu pai por pegá-lo transando com sua melhor amiga se tornou uma pessoa um pouco amarga e muito fechada e nunca mais quis nenhum relacionamento sério com outro homem. Dava pra contar nos dedos as poucas vezes em que saiu pra se divertir com homens.
Eu e minha irmã não tínhamos uma vida muito tranqüila, pois mamãe exercia uma marcação cerrada e não nos permitia que ficássemos soltas como a maioria de nossas amigas da escola. Até os garotos da escola tinham um pouco de receio de fazer gracinhas ou nos convidar pra alguma festa com medo da braveza da minha mãe. Eles zoavam a gente dizendo que se roubassem um beijinho nosso a policia ia prendê-los. RSS.
Mamãe sempre que conversa sobre meu pai já soltava o verbo dizendo que homem era um bicho safado que não valia nada e que ele tinha sido um vagabundo sem caráter.
Andre era o nome de papai e logo depois da separação arrumou emprego em uma grande construtora e acabou indo trabalhar em Angola e acabou ficando por lá. De vez em quando até ligava em casa querendo saber noticias nossas, mas quando mamãe atendia os dois acabavam discutindo feio.
Meu nome é Simone e de minha irmã Regina.
Aos 15 anos nossos corpos já estavam completamente desenvolvidos. Nossa pele é branca com cabelos negros encaracolados, seios médios pra grandes, bumbuns empinados e coxas grossas. E por sermos gêmeas idênticas chamávamos a atenção em todo lugar que passávamos.
Sexualmente éramos quase completamente inexperientes e o que sabíamos a respeito era apenas o que rolava nas conversas das amigas de escola com informações malucas e que não muito confiáveis. RSS. Minha irmã era um pouco mais atirada e vivia de assanhamentos com alguns garotos da região e até me contara que já havia batido uma punheta pra um rapaz durante uma festa junina.
O que sempre fazíamos era nos masturbamos com o a água quente do chuveirinho do banheiro.
E foi logo depois que completamos 16 anos aconteceu uma tragédia que ia mudar toda nossa vida.
Mamãe estava em uma viatura policial e ao atender uma ocorrência aconteceu um capotamento e ela teve morte instantânea junto com um companheiro de farda.
Logo depois do acontecido vimos que precisaríamos resolver como continuaríamos a tocar nossas vidas sozinhas. Monetariamente não teríamos muito problemas, pois mamãe além de ser uma mulher muito econômica tinha um patrimônio até razoável. Como mamãe só tinha um irmão que morava no norte e tinha problemas com bebida não teria ninguém responsável pra cuidar de nós.
Foi então que uma das vizinhas amigas de mamãe disse que já havia ligado na construtora onde papai trabalhava e eles entraram em contato com ele em Angola e que logo voltaria ao Brasil pra se encontrar comigo e minha irmã.
E isso aconteceu depois de duas semanas após a morte de mamãe.
Quando reencontramos papai quase nem o reconhecemos, pois as lembranças e as fotos de casamento que tínhamos dele eram bem diferentes depois de 11 anos sem nos vermos.
Papai estava com 38 anos, tinha 1.80 m. loiro de olhos esverdeados, forte e com um corpo perfeito e bem definido e parecia que tinha chegado da praia, pois estava todo bronzeado pelo sol da África. RSS.
Eu e minha irmã ficamos extremamente felizes em reencontrar papai e ele também demonstrou uma imensa alegria e foi incrível perceber que em menos de uma semana ja estávamos perfeitamente entrosados. Nem parecia tínhamos ficado tantos anos distantes.
Papai era um homem muito simpático e brincalhão e fazia questão de satisfazer todos os nossos desejos e procurava escutar todas nossas inquietações e duvidas. Também demonstrou que era um homem bem liberal e de cabeça bem aberta completamente diferente de nossa mãe. Até perguntou a mim e a minha irmã se éramos virgens e comentou que quando resolvêssemos transar bastava avisá-lo que nos levaria ao ginecologista pra tomarmos anticoncepcionais pra não engravidarmos tão jovens.
Aquela idéia que mamãe sempre fez questão de frisar que papai era um homem muito ruim e sem caráter logo deu pra perceber que não era verdadeira. Ele demonstrou ser uma pessoa muito correta e que gostava das coisas certas.
Logo foi possível notar que realmente papai era um homem extremamente sedutor e mulherengo, pois quando saiamos juntos pra passear em quase todos os lugares as mulheres lhe davam ?bola? e o safado não deixava de jogar charme pra cima delas e do jeito que era bonitão as ?biscatinhas? se derretiam inteiramente e ele fazia questão de deixá-las bem assanhadas. RSS.
Foi então que papai propôs que nos mudássemos pra Salvador na Bahia onde ele iria morar dali pra frente. A sede da empresa onde trabalhava era la e ele pedira transferência pra poder cuidar de suas filhas.
Logicamente que eu e Regina nem pestanejamos e resolvemos nos mudar com papai pra Salvador.
Antes disso papai deixou tudo certo com uma imobiliária da cidade e as 3 casas que mamãe tinha deixado de herança pra nós ficaram alugadas e o rendimento iria ser depositado na nossa conta poupança para quando completássemos a maioridade pudéssemos usufruir dele.
Logo que chegamos a Salvador papai já tinha deixado tudo certo com a construtora e eles providenciaram um ótimo apartamento de 3 quartos em um prédio bem localizado e muito confortável.
Eu e minha irmã ficamos juntas em um quarto como já estávamos acostumadas enquanto e papai ficou em outro. O quarto que sobrou papai transformou em seu escritório onde ficavam seus computadores e pranchetas de desenhos.
O prédio onde morávamos era bem grande com muitos apartamentos e logo fizemos amizade com as garotas e os rapazes que residiam ali. E depois de 10 dias fomos convidadas para a festa de aniversário de uma garota vizinha do andar de baixo que completava 17 anos. O salão de festas no térreo do edifício era amplo e bem fechado pra evitar que a algazarra e o barulho das festas não atrapalhassem os moradores mais ?chatos?. RSS.
Durante as conversas com as garotas daquele lugar deu pra perceber claramente que tudo era mais livre e principalmente muito mais sensual...bem diferente de nossa vida anterior no sul do pais.
Papai tinha tirado um mês de férias e depois de uma semana de correria para deixar o apartamento todo arrumado ele nos levou as compras para que pudéssemos renovar todo o nosso guarda roupa, pois onde morávamos antes não fazia tanto calor quanto na Bahia.
