Fudendo com o sócio do papai.


Click to Download this video!


Olá, já sou frequentadora aqui do site e fiquem a vontade para lerem e votarem nos meus outros contos. O que vou narrar agora se passou quando tinha 19 anos e era praticamente uma virgem.
Em casa somos só eu, minha mãe e o Rex, se quiserem conhecer mais o Rex procurem meus contos de zoofilia, meus pais já são separados há alguns anos. Ele é comerciante e vem aqui me ver de vez em quando.
Um dia a tarde, eu estava em casa sozinha e o telefone tocou. Era meu pai falando que iria passar aqui. Ele estava por perto e como já não me via a muito tempo resolveu passar para conversamos. Quando ele chegou fiquei surpresa, pois ele não estava sozinho o sócio dele, Jonas veio junto. O Jonas, assim como o meu pai, é um coroa de cerca de 45 anos, cabelos grisalhos, e com uma pequena barriguinha já da idade. Fiquei com vergonha, pois estava com um short curto e com uma camiseta de alça e sem sutiã. Meu pai me beijou no rosto, o Jonas fez o mesmo e ainda brincou.
- Nossa Mauricio, tua filha fica mais bonita a cada dia.
- Deixa minha filha quieta porra - respondeu meu pai em tom de bricadeira.
Já tinha visto o Jonas cerca de 2 vezes mais foi sempre na loja, de modo bem mais formal que esse. Ofereci algo para eles comerem e os servi na sala. Notei que o Jonas enquanto comia os biscoitos com a boca, seus olhos faziam o mesmo comigo. Fiquei constrangida, mais teria que aguentar os olhares dele, não podia sair correndo e me esconder no quarto. Ficamos conversando na sala e coloquei o Rex para deitar em cima das minhas pernas para tapar um pouco as minhas coxas. O Jonas não ligou e continuou a me olhar. Respondia as perguntas do meu pai mono silabicamente, pois não conseguia prestar a atenção por conta dos olhares do Jonas. Quando a visita acabou levantamos, meu pai se despediu e foi para a porta, o Jonas me deu um beijo na bochecha e não deixou de conferir o meu decote mais uma vez. E assim os dois saíram pela porta. Respirei fundo e falei.
– Nossa! Finalmente acabou.
Quando deitei na cama a noite as imagens da tarde, do Jonas olhando pra mim, me desejando, encheram minha cabeça e comecei a ficar com tesão e molhada. O estranho é que enquanto o Jonas me olhava eu só sentia repudio pela situação, mais de cabeça fria e sozinha sentia orgulho de estar dando tesão a uma homem mais velho. Minhas mãos então foram em direção da minha buceta, comecei a brincar com os meu dedos e a fantasiar a passagem da tarde. Nela o Jonas levantada da poltrona tirava suas calças, e mandava eu chupa-lo. Eu olhava para o meu pai ele dizia “Pode ir filha eu trouxe ele aqui pra isso”. Antes que eu pudesse falar qualquer coisa o pau do Jonas já estava na minha boca. Eu começava a apreciar o pau dele enquanto suas mãos acariciavam a minha cabeça e a empurravam em direção ao seu pau. Enquanto chupava, olhava para o meu pai. Ele tocando punheta falava “Chupa mais filhinha. Chupa gostoso esse pauzão que o papai te trouxe”. O Jonas então me jogava no sofá arrancava minhas roupas e começava a me foder de 4. Eu gemia e pedia mais, ele me dava mais. Depois sentava no sofá, e me fazia sentar no pau dele. Eu cavalgava gostoso. Enquanto meu pai mandava eu trotar mais no pau do Jonas.
Cheguei ao orgasmo na minha cama e a fantasia acabou. Estava toda suada e molhada. Levantei, tomei um bom banho e fui dormir ainda fantasiando.
Pela manhã, assim que acordei, fui pro computador e entrei no perfil dele no Facebook, olhei as fotos dele e voltei a ficar molhadinha e a fantasiar com ele. Cliquei em mensagens e enviei um foto minha dando um beijinho em direção a lente. Enviei junto com a mensagem “Olá, tudo bem? Tenha um bom dia”.
