Amor surgiu de forma inocente -Parte 5


Click to Download this video!


Pessoal que comenta muito obrigado.O comentário de vocês que me incentiva a escrever.

A minha reação foi de surpresa,não consegui dizer nada.Então ele continuou falando:
-To apaixonado por você acho que já tem um mês.E durante todo esse mês eu já te via de outra forma.Esse tempo que eu tava com a Juliana era pra tentar afastar esse sentimento mas durante a festa do seu irmão que eu te via conversando descontraído com seus familiares eu te admirava.Você não faz ideia de como era conversar com você pelo telefone,ouvir sua voz era um remédio pra mim.Seu sorriso me encanta.Meu namoro com a Ju não tava muito bem então depois que saímos da sua casa eu terminei com ela,e claro que não falei o motivo.Ela falou que não ia demorar pra gente terminar porque tava indo tudo ruim no nosso relacionamento.

Ele falou tudo aquilo olhando nos meus olhos.As lagrimas escorriam pelo meu rosto.Sera que tudo isso era um sonho,se fosse eu não queria acordar.Eu não tava acreditando que aquilo tava acontecendo.

-Porque você ta chorando?-Ele me perguntou com as mãos em meu ombro
-Porque eu sempre fui apaixonado por você,e eu tinha medo de falar isso pra você.-Eu revelei sem nenhum rodeio.
Quando ele ouviu isso um grande sorriso surgiu em seu rosto.
-Então fica mais fácil fazer o que eu quero fazer!-ele falou isso se aproximando do meu rosto.

Então ele me beijou,ele colocou sua mão atras da minha cabeça eu pus a minha também.Nosso beijo tinha um ritmo perfeito,sincronismo.Eu estava nas nuvens,seu beijo era carinhoso e tão bom.Eu queria que aquele momento nunca terminasse mas tava com meso de alguém entrar ali no estacionamento e visse.Me afastei dele.

-O que foi?Não ta bom?-ele perguntou
-É melhor a gente parar vai que alguém aparece.
-Não tem problema eu subo os vidros,eles são escuros.-ele disse isso com uma cara de sacana.Eu logo cortei ele.
-Seu beijo é maravilhoso mas você já ta querendo apressar as coisas!E alem do mais eu to com fome.
-Desculpe vou mais devagar.-ele falou-então vamos comer.
-Ta desculpado-falei e já fui dando um selinho nele,so que ele segurou minha cabeça e me deu um beijo de tirar o folego.

Saímos do carro como se nada tivesse acontecido,entramos no restaurante e sentamos um de frente pro outro.Fizemos nossos pedidos.Notei que seus olhos brilhavam quando me olhava.
-Eu nem acredito que isso ta acontecendo-falei
-O que?Que agente ta aqui nesse restaurante?
-Não seu besta,o que aconteceu entre nos e o que ainda vai rolar.-falei
-Se eu te disser que to morrendo de vontade de te dar um beijo aqui agora.-ele falou isso com uma cara de safado.
-Por favor vamos manter a discrição!
-Ta bom!
Nosso almoço chegou e comemos e ficamos conversando sobre diversos assuntos.Em alguns momentos ele fazia umas piadinha e eu ria tanto
-Amo esse seu sorriso-ele falou isso com tanto carinho
-Ai para,to ficando vermelho
-Você vergonhoso fica mais lindo ainda-ele falou passando sua mão sobre a minha.
-você é que é lindo,não to conseguindo resistir ao seu charme.-falei
-Vamos sair daqui logo!quero te encher de beijos.-Ele falou isso levantando-Vou ao caixa pagar,me espera no carro.
Ele me entregou a chave e eu fui para o estacionamento.Abri a porta entrei sentei no banco do carona,não demorou muito,Diego vinha em direção ao carro com um sorriso de orelha a orelha.Ele mal entrou no carro e já foi me agarrando.O beijo dessa vez foi mais intenso e romantico.Terminamos o beijo e ele voltou a tenção para o volante.
-O que vamos fazer agora?-perguntei
-sei la,vamos pra um motel?
-PRA ONDE?VOCÊ SÓ PODE TA DE BRINCADEIRA!!
-Calma to brincando,falei isso só pra ver sua reação-ele falou isso dando gargalhadas
-Tu é muito besta né?aff
-Eu vou respeitar o seu tempo.

