Porra me deixa louca de tesão


Click to Download this video!


Sim, adoro sentir minha xereca cheia de porra,  mas também amo ficar toda lambuzada de leitinho. Amo porra nos meus cabelos, cara, boca, peitos,  barriga, nos beiços da buceta,  costas,  bunda,  coxas e pés. Humm, tô com a buceta meladinha só de pensar nisso.  Quando tomo banho de porra tenho que meter o caralho gozado na minha xoxota e aí gozo gostoso.

Descobri essa tara por porra ainda no colégio,  quando tentei seduzir meu professor de educação física. Nas últimas aulas eu estava usando o short sem calcinha só pra deixar minha racha bem marcada, com os beiços bem salientes e separados pela costura do short. Percebi olhares dos meninos e de quem me interessava. Meu professor tentava disfarçar mas o vi várias vezes olhando minha xoxotinha. Eu ficava com mais tesão ainda naquele caralhudo.

Eu sempre me insinuava mas ele nunca demonstrava interesse,  exceto pelos olhares que me deixavam louca pra perder o cabacinho naquela pica. Na última aula resolvi ir pra cima. Ele deixou a turma jogar livremente na quadra do ginásio e eu fingi um mal estar pra não fazer a aula. Ele estava sentado na arquibancada,  afastado da quadra e me sentei ao lado dele, deixando nossas pernas se encostarem. Ele não se afastou. Eu sentia a buceta melada e os biquinhos dos meus peitos arrepiados. Não perdi tempo:

- Você gosta de olhar pra minha xoxotinha? - não olhávamos um pro outro, ficamos olhando o jogo na quadra. Ele não me respondeu. - Ela fica bem meladinha quando você olha pra ela.

Então ele olhou rapidamente minhas coxas, meus peitos,  meus olhos e disse, voltando a olhar pra quadra:

- Menina,  sou seu professor. Não me provoque,  você não vai conseguir nada comigo.

Segurei a mão dele e coloquei entre minhas pernas, bem próxima da minha racha. O puto roçou os dedos na minha xaninha. Soltei um gemido baixinho. Me levantei e disse que o esperaria no vestuário feminino. Ainda tínhamos uns vinte minutos antes de acabar o tempo da aula. Eu tinha certeza que ele iria. Sentei no banco do vestuário que dava de frente pra porta, tirei a blusa, coloquei uma perna no banco e,  puxando o short pro lado, fiquei mexendo no meu grelinho. Não via a hora do meu professor entrar e me ver com os biquinhos durinhos e a xota melada  por causa dele. Não esperava que ele me fodesse ali, mas uma mamada gostosa eu ia ganhar  e dar.

A porta se abriu mas não era quem eu esperava. Mário, um repetente de dezenove anos, entrou rapidamente fechando a porta atrás de si. Me levantei em um salto já agarrando a blusa pra vestir, no que ele disse :

- Nossa, que cena deliciosa. Não veste a blusa agora não. Deixa eu ver mais esses peitinhos. E essa bucetinha? Fica peladinha e me mostra, vai?

Vesti a blusa sem responder e já ia saindo quando  ele continuou :

- Seu professor não vem. É,  eu vi vocês dois na arquibancada. Assim que você saiu ele disse pra turma continuar na quadra até o fim do tempo, que ele tinha que sair. Vim te avisar. -fiquei decepcionada. - Mas não precisa ficar desapontada. Eu, Sérgio e Vitor podemos apagar esse fogo aí dessa bucetinha se você quiser.

- Não vou perder minha virgindade com vocês, seu palhaço.

- Ei, calma gatinha selvagem, a gente só vai te fazer uns carinhos. Quer que eu mostre como? Fica peladinha, rápido. Daqui a pouco as meninas vêm pra cá.

Eu estava com raiva mas aquela cara de tarado do Mário estava me deixando com tesão novamente. Não tirei a roupa mas disse que queria ver o que ele tinha pra me dar.

- Tenho isso aqui, ó. - tirou a piroca dura pra fora e ficou roçando na minha racha por cima do short. Enfiou as mãos dentro da minha blusa, apertando meus biquinhos. - Gosta? Humm, o peitinho tá dizendo que sim.

Continuou com uma mão no meu peito e enfiou a outra dentro do meu short, massageando meu grelinho. Gemi. Ele também. Me beijou do jeito mais safado que existe. Se ele quisesse tirar meu cabaço com o dedo, eu ia deixar, tamanho era meu tesão. Segurei o pau e de repente ele se afastou. Lembrei de onde estávamos. Disse pra eles irem na minha casa naquela tarde mesmo. Dei meu telefone para combinarmos.

Mal cheguei à casa o putinho me liga. Meu tesão não passava e ele ainda me  disse umas putarias depois de eu explicar o endereço. Tomei um banho e coloquei uma camisolinha transparente e uma calcinha fio dental. Como combinado,  eles foram entrando. Mário abriu a porta e quando me viu ali de pé, veio logo me agarrando e me beijando. Deixei que ele me deixasse só de calcinha. Sérgio e Vitor pareciam não saber o que fazer. Mário provocou, massageando meus peitos :

-  Estão loucos pra mamar esses peitinhos, né? - chupetou um e outro. -Mas antes, quero ver bem essa bucetinha.