E se tinha uma coisa que papai demonstrou de cara foi que não se importava de gastar conosco, pois quando chegamos às lojas de departamentos dos shoppings disse que podíamos escolher tudo que gostássemos. Minha irmã Regina que sempre foi mais desinibida e atirada logo indagou:
-papai...deixa perguntar uma coisa! Posso pegar roupas bem curtas...iguais as garotas daqui usam?
-claro minhas garotas...vcs são lindas e jovens...podem tudo e um pouco mais! RSS.
Regina então já foi escolhendo mini-saias e shorts bem curtinhos e claro que aproveitei e fiz a mesma coisa e quando fomos escolher os biquínis novamente Regina toda safadinha disse a papai:
-papai...eu gostaria de usar biquíni fio-dental daqueles bem pequenos...posso?
Papai sorrindo todo condescendente disse:
-claro que sim queridas...podem usar o que vcs quiserem...sou totalmente liberal...só tenho dó dos rapazes do prédio quando vcs forem usar a piscina...vão ficar completamente malucos ao verem minhas gatinhas de fio dental...pele branquinha e corpos maravilhosos...a maioria aqui é de morenos e negros...adoram branquinhas! RSS.
Deixei pra Regina escolher os biquínis e ela separou 4 pra nos usarmos.
Até papai resolveu comprar algumas camisetas, bermudas e também sungas de banho.
A vendedora que nos atendeu na loja, uma linda mulatinha de uns 26 anos comentou que além de meu pai ser um ?gatão? era um cara super legal com as filhas.
Depois de nossa maratona de compras fomos tomar um lanche na praça da alimentação do shopping pois já estava quase na hora da jantar e foi então que a vendedora que tinha nos atendido terminara seu turno de trabalho e ao passar perto de nós já foi se abrindo toda sorridente para o papai. Ele todo safado nos deixou tomando o lanche e foi conversar com a mulatinha e deu pra perceber claramente que marcavam um encontro. Com certeza a pretinha safada gostava de homens loiros. RSS.
Eu e minha irmã nos entreolhamos e logo comentamos sarcásticas:
-que pretinha mais putinha hein Simone...com certeza vai querer dar pro papai!
-ah se vai! Deu pra ver na loja que ela ficava se insinuando pra ele. Sem contar que toda hora ela se abaixava pra pegar alguma coisa e empinava aquele rabo enorme se mostrando toda pra ele!
-é Simone...papai realmente é muito legal...mas já deu pra ver que é um tremendo de um safado...adora pegar mulher! Se bobear quer comer todas! RSS.
Logo papai voltou à mesa e disse que ia nos levar pra casa porque precisava resolver um ?probleminha? e Regina do jeito que era mais ?faladeira? emendou sorrindo:
-é...eu e Simone já notamos que o nosso papai adora resolver esse tipo de ?probleminha?.RSS.
Ele sorriu todo safado e logo estávamos de volta ao nosso prédio.
Papai até nos ajudou a levar aquele monte de sacolas de compras até o elevador mas saiu em seguida.
Regina e eu ficamos abismadas ao tirarmos tudo que compramos das sacolas. Era muita coisa, mini-saias, blusinhas, vestidos, sandálias, tênis, calcinhas, biquínis era tanto que ficamos até bobas e então começamos a conversar:
-Regina...nossa...acho que nunca tivemos tantas roupas em nossa vida! Gastamos muito hein! Demos um belo prejuízo para o bolso do papai! RSS.
-é verdade...mas foi papai que insistiu pra comprarmos tudo novo...ele disse que não era pra deixar de comprar tudo que queríamos! RSS. Também vamos combinar...as roupinhas antigas que usávamos la na nossa cidade...não ia dar pra usar aqui...né?
-é...la fazia bastante frio...aqui acho que dificilmente vamos precisar usar uma blusa! Mas...acho que morar aqui vai ser tudo de bom...nossa...nem dá pra acreditar...a vida aqui é bem agitada...bem diferente de antes!
-também estou adorando! Vamos provar com calma tudo que compramos?
-sim...também pensei a mesma coisa...vamos sim!
-sabe uma coisa que tava pensando Regina! Acho que não devemos ficar pegando no pé do papai por causa de suas ?namoradinhas?...afinal ele é um cara solteiro...e do jeito que ele tá sendo legal conosco...pega mal...a gente ficar fazendo ironias...com seus ?probleminhas?. RSS.
-é...pensando bem...vc tem razão...mas acho que fiquei com um pouco de ciúmes...dessas biscates ficar toda hora querendo ?pegar? nosso papai lindão! Que bando de putinhas safadas! RSS. Mas pode deixar que não vou mais...fazer insinuações maldosas! RSS.
Eu e Regina já estávamos a mais de duas horas experimentando nossas novas roupas e até tiramos fotos como se fossemos modelos. A excitação era evidente em nossos semblantes e nem percebemos quando papai abriu a porta do quarto e nos pegou completamente nuas e então sorrindo ele brincou dizendo:
-opa...desculpem minhas gatinhas lindas...devia ter batido na porta...até achei que vcs nem estavam no AP!
Regina como sempre bem rápida em respostas foi até a porta e disse toda sorridente:
-tá tudo bem papai...estávamos experimentando as roupas novas que compramos. Ainda bem que chegou ...ja estávamos preocupadas...demorou bastante. RSS.
Papai na porta entreaberta do quarto deu uma olhada em nossos corpos nus e então sorrindo disse:
-nossa...nem dá pra acreditar que fui eu que fiz duas gatas tão lindas...vcs são perfeitas! Mas já que olhei tenho que dizer uma coisa. Vcs precisam aparar os pelos de suas xoxotinhas senão não vai dar pra usar os biquínis que compraram...vão ficar com os ?bigodinhos? pra fora! RSS. Vou tomar um banho rápido e depois a gente se fala.
Caímos em risos e ele foi para seu quarto e também fizemos o mesmo. Tanto eu quanto Regina colocamos só uma camisetinha por cima de uma calcinha fio-dental e quando chegamos à sala papai estava assistindo TV em uma poltrona de couro só com um short curto e bem folgado.
Regina então bem safada e ousada se sentou no colo dele e brincou dizendo:
-papai...juro que não to querendo saber demais da vida de nosso papai lindo e maravilhoso...mas como eu sou super curiosa...vou perguntar! Vc resolveu o ?probleminha? da mulatinha do shopping? RSS.
Papai caiu na gargalhada e disse:
-tá...ja que a curiosa quer saber...posso responder sim! Mas antes também quero saber. E se quando vc sair com algum garoto...e eu quiser saber se ele resolveu o teu ?problema?...vc também vai me responder...sua malandrinha? RSS.
Ai foi a vez de minha irmã cair em gargalhadas e sorrir dizendo:
-bem...acho que se o papai não se importar de ouvir a verdade...claro que vou responder! RSS.