Tomei café e fui ao pré-vestibular. (Nossa nesse tempo ainda fazia o pré-vestibular... Deu saudades agora. Rs) A tarde quando voltei, fui direto ao computador e tinha uma resposta dele. “Oi, um bom dia pra você também. Tem certeza que mandou essa foto para a pessoa certa?”
Fiquei confusa, achei que ele ia mandar algo mais explicito por conta da tarde anterior, mais resolvi insistir. “Claro que tenho certeza! fiquei molhadinha por causa de você ontem”. Respondi.
Fui almoçar. Quando voltei ao computador já tinha outra mensagem. “Desculpe achei que não tinha reparado nos meus olhares. Foi tão explicito assim?”
“Claro que foi! Você me comeu com os olhos. Gostou do que viu?” A resposta veio imediatamente.
“Claro! E quando cheguei em casa bati uma puta punheta em sua homenagem”.
Fiquei muito orgulhosa de estar sendo inspiração para uma boa punheta e respondi.
“fico feliz que tenha gostado”
“Posso bater uma pessoalmente pra você. O que acha?”
Fiquei vermelha e envergonhada na hora que li. E já tinha a resposta para aquela situação na ponta dos dedos, mais claro que preferi fazer um charme e só respondi cerca de 30 minutos depois.
“Claro! Que dia podemos marcar?”
“Quarta a noite? Te pego onde?”
Respondi que sim e dei o local perto do meu pré-vestibular para ele me pegar.
“Combinadíssimo gostosa. Vou contar as horas par te ver de novo” respondeu ele.
Mandei outra foto. Dessa vez do meu decote com a legenda:
“Eles te encontram na quarta”
Ele me respondeu com um emoticon de beijo.
O problema é que ainda era quinta feira e teria que esperar 6 dias para encontrá-lo. Então para saciar minha vontade a cada dia mandava uma foto com uma parte do meu corpo para ele. Na sexta mandei só dos meus ombros, no sábado foi o decote, no domingo outro beijinho, segunda minha calcinha, terça da minha bunda e finalmente na quarta uma de corpo inteiro que tirei naquela manhã mesmo na cama totalmente nua. Dessa vez coloquei a legenda “Nos vemos a noite”.
Todas as minhas fotos ele respondeu com um “Te vejo na quarta” Mais dessa vez ele mandou uma foto do pau dele com a legenda. “Até a noite gostosa. E o meu amigo aqui vai te arrombar todinha”.
Fiquei molhada e sem reação depois de algum tempo só respondi. “Não vejo a hora de ter o seu amigo dentro de mim”.
Cheguei da aula, tomei um banho e fique esperando a noite chegar ansiosa. Fui ao Facebook várias vezes para reler nossa curta e prazerosa conversa. A medida que a hora se aproximava ficava cada vez mais nervosa. Em instantes faria sexo com um homem bem mais velho que eu. Com a idade do meu pai. E o pior, ele conhecia meu e trabalhava com o meu pai. Respirei fundo, deixei o receio de lado e só pensei. Se com os garotos da minha idade é bom só espero que alguém mais velho seja bem melhor. Coloquei um sutiã sem alça, uma calcinha fininha e um vestido preto que gostava muito. Deixei um recado para minha mãe e sai de casa.
Chegue no nosso local combinado e ele já estava lá. Nos beijamos, na bochecha claro, e fui até o carro dele. Tanto eu como ele nos comemos com os olhos. Se já estivéssemos em um local fechado teríamos feito sexo ali mesmo. Nosso tesão estava explodindo. O carro começou a andar e minha mão fui direto para o meio das pernas dele. Ele gemeu, tentou retribuir um pouco, mais por conta do transito quem mais aproveitou ali no carro fui eu mesmo.
Chegamos ao motel, entramos no quarto aos beijos, ele me jogou na cama.
- Menininha deliciosa que tu é Michelly. Nunca mais achei que fosse aproveitar um novinha desse seu tipo.
