Enfermeira com Buceta Lizinha e safadinha


Click to this video!


Todo homem tem desejos ocultos, que nem toda mulher adora realizar, assim como toda mulher tem desejos a serem realizados.

Uma das principais necessidades masculinas é transar com uma enfermeira gostosa. Eu como sou louco assumido por sexo e por mulher, tive esta sorte.

Há um tempo atrás, sofri um acidente de moto, fui levado diretamente para o hospital, sem nem se quer pensar. O fato é que tive que fazer uma cirurgia na perna e com isso fiquei internado cerca de um mês.
Durante a primeira semana fui tratado diretamente pelo medico, pois ainda estava em observação de remédios.
Porém depois fui cuidado pela enfermeira Vitória.
Vitória era muito bonita, tinha por volta dos seus 1,69 de altura, seios médios, pernas grossas e bumbum grande, morena clara, olhos negros e cabelos lisos até o meio das costas.
Toda vez em que ela entrava no meu quarto, percebia que ela me olhava diferente e aquele jaleco branco dela, me deixava ainda mais louco pra saber o que tinha ali de baixo.
O tempo foi passando, ela entrava no meu quarto cada vez com mais decote.
Aos poucos fui me soltando e a conversa com ela ia fluindo.
Certo dia, um pouco antes de sair do hospital, ela entrou novamente em meu quarto para trazer os meus remédios.
Ela colocou a bandeja em cima da mesinha que tinha do lado da cama, pegou os remédios e o copo da água e me deu delicadamente.
Tomei, enquanto ela me olhava fixamente. Sem que eu espera-se, ela foi até a porta e fechou com uma chave.
Trancando somente eu e ela dentro do quarto, e começou a vir em direção da cama, ficando ao meu lado. Começou a desabotoar o seu jaleco, com isso o meu pau já estava duro e eu louco de tesão, louco pra comer aquela enfermeira, e ela continuava desabotoando, um de cada vez, até chegar ao último botão, ela me olhou através da sua franja e faz cara de safada, mordendo os lábios.
Agora mais do que qualquer coisa, eu desejava aquela mulher.
Finalmente ela desabotoou o ultimo botão e o jaleco se abriu, ela estava sem roupa por baixo, somente de calcinha e sutiã vermelhos.
Peguei ela pelo braço e puxei para mais perto de mim, eu não poderia ficar de pé, com isso, ela fazia tudo que eu mandava.
Tirei o jaleco dela, e também o sutiã, seus seios eram perfeitos, eu apertava eles, e ela fazia cara de safada.
Foi quando ela veio e tirou a minha cueca e o meu pau que estava latejando por aquela gostosa, ficou pra fora, só esperando sentir o boquete dela, ela se abaixou perto do meu pau, e começou a dar pequenas lambidas de leve na cabeça do meu pau, que pulsava na língua dela.
Aos poucos ela foi descendo, até conseguir engolir o meu pau todo, eu forçava a cabeça dela para meu pau ficar todo dentro da boca dela.
Ela adorava. Ela deixou o meu pau todo babado, pronto pra foder loucamente aquela buceta, ela subiu em cima de mim na cama, mas passou direto do meu pau, e colocou a bucetinha na minha boca.
Segurei a calcinha dela de lado, ela estava agachada na minha boca e se apoiava na cabeceira da cama, eu estava parado, ela rebolava fazendo a minha língua deslizar sobre a sua buceta, ela sentava e a minha língua entrava inteira dentro daquela gostosa.
Ela decidiu sair e foi novamente “mamar” meu pau, ela chupava com vontade, pegava com força.
Eu so queria comer ela.
Ela então ficou ajoelhada, com a buceta em cima do meu pau, segurou a calcinha de lado, e foi sentando devagar, fui sentindo meu pau entrando cada cm dentro dela, aquela buceta molhada e quente, que delicia que era.
Entrou primeiro a cabecinha, depois cada cm do meu pau, até que ela se levantou novamente, e sentou com mais força. A buceta dela era apertadinha e o meu pau entrou rasgando. A buceta dela apertava bastante o meu pau, e a vontade de arrombar ela era grande, mas deixei ela se divertir antes.
Ela parecia não se importar com as pessoas que passavam logo ali no corredor, e eu muito menos.
Sentada no meu pau, ela começou a rebolar, ela gemia baixo, e me apertava, sua buceta estava cada vez mais molhada.
Me levantei um pouco, segurei na cintura dela, e levantava ela e depois soltava, meu pau arrombava cada vez mais aquela bucetinha gostosa.
Comecei a apertar os seios e ela parecia ir a loucura.
Começou a rebolar mais rápido, fazia cara de tesão, mordia os lábios e gemia mais alto, estava quase gritando.
Ela desceu a sua mão na buceta e começou a se masturbar, jogou o seu corpo pra trás e eu via perfeitamente a buceta dela toda melada.
Não demorou muito e ela acabou gozando tudo em cima do meu pau, naquele momento ela estava gritando de prazer, eu puxei ela, deixando ela quase “d4” em cima de mim, comecei a foder a buceta dela sem parar.
Ela me apertava de um modo alucinante, perto de gozar, ela desceu da cama, começou a chupar meu pau, a onde o gozo dela escorria por ele, não demorou muito e eu acabei gozando na boquinha da Vitória.
A gente não conseguia se falar, pois não podíamos, devido aos outros pacientes que estavam ali logo ao lado.
Ela passou a língua pelos lábios, engolindo assim todo o meu gozo.
Colocou o seu sutiã, depois o seu jaleco, me ajudou a colocar a minha cueca. Foi ate a porta, abriu olhou para mim dali.
Mandou um beijo e saiu por aquele corredor enorme.
Eu ia ter alta no dia seguinte, justamente no dia em que Vitória estava de folga.
Porém sempre um dia antes ela ficava de plantão.
E eu não via a hora da noite poder chegar para poder pegar ela de jeito novamente.
As horas iam se passando, e ela entra no meu quarto trazendo os meus remédios. Fez exatamente tudo igual, mas desta vez ela ia indo embora.
Foi quando decidi que puxaria conversa com ela.