-então tá bom...ja que estamos brincando seriamente vamos botar os pingos nos i! Apesar de vcs ainda serem virgens sei perfeitamente que os hormônios estão em ebulição constante dentro desses corpinhos cheios de ?vontades?. Aqui é uma cidade grande e cheia de sacanagem...bem diferente de onde vcs moravam. Cuidado onde forem e com o que oferecem pra vcs. Agora...quando o tesão bater de verdade sei que vcs vão dar gostoso...mas não se esqueçam da pílula...e da camisinha! Pelo amor de Deus! Se me transformarem em avô...levo as duas pra África e largo lá. RSS.
Foi então que resolvi entrar na conversa e disse:
-papai...pode ficar tranqüilo...nós sabemos que devemos nos cuidar...não liga pra Regina...ela é assim mesmo...fala mais que a boca! RSS.
Ele então sorrindo disse:
-Por mim vcs podem perguntar tudo que quiser...eu não me importo...suas bobas! RSS. Mas a verdade é que a mulatinha da loja...resolveu o meu ?problema?. Fazia quase uma semana que eu não transava...não consigo ficar muitos dias sem sexo! Mas...foi muito bom...deu pra desestressar gostoso!RSS. Agora que já matei a curiosidade de minha filha safadinha...levanta do meu colo e pega o telefone pra gente pedir uma pizza!
Logo estávamos comendo pizza e assistindo a um filme de comedia na TV. Depois que o filme terminou papai disse que estava com sono e ia dormir e mas antes disse:
-garotas...acho que vcs deviam se depilar em vez de apararem os pelos da xoxotinha...fica melhor e mais higiênico. Eu também...sempre me depilo por inteiro. Aqui faz muito calor e o suor faz os pelos grudarem na pele. Se vcs quiserem no quarteirão aqui do prédio tem um salão de beleza que parece ser muito bom! Vcs deviam ir até la amanhã!
Concordamos com a sugestão do papai e como não estávamos com sono resolvemos assistir + um filme.
E durante o filme resolvi perguntar a Regina porque ela se sentara no colo do papai daquela maneira e ela toda safada sorriu dizendo que nem mesmo sabia o porquê. Que simplesmente tinha dado vontade de fazer aquilo e fez e ainda emendou dizendo:
-Simone...o pior é que adorei sentar no colo do papai...é uma delicia! RSS.
No outro dia papai saiu 8.00 h. dizendo que precisava ir a oficina ver um barulho que tinha surgido na roda do carro e disse que voltaria la pelas 13.00 h. e então descemos juntos pra irmos até o salão marcar hr pra fazer nossa depilação intima. Também precisávamos comprar um presente para o aniversário da nossa vizinha que iria ser naquela noite...mas resolvemos deixar pra fazer isso após o almoço. Papai disse que pelas 9.00 h. iria vir uma faxineira pra dar uma limpada no AP e que uma de nós devia estar esperando-a.
Quando chegamos ao salão de beleza a depiladora falou que como estava totalmente livre naquela manhã se quiséssemos poderia nos depilar imediatamente e então resolvemos que Regina iria fazer primeiro e depois que voltasse para o AP pra esperar a faxineira me depilaria em seguida.
E assim foi feito e quando cheguei de volta em nosso AP totalmente depilada já encontrei a faxineira trabalhando e fui tomar um banho. Regina já tinha tomado banho mas me acompanhou e começamos a conversar:
-Simone...adorei ficar com a xoxotinha lisinha...que delicia passar o sabonete...bem que papai disse ...parece que a gente fica bem mais limpinha! RSS.
-é verdade...quando começou as primeiras arrancadas da cera...doeu um pouco...mas depois foi facinho! A depiladora é profissional...disse que trabalha com isso a mais de 5 anos! Eu falei pra ela que o papai também se depila e ela falou que também faz em homem...só que cobra mais caro! RSS. Quando papai voltar vamos falar pra ele...ai ela passa a ser a depiladora oficial da família! RSS.
Um pouco antes do meio-dia resolvemos fazer o almoço e foi então que prestei atenção na faxineira limpando a estante da sala e então comentei com minha irmã dizendo:
-acho que papai vai gostar dessa faxineira hein...olha a roupa que ela usa pra trabalhar...a saia é um pouco curta...quando sobe na escada...com certeza deve aparecer a calcinha! Ela até se parece com a vendedora do shopping...mulatinha com bunda grande! RSS.
Durante o preparo do almoço Regina até trocou idéias com a faxineira e ficou sabendo que ela tinha 28 anos e tinha se divorciada há pouco tempo e até reclamou que estava carente...sem namorado! RSS.
Logo que o almoço ficou pronto papai chegou e almoçamos todos juntos inclusive a faxineira.
Como papai disse que ia ficar em seu escritório no quarto resolvemos que iríamos até o shopping que havia não muito distante do AP comprar o presente de aniversário.
Papai nos deu o dinheiro e fomos nos trocar . RSS.
Saímos e resolvemos ir a pé mas depois de uns 20 minutos andando descobri que havia esquecido o dinheiro do presente em cima da penteadeira de nosso quarto e tivemos que voltar. Foram mais 20 vinte minutos pra voltar, mas quando chegamos ao nosso AP tivemos uma grande surpresa.
Logo que entramos escutamos ?conversas? que vinham do escritório do papai e bem devagar eu e Regina fomos até o corredor e foi então que pudemos presenciar cenas incríveis pela porta entreaberta.
Com certeza papai achou que iríamos nos demorar no shopping e nem se preocupara em fechar a porta e então passamos a escutar e ver o que ia rolar ali.
Papai e a faxineira mulata estavam completamente nus. Ela deitada de bruços em cima da escrivaninha com aquela bunda toda empinada toda exposta e papai atrás dela com uma pica enorme e muito grossa deslizando pela sua buceta negra completamente depilada e ele todo macho dizia:
-fala putinha...pede...pra mim te comer...sua vadia...pede...gosta de dar pra macho branco...né sua vadia!
A putinha toda cheia de tesão dizia:
-mete logo...seu safado...tarado...mete na minha buceta seu branco safado...fez eu gozar na língua...agora vai ficar me torturando é? Me come...seu branco filho da puta...fode minha buceta...com essa pica grossa!
Papai cravou a pica enorme de uma só vez na buceta da negrinha e começou a meter na vadia com força. Ela gemia e rebolava como uma louca na vara grossa dele. De vez em quando ele dava um tapa forte na bunda dela que sussurrava tesuda:
-mete...me fode...safado gostoso...arregaça minha buceta...com esse pauzão...mete...com força...bate...na minha bunda...seu tarado...fode...faz sua putinha negra gozar gostoso...arregaça...minha buceta...ahhh.