- Cara de sorte você né? Quantos coroas tem uma novinha como eu? – Respondi com uma certa malicia na voz para saber se ele teria mais tesão.
- Não faço ideia de quantos. Mais hoje é a minha vez – Respondeu ele com um sorriso de orelha a orelha e já tirando a calça.
Comecei a tirar a alça do vestido e ele pediu para que eu parasse.
- Calma. Quem vai tirar tudinho de você sou eu. Pode ficar quietinha ai.
Obedeci e observei ele tirar toda a sua roupa. Seu pau estava começando a ficar ereto.
- Então é esse seu amigo que vai me arrombar toda?
- É! Veja ele já esta chegando no ponto certo para fazer isso.
Assim que ele veio em minha direção e subiu na cama seu pau já estava totalmente duro e segurei ele com as duas mãos.
O Jonas abriu as minhas pernas e colocou seu corpo no meio delas. Nossas bocas se encontraram, trocamos beijos calorosos, suas mãos passavam pelas minhas pernas devagar, já as minhas largaram o seu pau e foram para a sua nuca, direcionei a cabeça dele pelo meu pescoço, ele beijava e lambia cada centímetro dele, comecei a arranhar as suas costas, as mãos dele chegaram aos meus ombros e começaram a tirar as alças do meu vestido. Gemíamos devagar e baixinho, aproveitávamos cada segundo. Ele levantou o corpo, sorrimos, nossos olhos se encararam. Sabíamos o que cada um queria. Ele puxou o vestido em direção ao meu quadril, levantou as minhas pernas e puxou o vestido em direção a elas. O vestido saiu. Agora estava só de calcinha e sutiã. O Jonas deitou em cima de mim, nossos lábios voltaram a se tocar, as mãos dele foram para o meio das minhas pernas, desabotoei o sutiã, o barulho foi como um estalo para ele, que na mesma hora o puxou e o jogou para o lado, ele olhou meus seios fartos, sorriu e começou a chupa-los, primeiro foi o esquerdo, depois o direito, ele os mordia bem devagar depois de chupa-los. Eu comecei a gemer mais alto.
- Chupa mais! Não para! Tá tão bom.
Ele não me respondeu com palavras e sim com uma nova chupada em cada uma dos meus mamilos. A língua dele foi descendo pelo meu corpo, passando pela minha barriga, assim que que chegou na virilha ele mordeu minha calcinha e começou a tira-la com os dentes. Dei uma boa gargalhada, estava achando aquilo um máximo! Meu tesão aumentava cada vez mais.
- Chupa minha buceta! Lambe ela todinha! – Gemi pra ele.
Novamente ele não disse nada, sua resposta veio com prazer. A língua dele entrou e se encaixou na minha buceta. Eu gemi mais. As mãos do Jonas seguravam e apertavam com força meus seios, as minhas empurravam a cabeça dele mais para dentro da minha buceta. Voltei a gritar.
- Não para de chupar! Quero mais Jonas! Mais....
Ele continuou a chupar e lamber e eu continuei a gemer.
O Jonas então parou, levantou a cabeça e olhou para mim.
- Agora é a sua vez, quero sentir sua língua no meu pau – disse ele com as mãos no pau dele e o apontando pra mim.
- Pode deixar – Respondi.
O Jonas deitou ao meu lado e minhas mãos foram direto ao encontro do pau dele. Seguei firme, comecei a tocar uma punhetinha rápida, ele gemeu, coloquei a língua em cima das bolas dele e fui subindo devagar até a pontinha da cabeça, quando cheguei lá, abri a boca e desci chupando todo o pau do Jonas.
- Puta que Pariu! – Gemeu ele baixinho.
Continuei a subir e descer minha boca bem devagar pela extensão do pau dele.
- Olha pra mim querida! Não para de chupar. Mais olhar pra mim...
Fiz o que ele pediu. Continuei a chupar, mais agora nosso olhos estavam na mesma direção, nos encarávamos e sorriamos. Tirei a boca do pau dele por um momento, subi em cima do seu corpo, nossas bocas de encontraram mais uma vez. Consegui sentir o gosto da minha buceta junto com a saliva da boca do Jonas. Fui descendo meus beijos pelo pescoço dele, depois pelo peitoral, barriga, virilha e finalmente encontrar mais uma vez o pau dele.