Durante a tarde fizemos vários passeios e é claro rolou alguns beijos mas nada mais que isso.Resolvi abrir o jogo com ele e contar que eu ainda era virgem,o mais engraçado foi a resposta dele:
-Eu tenho que te contar que sou virgem!
-Ahh isso,eu também sou!Nuca fiz com homens antes!!-ele falou rindo
-Muito engraçadinho você-falei e ele veio me abraçando-mas é serio eu nunca fiz nem com homens e nem com mulheres.


Passaram se uns dias,não tinha nada de oficial ainda,agente ta só se curtindo.Eu não quero pressionar ele,talvez seja melhor assim,mas as vezes parecemos mesmo um casal de namorados ele me liga toda hora,manda mensagem falando que ta sentindo minha falta (isso muitas vezes quando agente acabou de se ver).Mas ele nunca falou nada e muito menos eu,e assim vai ficar.
Tava sendo muito difícil a gente se encontrar pra ficar,como ele ia pra faculdade a noite e eu ia de manha nos só tínhamos a tarde pra se encontrar.Também só podíamos se encontrar e ficar em lugares escondidos,ou é no carro dele ou quando nossas casas estão vazias.Mas não rola nada alem de uns amassos e beijos intensos.
Tudo ta ficando muito serio entre nos,eu me encontrava mais apaixonado do que nunca estive na vida,acredito eu que Diego também,pois cada vez mais ele ficava mais comigo do que com os amigos dele.
Era sábado e eu estava em casa sozinho,meus pais e meu irmão foram pra fazenda do meu avô,fiquei em casa mesmo porque tinha um trabalho muito importante da faculdade pra fazer.Quando era de noite Diego me liga:
-Oi meu amor.
-Agora é mau amor?-perguntei
-Digamos que sim
-Gostei-falei rindo
-Vou te buscar pra você ficar aqui em casa comigo,meus pais viajaram e eu to sozinho.
-Que coincidência,também to sozinho-falei
-Eu quero que você venha pra cá,já to indo te buscar.
-Ta bom então
Desliguei o telefone arrumei minhas coisas,escutei ele me chamando no portão fui abrir e ele já foi me beijando.
-Ta pronto?-perguntou
-Sim,vamos.

Chegamos em sua casa,Diego preparou um jantar.
-Isso é serio?-perguntei surpreso
-Sim.
-Ta bom então.
-Deixa suas coisas la no meu quarto-ele falou isso e me deu um beijo-Vou ficar te esperando na mesa.

Fui em direção a seu quarto.o quarto de Diego era grande mas muito simples,tinha uma cama de casal,guarda roupas uma escrivaninha com computador e uma mesa onde ela estudava,e uma tv com dvd.Deixei minhas coisas e fui encontra-lo na mesa.
O jantar foi incrível,Diego preparou uma lasanha eu até brinquei com ele perguntando se tinha sido ele mesmo que tinha feito.
-Você não acredita nos meus dotes culinários?
-Ta ficou muito bom,chef.-ele riu disso.

Depois disso,fomos para seu quarto assistir um filme,bem tentamos assisti porque ficamos aos beijos o filme todo.Quando o filme tava no final notei que Diego ta va me olhando serio.
-Posso te fazer uma pergunta?-ele falou isso com uma voz calma
-Sim.
-Você quer namorar comigo?mas é namorar serio mesmo.-ele perguntou
-É claro que sim.

Então ele me beijou,ele começou a passar as mãos nas minha costas e eu simplesmente comecei a tentar tirar sua camiseta.Ele viu o que eu tava tentando fazer,olhou nos meus olhos e perguntou:
-Você tem certeza?
-Absolutamente-respondi e ele começou a tirar minha camiseta também.Percebi que ele já tava exitado

Eu já estava totalmente entregue aquele momento.



Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario victor1607

victor1607 Comentou em 15/07/2014

E tudo de bom aos pombinhos. ;-D

foto perfil usuario jpli

jpli Comentou em 14/07/2014

Pelo amor posta logo :)

foto perfil usuario brcednc

brcednc Comentou em 14/07/2014

Is Beautiful, mas como sempre, toda historia tem seus altos e baixos. Sinto que ainda pode acontecer algumas coisas bem complicadas na vida desses 2. Torcendo pelos 2. Abraços!!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


49633 - Amor surgiu de forma inocente -Parte 1 - Categoria: Gays - Votos: 3
49711 - Amor surgiu de forma inocente -Parte 2 - Categoria: Gays - Votos: 6
49880 - Amor surgiu de forma inocente -Parte 3 - Categoria: Gays - Votos: 6
49942 - Amor surgiu de forma inocente -Parte 4 - Categoria: Gays - Votos: 8
50285 - Amor surgiu de forma inocente -Parte 6 - Categoria: Gays - Votos: 7
50440 - Amor surgiu de forma inocente -Parte 7(FINAL) - Categoria: Gays - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico simon

Nome do conto:
Amor surgiu de forma inocente -Parte 5

Codigo do conto:
50118

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
13/07/2014

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


ver video de sexo gay tio e sobrinho gozando muito .sexo quentecontos sexo dildos duplospesquisa de conto erótico de incesto de prima que virou mulher do seu primo viuvoconto tia nuacontos eroticos o cuzinho assado da filhinhaquero ler e ver fotos em contos eroticos de comi minhas enteadas novinhas na roçacontos comi a crente rabuda manuelaTomando na xotade calcinhaconto visita em casa de amigocaralho grabde fudendocomedordepassivosconto erotico bunduda de saia no onibuscontos eroticos meu marido quer que eu de para meu tio adotivogozada conto eróticotransei com pica gostoso do meu aluno deliciaporno gay em quadrinho pirataspornô de cunhada s***** bochechinhaa picada hentauconto erotico meu filho hermafroditaconto erotico gay negao escraviza viado afeminadocantos eroticos tres meninos e comeram fe gosaran dentro de mimestuprou minha filha na minha frente contogayzinhos contando como foi que perderam o cabaçocontos em quadrinhos gratis deincestos de homens iperdotadosconto irma e irmao dormindo peladowww.tava tomado banho minha entra casa de banho e me da sua pucetamulher engrossa com as maos o pau do seu cachorro zoofiliaPutinha do papai negro contos eróticoscunhadinha sempre grita no analcorno a pedido domarido contoscontos de brincando comi o viadinho do meu irmãozinhocontos reais punheta gozadascontoerotico baby blizcontos eróticos viadinho dando para o sindicoConto erotico botei minha pica nao aguentouconto erotico esposa putacomo me tornei amante de um.haitianoConto comendo o cuzinho apertadinho em quadrinhoEu tava fundendo minha esposa no meu quarto minha sogra viuva ela entrou nua no nosso quarto ela disse meu genro fode eu e minha filha nois duas juntas conto eroticocomi cu vigem da pastoracontoporno castigada pelo irmao contoa mulher e os mendingos quadrinhoscontos de incesto lesbicostaninha moz nuacomendo nerdisinha contosconto de madrasta taradasexo três homensConto erótico gay - Aconteceu Amor Cap. 37Conto erotico minha buceta ficou ixanda perdi as preguinhas do cu quando era pequenaquadrinhos eroticos de bbcContos eu e meu marido fudemos com varios travesti ela da o cuConto gay macho carinhosocontos eroticos perdi a aposta e dei o cuconto erotyco gay o massagista gostosocontos eroticos corno bebadocomi o cu da minha vo contoscontos real de incesto demaes fudendo com filho menor de dezesseis anosa filha conto erotico com fotodupla penetracao gay com bebida de porraassistindo filme porno mais a familia contos eroticosquadrinho erotico dando um trato na vizinhacontos erotico fui chantageado pela minha tiaconto erotico peguei minha tia traindo meu tioquadrinhosreais de incestosilto a esposa na boatesexocontos sobre velho taradoNo meu carro eu levei minha prima pra uma praia de nundismo eu fudi ela nais pedras conto eroticoenteadascontoscontos comi a gostosa na chantagemconto eroticovizinho velhodeu para ofucionari pornoconto erotivo ci de bebada nao tem donocontos minha vida de cornocontos eróticos do filho da mamãe é bicha