Ela não demorou pra dar um gritinho mais alto e se convulsionar inteiramente gozando loucamente...e ele todo tarado dizia:
-assim...goza...sua vagabunda...rebola na pica do teu macho branco...sua negrinha safada...que bucetinha apertada...vou te deixar larga...sua vadia...puta safada...rebola...não para...assim...ahhh...pede...mais...pede!
-mete...mais...seu safado tarado...quero gozar mais...mete...tudo...agora...faz o que eu sei que vc mais gosta...seu tarado...come...meu cuzinho...quero dar meu cuzinho...pra esse pauzão...adoro pau grosso no cu...fode meu cu...seu filho da puta...safado!
Papai tinha ao lado um tubo de gel e então deu uma esguichada no rego da putinha negra e em seguida encaixou a cabeça enorme da pica no cuzinho da vadia e foi enfiando sem parar até o talo. Aquela pica enorme desapareceu dentro do rabo daquela negrinha que em instantes passou a rebolar sussurrando:
-fode...branco tarado...fode sua putinha negra...mete...com força...come sua puta...com vontade...seu sádico tarado...ahh...mete...come...ahh...faz a putinha gozar...ahhh...que delicia pau grosso no cu...ahhh...enche meu cuzinho de porra...enche...seu filho da puta! Ahhh...vou gozar...vou....gozar!
Papai deu um urro e começou a gozar no cu da neguinha que rebolava como uma louca naquele pauzão grosso. Não sei como ela agüentava aquela pica enorme no cu...era muito grande...mas que ela gostava isso não deixava nenhuma duvida. RSS.
Foi então que olhei pra minha irmã ao lado e fiz um sinal pra sairmos dali e foi o que fizemos. Passamos no quarto pegamos o dinheiro do presente e saímos bem devagarzinho sem sermos notadas.
No caminho para o shopping depois de nos acalmarmos começamos a conversar:
-Simone...minha irmã...papai é um tarado insaciável...ontem comeu a mulata do shopping e hoje a neguinha faxineira...nossa...bem que ele falou que não agüenta ficar muito tempo sem transar...acho que se puder ele deve transar todo dia! RSS.
-Regina...to de cara com o tamanho do pau do papai...que enorme...como aquilo cabe dentro da xoxotinha ...e no cuzinho...se eu não tivesse visto não acreditava! RSS.
-é verdade...quando sentei no colo dele ontem...não senti nada de especial...encostando na minha xoxotinha...e olha que fiquei bem encaixadinha hein! Se aquilo tivesse do jeito que tava hj...teria me empurrado pra fora do colo. RSS.
-sua safadinha...bem que percebi que vc tava de sacanagem ontem...depois que ele viu a gente peladinha vc ficou toda cheia de safadeza! Nossa...nem sei o que dizer...foi uma loucura!
-é verdade Simone...mas...vou te confessar uma coisa...adorei ter assistido sexo ao vivo...gostei demais ...fiquei molhadinha...minha calcinha tá completamente úmida! RSS.
-bem...também aconteceu isso comigo...to toda ensopada...até parece que mijei! Nossa...isso é muito louco! A gente assistir o nosso próprio pai transar! Ainda bem que ele não nos viu! RSS.
-verdade...mas...tenho quase certeza que isso vai acontecer de novo...papai é muito tarado...e do jeito que é safado e gostosão...ja já vai aparecer outras putinhas pra dar pra ele...no nosso AP! Ah se vai! RSS.
Chegamos no shopping e depois de comprarmos o presente tomamos um sorvete e ficamos conversando e passeando antes de voltarmos e percebi que a todo instante a imagem do papai pegando a neguinha de 4 na escrivaninha vinha em minha mente. E com certeza isso também estava acontecendo com minha querida irmã gêmea que a todo instante tocava no assunto lembrando de todos os detalhes.
Chegamos em nosso AP já era quase 5.00 da tarde e não tinha mais ninguém. RSS.
O aniversário iria começar as 7.00 da noite e então um pouco antes fomos nos produzir com nossas roupas novas.
Tanto eu quanto Regina vestimos mini-saias curtinhas com tops que realçavam nosso seios durinhos. Sandálias de salto faziam com que nossas bundinhas empinadas ficassem imponentes. Por baixo vestimos calcinhas fio dentais que de tão pequenas até entravam em nossas rachinhas virgens totalmente depiladas.
Quando estávamos pra sair papai chegou no AP e ao nos ver disse brincando:
-nossa...que gatas mais lindas...acho que vou ter que arrumar seguranças pra acompanhar vcs...do jeito que vcs estão vestidas...com essas coxas de fora...mini-saias curtinhas...os peitinhos quase pulando pra fora das blusinhas...é perigoso algum tarado querer raptar minhas filhinhas lindas e maravilhosas! RSS.
Tanto eu quanto Regina sorrimos com os elogios loucos de papai e foi então que minha irmãzinha como sempre mais ousada deu uma rodada de corpo que mostrou sua calcinha enfiada no reguinho da bunda e sorrindo bem safada disse:
-o que vc achou papai...será que vamos conseguir fazer os garotos da festa ficarem loucos por nós? RSS.
Papai então disse:
-tenho certeza absoluta...vai ter uma fila de machinhos querendo pegar minhas gatinhas lindas! Vcs estão muito sexy...essas mini-saias que vc estão usando...quando forem dançar...e rebolarem...vai aparecer a calcinha toda enfiadinha no reguinho...acho que os rapazes vão ficar babando! Mas...estou curioso sobre a depilação...não deu pra gente conversar a respeito na hora do almoço por causa da faxineira...gostaram de ficar lisinhas...sem nenhum pelinho?
Regina mais que depressa se mostrou completamente ousada e sem nenhum pudor levantou a mini-saia puxou a calcinha de lado e disse sorrindo:
-eu adorei papai...olha...como ficou bonita...minha xoxotinha...uma delicia...de passar a mão...bem lisinha! Mostra a sua também pro papai Simone...pra ele ver como ficou!
Já que ela tinha mostrado a dela me enchi de coragem e após levantar a saia em vez de puxar a calcinha de lado abaixei a calcinha até o meio das coxas e disse:
-papai vc tinha razão...é uma delicia não ter nenhum pelinho na xoxotinha...pra tomar banho então...adorei!
Papai então deu um sorriso bem safado e sem tirar os olhos de nossas xoxotas disse:
-bem...ainda bem que gostaram...realmente...ficaram ainda mais lindas...perfeitas!
Fomos pra festa completamente excitadas com aquelas loucuras que havíamos feito com papai! RSS.