- Já teu chuparam assim? – Perguntei.
- Não. Nunca! Nem minha esposa, nem qualquer puta que já paguei. Desse jeito vou querer ser chupado assim todo dia.
Sorri e continuei a chupar. Indo e vindo, as vezes devagar as vezes bem rápido.
O Jonas pegou meu braço direito e me puxou com força em direção a ele. Minha boca deixou seu pau e foi novamente para a boca dele. Suas mãos agarraram minha cintura, ele me jogou de lado e eu abri minhas pernas. Sabia o que viria a seguir, as chupadas tinham acabado, agora era hora de fuder de verdade. Ele segurou seu pau com a mão direita e o colocou na portinha da minha buceta olhou nos meus olhos, sorrimos juntos e ele colocou tudo. O pau dele deslizou pela minha buceta molhada de tesão até o fim. Gememos juntos, nos beijamos mais uma vez, ele começou a ir e vir fudendo com força a minha buceta.
- Vou te arrombar toda chellynha...
- Pode vir! Coloca tudo! Minha bucetinha aguenta.
Ele continuou a fuder com força, levantou seu corpo, colocou suas mãos na minha cintura, empurrou meu corpo em direção ao dele. Quando voltou a fuder parecia que o pau dele tinha entrado ainda mais em mim.
Gritei pedindo mais pau na minha buceta.
- Pode gritar a vontade novinha. Esse lugar e feito para mulher gritar, e eu adoro mulher que grita.
Meus seios balançavam seguindo o movimento das estocadas do Jonas na minha buceta, eu os segurei e apertei com força meus mamilos, meu tesão aumentou, voltei a gritar, ele tirou seu pau de dentro de mim, pegou minhas pernas, as fechou, empurrou-as em direção ao meu corpo, meus joelhos encostaram nos meus seios, o Jonas colocou seu corpo no meio das minhas pernas novamente, elas ficaram por cima dos ombros dele e senti a cabecinha do pau dele na minha portinha novamente.
- Vou entrar mais fundo agora tá bom? Vou te arrombar por completa – Disse ele olhando para mim
Antes que pudesse responder ele já estava dentro de mim novamente, ele não mentiu quando disse que ia mais fundo, que ia me arrombar pra valer. Ele estava indo em lugares que ainda eram virgens em mim. Nunca tinha sentido aquilo, era um tesão sem igual. As mãos dele apetaram meu seios e seu pau deslizava indo e vindo dentro da minha bucetinha.
- Grita mais alto que ouvir! Pede mais pau sua putinha novinha! – falou ele.
- Eu... Quero... Mais pau... – Gritei – Quero esse pau... Dentro de mim... Todo dia...
- Sou melhor que esses garotões que te fodem todo dia?
- Muito melhor... Eles nunca chegaram... Tão fundo... Na minha... Bucetinha...
- Grita mais!
- Mais, mais, mais! Quero mais fundo...
- Grita implorando putinha!
- Mais por favor... Mais por favor... Mais por favor...
- Não tô ouvindo direito! Mais alto porra!
- MAIS POR FAVOR... MAIS POR FAVOR... MAIS POR FAVOR...
Depois desse meu grito ele e eu gozamos. Minha buceta foi inundada pelas nossas gozas, ficamos exaustos. Ele largou meus seios, passou suas mãos pelo meu rosto, lambi seus dedos, senti seu pau diminuir dentro de mim, ele o tirou de lá. Eu desci minhas pernas dos ombros dele, ele deitou em cima de mim, nossas bocas voltaram a se encontrar, seus dedos foram ao encontro da minha buceta, a medida que ele brincava nossa goza ia saindo de lá.
- Já tinha fudido desse jeito? – Ele me perguntou
- Nunca! Foi delicioso.
- Quando podemos repetir?
- Marca o dia. Vou estar esperando. Mais não pode ser amanhã? – Perguntei.
Foto 1 do Conto erotico: Fudendo com o sócio do papai.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario bomaluno1000

