Bem há uma semana aconteceu uma das coisas mais gostosas de minha vida, vou me chamar de Tereza, sou ruiva, muito branca, tenho 45 anos, seios fartos, um pouco caídos, assim como minha bunda," />
Bem há uma semana aconteceu uma das coisas mais gostosas de minha vida, vou me chamar de Tereza, sou ruiva, muito branca, tenho 45 anos, seios fartos, um pouco caídos, assim como minha bunda," />

Meus Filhos "Relato De Minha Mãe"


Click to this video!


"Relato De Minha Mãe"

Bem há uma semana aconteceu uma das coisas mais gostosas de minha vida, vou me chamar de Tereza, sou ruiva, muito branca, tenho 45 anos, seios fartos, um pouco caídos, assim como minha bunda, umas coxas grossas, e uma vagina suculenta e pentelhuda mesmo, como meu falecido gostava, e desde que ele morreu resolvi respeitar sua memória. Tenho 2 filhos, o Paulo de 26 e o Jose de 23. Sempre tive uma vida sexual muito ativa, mas o destino fez com que meu marido fosse viver em outro plano de vida, isso faz exatamente 1 ano, que ele morreu.
Meus filhos compraram o computador movido a tal febre da
internet, e aprendi a navegar, pois como fui professora de inglês,
nunca tive dificuldades em aprender.
E logo de cara fui entrando em sites de relatos e contos eróticos,
pois sempre gostei de erotismo, até que descobri este site, e
comecei a ler os contos, em especial de incesto.
A cada conto de mães com filhos, eu fico toda molhada, sei que
muita gente não acredita, mas a mulher depois dos 40 gosta e
muito de sexo, e com a falta de meu marido só tinha as bananas
e os pepinos para me ajudarem.
Até que um dia meus filhos foram a uma festa, e eu comecei a
navegar pela a internet, e estava lendo o conto UMA HISTÓRIA
INTERESSANTE, estava somente de camisola azul marinho como
a do conto, e fui ficando cada vez mais excitada, e comecei a
alisar minha vagina por cima da calcinha.
Sem perceber meus filhos entram no quarto, estava tão excitada
com o conto que não os ouvi chegando, e eles entram no quarto se
surpreendem, e o Paulo começa a ler a tela, o conto, e eu fico
paralisada, e o Jose, fica me observando Paulo me diz:
- O que a senhora está lendo, a senhora não tem vergonha, vem ver Jose o que a nossa mãe está lendo.
- Um conto de incesto bonito hein – e Jose riu.
- É que vocês sabem que seu pai morreu, mas eu não morri.
- E você tem desejos nos seus próprios filhos – pergunta Jose.
- Não é claro que não estava lendo esse conto e me excitei,
isso é normal – respondi.
Mas a senhora teria coragem em fazer com um filho seu –
pergunta Paulo.
- Fazer o que – pergunto.
- Ora, sexo – diz Paulo.
- Olha o respeito com sua mãe – digo indignada.
- Olha não fiamos com ninguém esta, o Paulo me disse que há
2 meses não fica com nenhuma garota, e eu já para os 6 meses, e
a senhora esta aí desse jeito, a gente podia nos endenter –
responde Jose.
Naquele momento me deu vontade de chorar, mas já era visível
o estado de meus filhos, e não sei como, me excitei com a
situação, e já estava disposta a acabar com a minha vida e com
todo o meu respeito naquela noite. Foi quando Paulo, diz:
- É está uma boa idéia – e sorri.
- Vocês são uns doentes – respondi.
- Todos nós somos doentes – responde Jose – mas se a nossa
doença nos der prazer, não será uma doença e sim uma cura.
Notei uma lógica, na frase de Jose, e fiquei indecisa, quando
Jose me da a sua mão e me levanta e diz:
- Podemos ver esse corpo ou não.
- Vocês estão falando sério – respondi.
Senti um arrepio e pus tudo a perder ou ganhar, e dizendo:
- O que vocês querem?
- Que a senhora tire a roupa – responde Jose.
- Ou quer que a gente faça – sugere Paulo. Fiquei parada
fechei os olhos, toda a minha vida passou nos meus pensamentos
naquele instante, quando senti uma mão em meu ombro
descendo a alça de minha camisola, era Jose e o Paulo descia a
outra alça, despontando assim, meus peitos, com a camisola nos
meus pés, Jose diz:
- Agora a senhora poderia tirar a calcinha. Sem hesitar, vou
descendo lentamente minha calcinha e vai parecendo minha xana,
com direito a todos os meus pentelhos, nós 3 ali em pé, e eles
me olhando e eu olhando para eles, quando Paulo começa a
passar a mão em meus peitos e nos bicos rosados e já duros, e o