Durante a festa rolou muita musica e tinha muita gente. Vários rapazes dançaram com a gente. Regina levou um tombo feio ao trombar com outra garota dançando e depois disso não demorou pra dar um fugidinha para algum lugar mais escuro no pátio do prédio e ficou de pegação com um garoto de 17 anos. Embalada pelo tesão do que tinha presenciado durante o dia também me deixei levar e beijei dois rapazes...mas só ficou nisso...pois não me empolgaram pra fazer com que fizesse alguma coisa mais ousada. Quando estávamos subindo para nosso AP já era quase 2.00h. da manhã e Regina me contou que tinha masturbado o rapazinho que estava com ela e brincou dizendo que o pinto dele era pequeno comparado com o do papai e então brinquei dizendo:
-que irmãzinha mais tarada que eu tenho...quer um pintão bem grande...igual do papai é...será que vc agüenta um daquele tamanho...sua safadinha! To achando que vc puxou o papai em matéria de tesão...adora se mostrar para os rapazes...vários viram sua bunda quando vc dançava...e sem contar que quando o papai perguntou da depilação...mostrou a xoxotinha rapidinho pra ele! Sua taradinha! RSS.
-bem...to achando que sim! RSS. Me da um tesão louco saber que tem alguém me desejando! RSS. Na verdade...queria mesmo mostrar minha bucetinha depilada pro papai...ele já tinha visto peludinha! Agora pode deixar de querer parecer santinha Simone...quando falei pra vc mostrar a xoxotinha depilada pro papai vc mostrou mais do que eu...abaixou a calcinha toda...sua safada...somos gêmeas...acho que nós duas somos iguaiszinhas em safadeza...acho que vc é só um pouquinho mais tímida...só isso! RSS.
Tomamos um banho e fomos dormir, pois tínhamos combinado de irmos pra praia de Porto da Barra logo de manhã. Regina só colocou uma calcinha fio-dental pra dormir e eu fiz a mesma coisa. Afinal estava bastante calor. O ventilador de teto ajudava a refrescar o quarto junto com a janela aberta.
Era umas 8.00 da manhã quando acordei e fui ao banheiro fazer xixi e logo que voltei pra minha cama a porta do quarto se abriu e papai entrou no quarto e como a cama de Regina ficava mais perto ele se sentou do lado dela e todo carinhoso disse:
-acorda gatinha...nós combinados de irmos pra praia hj cedo...acorda gatinha linda!
Ela só se mexia na cama. A luz que entrava pela janela mostrava sua bunda empinada quase de bruços com a calcinha enfiada no reguinho...e Regina toda dengosa respondeu:
-ahh...papai...deixa-me dormir...mais um pouquinho...por favor...voltamos tarde da festa...seja bonzinho!!!
-que garota mais manhosa...se demorarmos vai ficar tarde...acorda gatinha!
Ele estava só com uma cueca boxer e então Regina sussurrou:
-papai...deixa-me dormir...mais meia hr...por favor...to cansadinha e com dor no bumbum...levei um tombo dançando...deita comigo um pouquinho...me abraça...faz carinho na sua filhinha! Por favor!
Na hora percebi que tinha safadeza por parte de minha irmã mas também percebi que papai estava gostando daquela brincadeirinha de sedução disfarçada e então ele se deitou na cama de conchinha com ela e mesmo não estando muito claro o quarto dava pra ver que ele abraçou-a e segurou seu quadril carinhosamente. E foi então que percebi que a coisa ia continuar a esquentar pois Regina disse:
-humm...papai...que delicia...ficar assim...com vc...de conchinha...faz uma massagem no meu bumbum...ficou um pouco roxo do tombo!
A safada da minha irmã colocou uma mão pra trás na coxa do papai e ele todo safado começou a dar umas alisadas no bumbum empinado dela que toda safada já se mexia inquieta na cama...com certeza tentando sentir o pauzão do papai em seu traseiro. Pelo espelho do guarda roupa deu pra ver que papai já deslizava as mãos ainda um pouco tímidas pelo corpo de Regina. Seus seios foram apalpados e deu pra ver perfeitamente seus dedos deslizarem até abaixo do umbigo e chegarem ao cós da calcinha. E Regina toda safada já mostrava que não conseguia segurar o tesão e sussurrava:
-ahhh papai...que delicia...sentir vc fazer carinhos assim em mim...vou querer acordar todo dia desse jeito... não para...por favor!
Percebi que Regina levou a mão pra trás pra pegar no pauzão do papai...mas ele então segurou a mão dela e levou-a junto com a sua até seus seios e ficou bolinando seus mamilos completamente duros.
Minha xoxotinha estava completamente ensopada de assistir aquela safadeza deliciosa mas foi então que papai resolveu dar um basta naquilo e dando um tapinha de leve no bumbum de minha irmã disse:
-chega...sua malandrinha safada...levanta de uma vez e vai tomar banho...chega por hj! RSS.
Regina levantou toda contrariada dizendo:
-tá bom...seu chato...agora...que tava ficando gostoso...mas depois vou querer brincar assim...de novo!
Minha irmãzinha se mostrava uma putinha sem pudor e toda safada se levantou da cama e entrou no banheiro pra tomar banho e foi então que papai olhou pra minha cama e a me ver de olhos bem abertos sorriu e disse:
-to vendo que a outra gatinha já esta acordada...nem precisa chamar né?
Toda safada disse:
-também quero que vc se deite na minha cama...um pouquinho! Ou será que meu papai só gosta de fazer carinhos na minha irmãzinha safada?
Dava pra ver que a cueca do papai estava completamente estufada na frente pelo seu pauzão duraço e então ele disse:
-vcs são bem maluquinhas...e cheias de safadezas hein...assim papai não vai agüentar! RSS.
-papai...deita logo aqui comigo...por favor! Regina vai demorar no banho...com certeza vai se masturbar com o chuveirinho! Vem...eu...também quero!
Papai não conseguiu resistir e se deitou atrás de mim me encoxando forte e sem perder tempo peguei sua mão e levei até minha xoxotinha ensopada e sussurrei cheia de tesão:
-olha como minha xoxotinha lisinha...tá toda molhada...olhando meu papai brincar com minha irmãzinha safada...brinca também comigo...bem gostoso!
Minha safadeza foi bem mais explicita que de minha querida irmã e quando os dedos de papai deslizaram por baixo do tecido da calcinha e tocaram minha rachinha virgem ensopada gemi toda safada dizendo:
-ahhh...que gostoso...brincar assim papai...faz...que tesão...delicioso! Ahh papai...não para!
Papai estava com seu pauzão enorme completamente duro se esfregando no meu bumbum durinho e decidi que ia tornar a brincadeira bem safada e em segundos enquanto rebolava abaixei minha calcinha e em seguida levei a mão pra trás e apertei o pauzão do papai e toda tesuda sussurrei:
-nossa papai...que pintão grande...nossa...que gostoso...tira pra fora da cueca papai...põe no meio das minhas coxas...quero sentir ele encostado na minha xoxotinha...põe...por favor!