bomaluno1000 Comentou em 09/04/2017

Como é gostosa e safada...

foto perfil usuario leoh

leoh Comentou em 29/12/2015

Nossa, MIchelly! Que conto gostoso! fiquei superexcitado! MAnde suas fotos pra mim! Bjus!

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 23/10/2015

muito bom

foto perfil usuario jobmaersk

jobmaersk Comentou em 30/05/2015

excelente chelinha, aguardamos novas aventuras. e fotos.

foto perfil usuario

Comentou em 25/05/2015

Nossa, você sabe mesmo como deixar um homem cheio de tesão pra te pegar de jeito. Conto muito excitante, não resisti e gozei muito lendo este. Queria muito estar no lugar do Jonas pra te pegar de jeito e fazer vc gozar muito.... delícia de mulher. Tens meu voto... beijos!!

foto perfil usuario semajos

semajos Comentou em 21/05/2015

Excelente muito bom gostoso tesudo

foto perfil usuario caco_sp

caco_sp Comentou em 19/05/2015

Muito bom

foto perfil usuario edição limitada

edição limitada Comentou em 17/05/2015

Muito bem definido e gostoso, já vivi situação semelhante...votado

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 09/05/2015

adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii minha gde amiga mil bjos Laureen

foto perfil usuario boxboxbox

boxboxbox Comentou em 27/04/2015

Amei o seu conto. Muito bom. Votei

foto perfil usuario santiago027

santiago027 Comentou em 16/04/2015

Que delicia, muito excitante, fiquei com o pau latejando!!!

foto perfil usuario amigofixo

amigofixo Comentou em 19/03/2015

Humm que delícia. Como sempre vc é maravilhosa. Quem me dera ter essa sorte...

foto perfil usuario

Comentou em 19/03/2015

Delícia de conto excitante e bem escrito, tem estilo próprio.Quanto a mulher direi o que penso num poema que fiz e te enviarei por mensagem faz parte do livro que terminei de escrever.Fiz para uma mulher que vive na minha mente e coração,ela é muito linda e perfeita no seu jeito de amar e se deixar amar,pela sua beleza e sensualidade poderia ser você,não estranhe coisa de poeta. Beijos,

foto perfil usuario anjo discreto

anjo discreto Comentou em 16/03/2015

Hmm, sempre muito bom! Adorei... Bjs

foto perfil usuario travesso2

travesso2 Comentou em 16/03/2015

Muito excitante, está de parabéns

foto perfil usuario eddu

eddu Comentou em 16/03/2015

Delicia de conto Michelly!

foto perfil usuario voyspmen

voyspmen Comentou em 16/03/2015

oi Mi, acho q vc ganhou mais um fã, votei, minha pika ficou durissíma pelo relato, bjs




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


59410 - Primeira vez com o Rex - Categoria: Zoofilia - Votos: 67
60302 - Traindo o Rex - Categoria: Zoofilia - Votos: 56
60303 - No Motel com dois Colegas de Faculdade - Categoria: Heterosexual - Votos: 39
64780 - O retorno da eguinha - Parte 1 - Categoria: Zoofilia - Votos: 25
65837 - O retorno da eguinha - Parte 2 - Categoria: Zoofilia - Votos: 15
66818 - Minha colega Tatá - Categoria: Lésbicas - Votos: 32
68018 - O Jonas e o meu cuzinho - Categoria: Heterosexual - Votos: 35
70362 - Meu coroa no interior - Categoria: Coroas - Votos: 25
70779 - Festinha da faculdade - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 39
74788 - Minha chefe gosta de meninas - Categoria: Lésbicas - Votos: 34
82820 - Uma noite com o Namorado e o Coroa do Interior - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 22

Ficha do conto

Foto Perfil michelly88
michelly88

Nome do conto:
Fudendo com o sócio do papai.