Ficou ajoelhado na minha frente e tirou a calcinha devagar. Minha buceta piscava.

- Abre a buceta pra mim, quero ver ela bem arreganhadinha. Senta ali no sofá e arregaça ela pra gente ver.

Sentei sentindo minha xota muito melada. Coloquei os pés no sofá, joelhos dobrados, pernas bem afastadas. Arregacei a xereca com os dedos. Os três apertavam o pau olhando minha xoxota. Eu olhava pra eles com cara de puta, adorando ver o tesão deles. Pedi pra me mostrarem as pirocas. Mário deu uns tapinhas na minha xoxota e me colocou em pé, agarrando pelos cabelos.

- Tá bem putona, né? Quer ver caralho? Já vai ver. Estão esperando o quê? Olha como esses biquinhos querem ser chupados! 

Enquanto ele tirava a roupa, os dois vieram mamar, um em cada peito. Olhei Mário completamente nu, pau em pé. Ficou atrás de mim roçando a piroca no meu rabo. Empinei a bunda e afastei um pouco as pernas. A pica se esfregava na minha racha. Eu gemia de tesão, os meninos mamavam sem muita experiência, mas com vontade. Falei pra lamberem os bicos. Ficaram lambendo como dois cachorrinhos e minha buceta melava mais.  Mário se abaixou e começou a passar a língua na minha xoxota, por trás. Eu tremia muito e não estava conseguindo ficar em pé. Ele levantou,  agarrou meus cabelos e perguntou ao meu ouvido enquanto esfregava o dedo no meu grelinho:

- Tá gostando,  né, putinha? Quer gozar? Fica de quatro igual a uma cadelinha e goza na minha boca.

Fiquei de quatro. Ele bateu na minha bunda me mandando ficar bem empinada com as pernas afastadas. Mandou os meninos me mostrarem o pau. Levei uma surra de picas. Quase gozei sentindo aqueles paus super duros batendo no meu corpo todo.  Vitor disse que já estava quase gozando. Então Mário disse pro Sérgio colocar a pica na minha boca enquanto ele chupava minha xereca. Assim que comecei a mamar,  Sérgio tirou o caralho com a cabeça melada  da minha boca. Mário me fez deitar de costas no chão, abriu bem minhas pernas  e ficou lambendo deliciosamente toda minha buceta, dando uns chupões e umas mordidinhas nos beiços da minha xana. Eu gemia e rebolava na cara dele.  Vitor e Sérgio,  em pé,  gozaram quase juntos nos meus peitos, esporrando na minha cara e também no meu cabelo. Gozei como uma vaca na boca do caralhudo. Ele lambeu minha porra e jorrou a dele no meu grelo. Eu pedia pica. Queria as pirocas com gosto de porra na minha boca.  Chupei o caralho gozado dos três, espalhando com as mãos a porra que lambuzava  meus peitos e minha racha. 

Levei muita surra de pica e muito banho de porra dos três muitas outras vezes. Adorava arreganhar minha buceta pra eles chuparem e amava mamar aquelas pirocas até me darem leitinho. Até que um dia Mário foi sozinho. E eu quis aquela rola enfiando na minha xoxota, rompendo meu cabaço. Gozei várias vezes aquele dia.

Depois disso ainda nos encontrávamos, os três. Mas Mário não deixava mais ninguém meter na minha xereca. Só o caralhão gostoso dele fodia minha xoxotinha melada e faminta. E eu sempre ficava do jeito que gosto: todinha lambuzada de porra.


  

 


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 01/08/2017

sempre releio seus contos e gozo!!!

foto perfil usuario rmarreiro

rmarreiro Comentou em 05/05/2015

Linda adoro seus contos....é impressionante quanto fico tesudo com suas historias minha rola parece que fica mais grossa e dura. Queria eu ter o privilégio de chupar vc até gozar na minha língua

foto perfil usuario anjo discreto

anjo discreto Comentou em 23/04/2015

Delícia!!!

foto perfil usuario roberto rossi

roberto rossi Comentou em 22/04/2015

Safada no grau máximo. Porra, voto e beijo.

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 22/04/2015

você sabe me deixar com tesão e me fazer gozar gostoso!!!!!! A cabeça da minha pica ta brilhando de tão inchada e as veias tão do jeito que você gosta.... saltando!!!! Queria montar em você socar na sua xereca e esporrar você toda, te dar um banho com meu leite minha cadela tesuda!!!

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 22/04/2015

colossal!!!!