Apesar de toda sua experiência papai ficou um pouco sem reação com minha safadeza tão explicita e disse:
-garota...para...com essa brincadeira...sua maluca...sou seu pai...vc e sua irmã vão me levar à loucura com essas safadezas!
Nem me importei com que ele pudesse pensar sobre mim e já tinha enfiado a mão por baixo da cueca e pegava naquele pauzão grosso e cabeçudo todo babado e bem putinha sussurrei:
-papai...põe logo...no meio da minhas coxas...vc também tá querendo muito...será que vc quer que eu implore igual a putinha faxineira...fez ontem?
Ele então disse:
-como...vc sabe disso...sua maluca...não to entendendo!
-papai...quando vc quiser fazer as coisas bem escondidinho tem que fechar a porta! RSS. Eu esqueci de levar o dinheiro pra comprar o presente e quando voltei pra pegar...encontrei meu papai tarado metendo na faxineira putinha! Eu e Regina assistimos tudo...e adoramos! RSS.
-suas malucas safadas...nem sei o que dizer! RSS.
-papai...num fala nada...só brinca comigo...do jeito que eu quero...vc sabe como fazer...quer que eu implore igual à puta pretinha é? Se quiser...eu peço...faço tudo que vc quiser!
Papai não se agüentou e logo senti a cabeçona quente da pica enorme deslizar entre os lábios da minha rachinha virgem e toda tesuda sussurrei:
-ahhh...que delicia...me pega...papai...que pauzão gostoso...como é quente...nossa...to molhadinha...faz...eu vou gozar...faz...ahhh...
Ele segurou sua pica enorme com a mão colando-a a minha bucetinha e começou a fazer como se tivesse metendo em mim. Em poucos instantes meu corpo começou a tremer que nem vara verde e tive meu primeiro orgasmo com uma pica tocando minha xoxotinha. A sensação era incrível e avassaladora. Gostaria que aquele membro tivesse completamente enterrado dentro de mim mas papai também completamente tesudo resolveu mostrar o que queria e então se levantou de trás de mim e ficando de pé ao lado da cama disse todo macho:
-já que vc teve o que queria...também quero...sua putinha tesuda! Enfia minha pica nessa boquinha linda...chupa...minha vara...safadinha tarada! Vou gozar na tua boca...sua putinha safada!
Nem pensei em falar nada e enfiei aquela pica todo molhada pela minha bucetinha na boca e fiz o que meus instintos mandaram. Lambia e enfiava daquela vara grossa na minha boca indo até o fundo da minha garganta. Em poucos instantes senti o primeiro jato de porra fervente na minha boca. Era tanta porra que escorreu um monte pelo meu queijo pingando nos meus seios. A pica enorme do papai começou a amolecer dentro da minha boca e então ele saiu do quarto sem dizer nada e depois de menos de um minuto minha querida irmã saiu do banheiro e me encontrou sentada na beira da cama com a calcinha no meio das coxas com porra escorrida pelos seios e então toda curiosa já foi perguntando:
-o que aconteceu Simone...o que vc fez...o que aconteceu?
-Regina...chupei o pauzão do papai...ele gozou na minha boca...nossa...que loucura...gostosa! RSS.
Regina ficou boquiaberta com o que eu dizia e toda safada continuei dizendo:
-depois que ele ?brincou? na tua cama ele veio pra minha...então enfiou o pauzão no meio das minhas coxas e me fez gozar gostoso. Depois me fez chupar sua pica grossa...encheu minha boca de porra...não consegui engolir tudo...escorreu um monte...ele gozou que nem um cavalo! RSS.
-Simone...que safada tarada...to vendo que vc perdeu a timidez de vez! E to vendo que vc com essa carinha de sonsa fez o papai ?brincar? de verdade com vc! RSS.
-bem...Regina...vc ficou muito cheia de frescura quando ele veio te acordar! Depois que vc foi tomar banho e ele veio pra minha cama mostrei de vez o que queria...puxei sua mão pra minha xoxotinha...abaixei a calcinha e peguei no seu pauzão...e enfiei no meio das pernas! Da próxima vez vou fazê-lo tirar meu cabaço...quero dar pra ele...quero aquela pica enorme inteirinha dentro de mim!
-é...sou obrigada a reconhecer que minha irmãzinha foi bem mais rápida que eu...dizem que as garotas sonsas são as mais espertas! RSS.
-é...maninha...mas tenho certeza que papai não vai agüentar ficar muito tempo se esquivando de nós...do jeito que somos safadinhas...ele vai tirar nosso cabacinho rapidinho! RSS.
E foi então que ao me levantar da cama pra ir tomar meu banho resolvi fazer uma safadeza com minha irmãzinha e passei os dedos nos meus seios e peguei um pouco de porra do papai e sem que Regina esperasse esfreguei meus dedos em seus lábios e disse toda safada:
-sinta o gosto da porra do papai...maninha...é uma delicia...engoli um monte...vc bobeou...chupei aquele pauzão antes de vc! RSS.
Regina não esperava minha brincadeira mas do jeito que era safada sorriu dizendo:
-sua putinha safada...tudo bem...vc ganhou um set da partida...mas vou ganhar o próximo...deixa comigo!
Entrei no banho e logo sai e então vestimos nossos biquínis pra irmos passar o dia na praia nos bronzeando com papai e quando chegamos na sala com nossos biquínis novos super pequenos ele todo sorridente brincou dizendo:
-nossa...que garotas lindas...esses biquínis estão de matar...vão deixar os rapazes cheios de má intenção! Vou ser obrigado a ficar de guarda pra nenhum galo vir ciscar no meu terreiro! RSS.
Regina cheia de safadeza disse:
-papai...se vc cuidar bem do seu galinheiro...não vai precisar ficar preocupado com os outros galos! RSS.
Passamos o dia inteiro nos bronzeando e provando todas as delicias de petiscos nos quiosques da praia e só quando o sol estava se pondo voltamos para nosso AP.
Durante todo o dia papai enquanto tomava suas latinhas de cerveja ficava nos observando e prestando atenção quando os rapazes vinham conversar conosco e alguns mais safados ficavam nos abraçando. Quando entramos no AP papai foi para seu quarto tomar banho e eu e minha irmã fizemos o mesmo no nosso quarto e logo começamos a conversar sobre tudo que tinha se passado na praia.
-Regina...que delicia hein...nossa...cada dia tenho certeza que vai ser maravilhoso ficar morando aqui!
-verdade Simone...e os rapazes daqui então...são uns tarados...se a gente tivesse nascido aqui...ja não seriamos virgens há muito tempo. RSS.
-é mesmo...mas vc percebeu como papai ficava de olho em nós...cuidando de suas ?galinhas?? RSS.
-Simone...ja que vc foi mais rápida e safada que eu de manhã...o que vc acha que devemos fazer com nosso querido papai pauzudo...eu to cheia de tesão...louca de vontade de fazer safadeza!