Codigo do conto:
62094

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
15/03/2015

Quant.de Votos:
40

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


Eu arrombei o cu que sangrou no motel da filha do meu amigo eu depois eu fudi a esposa dele na casa dele conto eroticoContos eroticos seios mordidasa virgem e o coroa pirocudo conto eroticovigiei a mulher conto eroticonegao enrabou minha mae contosbundudinhacontosmelhor dormindo eroticocontos meu cu e meu filhoconto erotico primeira gozadaContos a professora submissa capitulo 46minha tia lig pra minha e pede pra mim dormi na sua casa eu comi sua bocetafui com minha esposa no clube de swing virei mansoVizinha gostosa de shortinho fotos em quadrinhosconto erotico comendo cu madrasta negra no mercadocachorro fudedor de mulherescontos eroticos de sexo com pai da amigaContos eróticos, papai me levou para praiacontos eroticos gay dei o cu no acudecontos chorei na pica do meu netoXvidio encoxatriz de frente em conducaocontos negaoConto Erotico: Meu amigo é eu comendo a minha namorada!contos gay estufa o cuContos eroticos dp com o sogro e o cunhadoesposa putinha titio caralhudo pirocudo maridinho corninho safado pau pequeno contos eroticosultimos conto sadocontos eroticos vovonovinha retribuído a encaixada no buzuminha esposa me ajudou eu abusar da maninha dela contospauzao do negao no meu rabo contosvideo faturei a mas gostosa da festacontoeroticoirmasxvideos paaaaaiiiivizinha sozinha carente so de biquinisporno zoo Tio sobrinha e cachoro em contos eroticos colocando a cadelinha na jaula pornofudendo rapidinha a xereca lisinha ca bacinhocontos eróticos se virando com a pica do irmaoconto erotico vovó fogosa com novinhomulher desmaiada engatada zoofiliacunhado cumedo a mulhe ia cunhadaconto erotico gay o jardineiro gostosofilme porno encoxando uma policialno onibucontos cfm com fotos esposas arrombadasprofessora recem separada no. bar bebada mostra a bucetaoprimeira transa com meu irmaohistoria em quadrinhoporno bebeu demas e foi estrupada com pepinoContos eroticos meu ficanteperdi as preguinhas do cu quando era pequenamulheres gosta de passar margarina no cu e na busetas e no corpo inteirocomo meu tio me viciou na rola dele gayconto erotico minha sobrinha gosta de me dar mamaFOTOS PORNO DOS SIPISONcontos erotivos gay tripla penetraçao maconheirosconto erotico dona casa no quintalconto erotico meu amigo provou pra mim que minha esposa e facinhaContos eroticos de travestis do pau grande rompendo o meu anus do viadinho.xvedeo no portao vizinhacontos eroticos. noras e sogroconto erotico gay com pai e irmaoconto erótico de i****** Comi minha irmãasistir videos porno atualizado 2017 mulheres transando com cao e ingatando com eleConto erotico gay o amigo do meu paicontos eróticos dividimos o machocontos eroticos novinho sendo enrabado a força pela primeira vezlesbicas da bucetas grandes esfregando a buceta uma na outrafamília parte 1 contos eróticoseu gosto de penis incircuncidadoconto eroticopapai de penis lindoconto eurotico gay comi o bombadoultimos contos incestoschupeteira conto erotico com fotosminha cunhada me de moral na feata dela e ela me deu sua bucetavale tudo com a sogra conto pornobriguei com minha namorada no meu quarto e ela na reconciliação mideu a buceta contos eróticoscontos comendo irma gasula na piscinaQuadrinhos eróticos óh famíliacontos eroticos de estupro anal coletivocontos eroticos fudi minha gestante devido meu pai nos abandonacontos travesti raphaela e mulhercumplicrs de um resgate contos eroticos gayscontos de incesto 2018conto erótico camioneiro comeu minha amiga e eupaizinho safado conto gaywww.garota cota comu pedeu u cabasu du cuquadrinhos erótico sobrinha estampadaconto erotico prima desmaiada