Jose passa a mão em minha barriga e na minha xana, e começa a
alisar meus lábios vaginais e a tocar de leve meu grelinho, vou
gemendo baixinho, quando Paulo tira seu membro para fora e
pede para chupa-lo, sento na cadeira e começo a chupa-lo, e o
Jose se ajoelha no chão e começa a me chupar, aquilo era demais
para mim, ter uma língua me invadindo e ao mesmo tempo ter
uma bela pica quente em minha boca, era demais, sem o grande
detalhe, eram meus filhos. Então, Jose se levanta abaixa suas
calças e senta na cama e diz?
- Senta no pau do seu filhinho senta.
Aquelas palavras mexiam comigo, e como que se estivesse
embriagada, vou até ele e vou sentado de costas para ele e de
frente para o Paulo, que se masturba. O momento era demais,
parecia a minha primeira relação, mas foi quando eu fiquei de pé
na cama e fui me agachando. Até o seu membro engolindo-o
todo e fui cavalgando em seu pênis.
- Mais mamãe, não para – dizia ele.
Paulo se aproxima e coloca novamente seu membro em minha
boca, e vai enfiando como se estivesse enfiando em uma vagina.
E diz:
- A senhora nos agüentaria aos 2?
- Só se o Jose for atrás, pois ele é menor, mas tem de colocar
com cuidado, pois faz tempo que não faço anal – reponde.
Pronto, já estava formalizado eu era a puta de meus próprios
filhos, agora não podiam voltar atrás, até porque estava gostando
e muito.O José me manda deitar na cama e abrir as pernas e ele
vai passando a sua língua minhas pernas, coxas, só com a ponta da
língua chega até a minha xaninha, e ele cuidadosamente, a chupa,
e mordiscando meu grelinho e eu vou gemendo de prazer, e ele
vai enfiando um dedinho em meu cuzinho, depois e vai beijando
ele, e enfia a ponta sua língua no meu cuzinho e vai colocando o
dedo novamente, e coloca 2 dedos, e vai passando a ponta de sua
língua no meu grelinho, e quando olho de lado, vejo o Paulo
sentado na cadeira se masturbando. Então o Jose se deita ao meu
lado e fica atrás de mim, e levanta a minha perna, e foi colocando
a cabeça de seu membro em meu cuzinho doía um pouco, mas
foi quando para minha surpresa, Paulo senta-se na cama ao meu
lado, e vai alisando me dizendo para relaxar. E vai passando a mão
pelos meus seios e vai alisando a minha xaninha, e quando vejo
Jose já esta com toda a sua vara enfiada em meu cuzinho e
começa a mexer, e vai me dando uma sensação, muito, mas
muito gostosa, e o Paulo começa a me beijar os seios, e a morder
de leve meus bicos já mais que duros a esta altura.E começa a
enfiar um dedo dentro de minha xaninha, e vou gritando de
prazer, cada vez mais. Aquilo era demais para mim, estava muito
bom, mas ficou melhor quando o Jose pediu para eu sentar em
cima dele de frente para ele para que o Paulo pudesse me enfiar
no cuzinho, aquilo me excitou ainda mais, e como se estivesse
em um sonho, em que podia realizar todas as minhas fantasias,
fiz conforme pedido de Jose e sentei-me sobre seu membro e
fui engolindo ele dentro de minha vagina e comecei a rebolar
sobre ele, quando Paulo, começa a beijar-me as costas, e vai
descendo com sua língua até chegar em minha bunda, aquilo
me deixava toda arrepiada, e ele vou volta, somente com a ponta
de sua língua, passando em minhas costas e chegando até a
minha nuca, e ele começa beijar a minha orelha, e enfia um
dedinho em meu cuzinho, enquanto o Jose, continua com seu
meu membro em minha vagina, e agora já sinto 2 dedos de
Paulo em meu anus, e ele vai enfiando e tirando e diz em minha
orelhinha:
- Mamãe vou enfiar em você tudo bem?
- Isso filhinho, coloca – respondo.
E ele vai colocando seu membro em meu cuzinho, dois muito,
solto um grito ele ameaça tirar, mas pressiono, minhas mãos em
suas nádegas, dando a endenter que queria que ele continuasse, e
ele vai enfiando e começo a gritar mais e mais, quando ele já está
com tudo dentro, Jose como se soubesse, volta acelerar seus
movimentos em minha vagina. Pronto lá estava eu realizando
meu grande sonho ser penetrada duplamente, mas com as
pessoas erradas, ou certas, não importa.
Ficamos assim, durante minutos, que para mim foram eternidades, pedi para que gozasse dentro de mim, os dois, e eles fizeram, me senti preenchida, atrás e na frente, foi maravilhoso.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico mr.incestus