-Bem...ja que vc tomou banho primeiro...vamos fazer o seguinte Regina: se enrola na toalha e vai atrás dele...papai já deve ter tomado banho...tira a toalha...fica peladinha e mostra a marquinha do biquíni fio dental. Ai fala que te contei o que ele fez comigo de manhã e que vc ficou triste por que não fez o mesmo com vc...seja bem putinha...ele não vai resistir! Depois que tomar meu banho...vou te encontrar! RSS.
Depois de uns 20 minutos terminei meu banho e sai completamente nua e fui ver o que estava rolando entre papai e minha irmãzinha putinha e logo ouvi barulhos que vinham do escritório e quando cheguei à porta entreaberta percebi que a coisa já estava pegando fogo.
Minha querida irmã estava nuazinha debruçada na escrivaninha como a putinha faxineira no dia anterior com as pernas abertas e meu papai pauzudo estava com sua vara inteirinha dentro da sua xoxotinha depilada metendo com força e todo macho dizia:
-já que minhas filhas são putinhas taradas...vou tratar às vadias igual todas as vagabundas que gostam de dar pra mim...gosto de comer vadias assim...de 4...olhando elas rebolarem na minha pica grossa...rebola putinha...agora que tirei teu cabaço...dá gostoso pra mim...putinha...quer vara...vai levar vara...vou deixar essa bucetinha arregaçada ...rebola putinha safada...ahhh.
Minha irmãzinha toda tarada se mostrava uma puta de verdade e sussurrava dizendo:
-mete...fode sua filhinha...papai tarado...ahh...que pauzão gostoso...mete na sua filhinha...quero gozar...ahh que gostoso...que pintão...mete...tudo...que delicia...sentir...esse pauzão...ahhh.
Papai metia como um garanhão e de vez em quando dava uns tapas na bunda da minha irmã dizendo:
-assim...rebola vagabunda...rebola vadia...gosta de pica grossa...né sua puta...rebola...dá gostoso...que bunda gostosa...rebolava safada!
Regina parecia que estava em transe e rebolava como louca na pica grossa do papai...e então ela deu um grito alto e se contorcendo como uma cobra começou a gozar intensamente. Papai com a pica toda enterrada em sua bucetinha sedenta fazia uma penetração profunda fazendo-a sentir todo o poder daquele pauzão imenso.
Depois que minha irmã se acalmou se levantou da escrivaninha ainda ofegante e ao ver suas coxas todas escorrida de sangue de sua virgindade que não mais existia saiu dali dizendo que ia se lavar.
Papai limpou sua pica toda cheia de sangue do cabacinho de Regina com uma toalha e sorrindo todo tarado me olhou dizendo:
-vem putinha...agora é sua vez...com vc vai ser diferente...vou querer tirar seu cabaço olhando nos seus olhos...vem Simone...dar gostoso...pro seu macho!
Papai se sentou na poltrona de couro da escrivaninha e toda tesuda fui chegando até ele. Aquela pica grossa estava rígida como aço apontando pro teto e então ele disse:
-quero...que vc senta no meu colo...quero ver minha pica entrar nessa bucetinha virgem...assim...de frente!
vem putinha safada...tá pronta pra ser a putinha do papai?
-sim...to prontinha...quero essa pica inteirinha na minha xoxotinha virgem...me come papai...seja o macho da sua filhinha puta...desde que te vi ontem...comendo aquela putinha preta...fiquei louca de vontade de ser tua putinha...quero dar gostoso...pra vc! Pode meter do jeito que quiser na sua filhinha...quero tudo!
Do jeito que papai era forte me pegou pelos quadris e me levantando me colocou no seu colo...e disse:
-põe...vadia...encaixa minha pica...na portinha dessa bucetinha virgem...vou meter tudo...ja que vc quer...ser puta...de verdade...vou te mostrar com gosto...vadia...safada!
Peguei a vara grossa e coloquei na entrada da minha rachinha virgem e então papai todo tarado soltou meu corpo e aquela vara grossa cabeçuda foi penetrando minha bucetinha virgem e meu cabacinho desapareceu. Dei um grito de dor...que logo se transformou em prazer...que delicia era ter uma pica de macho na xoxotinha e comecei a cavalgar aquele macho como se sempre tivesse feito aquilo. Estava no meu DNA ser uma puta de verdade e gemendo sussurrei:
-come...sua putinha...mete esse pauzão...sua filhinha quer ser sua putinha...bem safada...come...seu tarado...quero gozar na pica do papai...ahh que delicia...vou gozar...vou...vou gozar!!!
Meus braços estavam agarrados ao pescoço do papai e eu rebolava sem pudor gozando como uma louca e ele todo safado já enfiava dedos no meu cuzinho e então ele me colocou de 4 na escrivaninha e disse:
-agora...vou comer essa bunda linda...desde que vi esse rabo...fiquei doido pra meter nesse cuzinho!
Ele então passou um gel geladinho na entradinha do meu cuzinho e em segundos a cabeça enorme de sua rola estava encaixada e em segundos aquela pica enorme deslizava inteira dentro da minha bundinha empinada. Gritei de dor mas ele nem se importou e passou a meter sem dó no meu cuzinho e não demorou pra dor desaparecer e logo eu rebolava como uma vadia tarada espetada na pica grossa do papai. Ele então encheu minha bunda de tapas...batendo forte...me deixando toda vermelha dizendo tarado:
-isso...assim vagabunda...cadelinha safada...que cuzinho gostoso...vou encher esse rabo de porra...rebola puta...vadia...vou gozar...vagabunda...rebola...vadia!
Quando senti o calor da porra inundando meu cuzinho gritei de prazer e gozei copiosamente.
O prazer do gozo sendo enrabada foi muito mais intenso e percebi que adorei dar o cuzinho e iria querer repetir isso constantemente.
Papai depois de ficar engatado na minha bundinha até seu pau escapar molinho de dentro de mim...saiu e foi tomar banho e fiz a mesma coisa e encontrei minha irmã nua deitada em sua cama descansando.
Deitei-me na minha cama toda satisfeita e peguei no sono rapidamente.
No outro dia depois de certo constrangimento natural logo estávamos conversando e brincando tranqüilos e não demorou quase nada pra estarmos transando loucamente novamente.
Papai passou a ser o nosso macho e nos suas putinhas insaciáveis e safadas ao extremo.
Nunca mais papai conseguiu meter em nenhuma outra putinha já que as putinhas gêmeas não lhe davam sossego. RSS. Sempre uma de nós queria sentir aquele macho metendo gostoso na gente.
Já fazem dois anos que estamos juntos e tudo continua incrivelmente cheio de tesão e prazer...e espero que tudo continue assim por muito mais tempo!!!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario mcnn