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 21/04/2015

conto muito bom, adorei e votei...bjs




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


58779 - Meladinhas no funk - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 29
58837 - Meladinhas no funk - Final - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 28
58909 - No exame das mamas dei minha bucetona - Categoria: Fetiches - Votos: 32
58957 - A pica quente do meu sogro - Categoria: Heterosexual - Votos: 36
59002 - A vara do padre me salvou - Categoria: Fetiches - Votos: 29
59052 - puta toda a vida - Categoria: Masturbação - Votos: 12
59105 - Puta toda a vida 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 15
59175 - Titio me deu de mamar - Categoria: Incesto - Votos: 24
59227 - Dois cabaços e uma pica - Categoria: Incesto - Votos: 24
59539 - Mela que eu gosto - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
59848 - Chupa que é de uva...hummm - Categoria: Heterosexual - Votos: 21
61236 - Quero dedinho na racha e piroca na boquinha - Categoria: Masturbação - Votos: 13
61381 - Tenho fogo na xoxota - Categoria: Incesto - Votos: 36
61690 - Quando fico louca pra foder... - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
62065 - Depois que enrabei meu amigo gay - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 25
62421 - Enchi o tanque e a buceta - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 27
65278 - Padrasto caralhudo arregaçou minha buceta - Categoria: Incesto - Votos: 40
106150 - Primeiro o cabaço, depois a virgindade - Categoria: Masturbação - Votos: 9
106248 - Caçadora virou caça - a linguada mais gostosa que minha buceta já ganhou - Categoria: Heterosexual - Votos: 15
106349 - Vem com a pica quente que a buceta tá fervendo - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
106602 - Delícia de foda com o anão - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil profana
profana

Nome do conto:
Porra me deixa louca de tesão

Codigo do conto:
63897

Categoria:
Masturbação

Data da Publicação:
21/04/2015

Quant.de Votos:
23

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico buceta depiladaContos eroticos de professora bate cinco punheta pro alunoContoerotico irma.ziperdendo a virgindade com um coroa contosou casada mas adoro uma putariaconto erotico minha tiaentiadacontoeroticopornô gay olhando o meu primo contosConto erótico gay - Aconteceu Amor Cap. 37contos eroticos superdotadosfoto da buseta da minha mulhewww.contos de incesto me viciei em deixar meu tio chupar minha bucetinha na minha infânciaconto erotic pagei a mulher do meu amigotravesti do pirocao com casal conto eroticoconto tia nuaxvideos duruba entre familiatesconto erotico gay viado desobediente tem que ser castigadocontos eróticos de mulheres de Alenquercontos negro gosando na minha esposaContos zoofilia das mulheres cadelasvidios gays com homens feiosocontos eroticos meu marido cumeu minga amiga e enfiou a maoRelato de cornos submissoBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAultimos contos sadoincesto erotico exame medicocontos com fotoscfm casadasconto erótico mulheres sequestradascontos eroticos eu e o obreiroContos gay vovovídeos pornôs gay brasileiro chorando sem camisinhada sexo violentoconto erotico mulher fas esgandalo quando trepandobusetas gotos domudoconto erotico rosecontos-mana peitudas e bundonas-fotosconto erotico meu padrasto e hiperdotadoquadrinhos eroticoscontos de incesto cunhada cansada e desiludida com.o.maridocontos eroticos pau grande grosso oiii ta doendo irmã choraquadrinhopornotraicaoconto erotico entregador de pizza a forcaTeimei+com+titio+etive+que+libera+a+bucetia+conto+eroticoconto gozei na alianca delaconto erodico arombei minha vocontonerotico menininhaporn contos eroticos humilhada e mijadacontos podolatria tapou minha boca ultimos contos sado professora submissa 29o amigo negro do meu filho quadrinhomulher trans operada conto eroticowww.contos eroticos minha esposa e professora flagrei ela metendo com aluno bem dotado.com.brfotos mesturbaçao na praiaquadrinho erotico Outra chancenovinho fazendo sexo com barbeiro contos gayhq gay sexo pai e filhoconto erotico gay o travesti favelado rasgou meu cu de madrugadaporno maduras cinquentona inteirona fudendo com dois machosconto porno peguei minha mae com o amante na cama de meu paicontos eróticos sexo com a mulher do amigo2017Conto erótico msConto erotico meu pai tirou minha virgindade imagemgay chupando casado contoMinha amiga fernanda ela comigo na casa de praia conto eroticomulheres q sao viciadas em zoofiliaconto erótico chocolate enfiado no ânusmila adoro ser encoxadapornô gay selvagem história em quadrinhosconto eróticodei para o cavalo e mim fude pornoele nem desconfia abre a porta logo e vem comer meu cu sem frescuraporno conto mae gravedacontos eroticos chrfaconto de casada tesudaContos erótico , meu namorado meteu rola no priquito da minha amigaTirando a calcinha da irmãzinha enquanto ela dormevariedades de conto quadrinho nacional corno manso pornôconto erotico de incesto com enteada,e fototio limpando jardim e eu fodendo titiaconto erotico emquadrinho o caminhoneiro arrombadormacho peludo dotado fode bixsconto irma dormindopicas grandes 25centrimetroporno em quadrinhos com negroesorgias anaisultimos contos sadoscontos eroticos Bezerrinha novinha do meu padrastoMadrasta e antiado sex foto quadradinhosjanaina meu sogro tem. pauzao