Nome do conto:
Meus Filhos "Relato De Minha Mãe"

Codigo do conto:
6074

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
03/10/2005

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos o encanador pica ggconto eortico tia deixar sobrino pequeno chupa sua bucetavideos de cornos que chuupamcontos d tia emrrada por sobrinhocontos eróticos hentai pegando a minha enteadae sua mãecontos eroticos muay thaicontos eroticos de sissy passivasporno corno ainda nao consumado conto eroticodei a bunda e gozei com o pau tocando minha próststacontos erótico campo grandeestoria eroticas de mae dando para propio filho e filha veMeu sobrinho e eu trepando dentro do açude. Conto com foto.contos fiquei doida incesto filhoContos reais de sexo homens rusticocontos eroticos corno por acasoconto eurotico amigo bumbudo gaycontos de sexo no sitio com o amigo picudo do meu maridocontos com cinco ano dei bucetacontos eróticos excitante e ilustrados de dotadoscheiro da bucetinha da minha filhinhaContos eroticos com motorista macho do ubercostureira se assusta com tamanho da picacontos pornô narrado de sogro f****** a noraconto erotico gay meu favelado cap1mulher sendo fodida por dois homensele gozou dentro conto gaycontos eróticos entre duas amigas começando no bissexualismocontos erotico com cavalocontos eroticos eu minha mulher e um travest roludovelho tarado contominha prima me vestio com a roupa dela e me comeuvidio porno mamazinha bebada dormil d fio dental comi o cu delaconto erotico com gosto dechupacontos eróticos idosocontos casada e a vizinha dando e tomando porraas coxas da minha mâe contos eroticos incestocontos eroticos padrinho negaocomtoerotico pastorconto pau gigantescocontos eroticos de swing em quadrinhoscontos eróticos acampando com minha professoracontos eróticos fui estrupada por mendigoContos.encesto.relacha.maefotos porno de desenhos equadrinhosFotos incesto com filho e noraconto namorada nua em frente ao sobrinhoconto erotico com animaiscontos eroticos enrabando a caipiraquero ver sua rolaContos eroticos com fotos de podolatria chupando pes de primas novinhas e acordadasconto gay objetos no meu cucontos eroticos uma troca de casais muito desejadaconto eurotico amigo bumbudobucetas menstruando de tanto fudercontos seu amigo e muito pauzudo amorluana com a buçetanacontos eroticos ela mentiu pra meconto erotico meu tiomassive cocks hand jobgibi porno o amario com acoroaconto de comi o cu de um novinho que chorou com a pica no cuquadrinho erotico fodida aforca e apanhandoconto erotico provoquei meu.genroporno quadrinho familia e assim parte 3Contos erótico-traiçao no metro e onibus.brconto erotico pega forçadaconto amigo hetero morenocontos eroticos minha mulher doente comi minha sogra na areaputaria mozaninha embu video eroticocontos erotiko comi a baixinha bunduda e peitudapadrasto tirandu as pregas do cuzinho da enteada com muito carinhoconto erotico acunhada do meu amigo rabuda mete aiiicontos:sobrinha e esposa safadas e putas na festaidosa gozando contominha esposa com um garotao megadotado o na praia do pinhoporno empregadafilhas conto eróticoxvideo esfrega na cama igozaporno como novinhas Lesbicascontos eroticos me esfregando no vizinhoconto sobrinho safado da o cu para todos da famíliaconto erotico orgasmo na xanaConto Gay Volume Jeans tecnicofilho tadoendo tira docu contos eroticosContos eroticos comendo nossa mae eu e meu primotitiaxxvideovideo escorregou e tro errado pornocontos de zoofilia violada por caes no parque