mcnn Comentou em 29/04/2014

PARABÉNS UM CONTO MUITO EXCITANTE COM UMA HISTORIA GOSTOSA DE LER GOSTEI MUITO

foto perfil usuario bianor

bianor Comentou em 29/04/2014

Cara gostei muito deste teu conto e sua filhas são muito malandras bjus na piriquitá das duas

foto perfil usuario venus2013

venus2013 Comentou em 29/04/2014

Adorei, fiquei muito excitada e molhadinha com seu conto, quer ser meu papai?

foto perfil usuario rainhabelladocealiga

rainhabelladocealiga Comentou em 28/04/2014

Que delicia! Tesão puro...

foto perfil usuario guerra do sexo

guerra do sexo Comentou em 28/04/2014

P que P maravilhoso esse conto!!!!!!!!!!!!!!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


46907 - A Sobrinha da Minha Namorada - Categoria: Virgens - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil carochinha
alexdiasnobre

Nome do conto:
As Filhas do Prazer

Codigo do conto:
46312

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
26/04/2014

Quant.de Votos:
19

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos erotico meu patrao me chantageou e comeu minha bundaSexo com Beto Papakucontos de filha sem calcinhaconto erotico bundudawww.alyamirantinane.comsexo em quadrinhoComi o cu da minha prima porque ela nao aguentou meu pau fundendo sua buceta conto erotico 22 gostosas chupando o cu da outraxvideis 2017comi a minha tiacontos eróticos churrascoquadrinho estuprada conto na praiamaiscontoszoofiliasodomizada pelo padrasto contosA minha esposa mim traiu e eu castiguei ela contos eroticoscontos eroticos incesto viciado na buceta da minha filhinhavideos gays orgia urso gemedeira na bocaconto erotico comedor madrinhas. gostosa com fotosde amigos contos com fotoscfm casadascontos eroticos guardetes noturna trepandolercontos eroticos com pais comendo ocu da namoradas dos filhos aforcaconto erotico uberContos eroticos de icesto lesbo com novinhas quase bebegravidezcompenisconto erotico gay no cinema do shoppingconto erotico maemae e meu paipai[email protected]ixvideo comendo a cunhada gostosa nifetinhacontos casado by o dia que eu goseipelo cu gostosoMilftoom fudendo militarContos erotico enteada virgem escutando madrasta chorando no picao do padrastoconto de não aguentei a pica grande de meu avôcontos com cinco ano dei bucetacontos vi minha cunhada dando pelo buraco da fechaduracontos eroticos/cacetudo para casadasconto gay papaku fode um pm depravadoa confissão hentai pornosogra loira cinquentona apostou o cu virgem no strip poker contosQuadrinhos eroticoseu pai me comeusiririca no mato contosIrmã Hosana contos eroticosporno em quadrinhos de negao e loirafui encochaada e meu maridoo ajudava corno contosContos eroticos chupei minha mulher e minha filhadesenhos pornô incestoContos erótico , meu namorado meteu rola no priquito da minha amigafodendo o rabao da dani peruibetezudo de calça coladaContos ai meu cu tiocontos eroticos virei cadela latindosexo quente envolvente e doloridocontos chantagem com o menino gordinho todos comeufotos dê jeba descomunalcontos eroticos o dia em que perdi minha virgindade com minha titiaConto erotico marido jogando baralho e eu dando sem ele vercontos erotico-você me dominacontos fudendo a irmazinhaas coxas da minha mâe contos eroticos incestokaçador35relatos reais de casais amadores que iniciaram no menage em familia 2017contos eroticos incesto a garotinha bucetuda do papaicontos podolatria tapou minha boca Conto erotico feriaporno da freira em quadrinhoConto erotico armei para minha mulherrodizio de pica/contoconto erotico carapocuibaContos eroticos cm a cunhadadesafio ousado queca desafiadaconto erotico 2017noraGeraldo o porteiro conto eróticocontos eroticos de engates com cachorrosbucetona e cuzao da budonacontos eroticos chantageadas pelos proprio filhocontos cfm com fotos esposas arrombadasna farra com a esposa na pescaria contocomi minha namorada e minha irma na festa de formatura contos eroticosporno incesto as lembracas da minha irmamarianaxvidio