- Vitória?
- Oi?
- Vem ca, vem...
Ela voltou ate perto de mim.

- Tudo bem com você linda?
- Tudo, e você como esta?
- Bem melhor agora, mas porque esta indo embora?
- Eu preciso ir, pois preciso atender outros pacientes.
- Ah, e você vai me deixar assim?
Levanto o cobertor, mostrando que o meu pau já esta duro, louco pra poder foder ela de novo.

Ela me olha com uma cara de tesão e eu não resisto.

- Fecha a porta enfermeira linda. E vem aqui brincar comigo.

Ela não resiste e vai fechar a porta e volta rapidamente, sobe em cima de mim e começa a me beijar, os beijos dela são molhados, os lábios carnudos, são macios, ela tira seu jaleco e deixa ali em cima da mesinha ao lado da cama, ela se inclina afim de seus seios ficarem na minha boca, chupo os biquinhos dela, que estão super durinhos, percebo que ela esta muito excitada, e enquanto chupo os seios dela, passo a mão pela buceta dela, que esta toda meladinha, vou colocando o dedo dentro da buceta dela, e vou masturbando devagar, ela sente muito tesão nisso, mas eu quero colocar logo o meu pau, e terminar de foder aquela enfermeira deliciosa.
Ela começou a rebolar em cima do meu dedo, e eu sinto aquela buceta cada vez mais molhada. Quero pegar ela “d4”, arrombar de verdade, mas eu não conseguia forçar a perna, porem pedi que ela desce-se da cama, e levantei também, puxei ela pelos cabelos, tirei minha cueca e forcei meu pau todo dentro da boca dela, forçava e metia na boca dela, meu pau ficou todo babado e sem perder muito tempo, me apoiei na perna boa e dei um jeito de não forçar a outra, coloquei ela “d4”, e comecei a foder ela, naquela posição a buceta dela era ainda mais apertadinha, e ela me levava a loucura, eu não conseguia me controlar e dessa vez eu gemia mais alto que ela, porém, eu segurava o cabelo dela, e puxava com força e ela gostava.

- Enfermeira Vadia, você gosta de dar essa buceta pra mim?, buceta deliciosa.

Ela só gemia, e tentava de todos os modos sentir cada vez mais o meu pau entrando na sua buceta.
Quando de fundo o alto falante anunciou o nome dela, e ela precisava ir urgentemente. Então segurei a cintura dela mais forte, forcei ela contra o meu corpo e fodia ela sem parar, ela não se segurava e gritava alto, as pessoas estão desconfiando do que estava acontecendo ali, mas ninguém tinha coragem de perguntar.
Eu arrombava aquela enfermeira gostosa, e ela estava me deixando louco.
Estava perto de gozar, tirei novamente o meu pau, e ela me deixou gozar na boquinha novamente, porém desta vez, enquanto eu gozava ela soltava o meu gozo em cima do meu pau. Ela se vestiu, me deu um selinho e saiu.
Eu me limpei, me vesti e fui dormir, pois no dia seguinte ia ter alta


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


36192 - A Morena Cuzuda Do Ônibus - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
36196 - Minha mae que delicia - Categoria: Incesto - Votos: 16
36198 - Minha Mãe alcoólatra da o cu e leva porra no rabo - Categoria: Incesto - Votos: 22
36323 - Comi minha tia na pisina - Categoria: Incesto - Votos: 5
36325 - Mais uma coroa fácil do meu condomínio - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
36379 - COMI MINHA SOGRA RABUDA - Categoria: Fetiches - Votos: 14
36445 - Rasgando o cú da nega da minha vizinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
36525 - LOUCURA DE FILHO - Categoria: Incesto - Votos: 5
36526 - Comi minha mãe na cozinha - Categoria: Incesto - Votos: 8
36886 - Transando com a prima ladrona - Categoria: Incesto - Votos: 0
37300 - A PROFESSORA TARADA - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
38171 - Comi uma funcionária casada - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
38173 - COMI A MINHA TITIA - Categoria: Incesto - Votos: 5
39078 - Pegando a amiga Bebada - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
44993 - Dei o rabo para o meu filho - Categoria: Incesto - Votos: 20
47927 - Seios Fartos - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
68169 - LAMBIDAS GOSTOSAS - Categoria: Zoofilia - Votos: 0
68171 - Lambidas gostosas (parte II) - Categoria: Zoofilia - Votos: 1
68460 - Realizei meu desejo(foda a três) - Categoria: Fantasias - Votos: 4
68537 - A mulher do chefe - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
68538 - A Estagiaria safada - Categoria: Fantasias - Votos: 0
68577 - A mais louca masturbação - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
69055 - A maranhense carente - A maranhense carente - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
69057 - O casal e indomada selvagem na praia... - Categoria: Incesto - Votos: 5
86265 - Acabei comendo minha mãe - Categoria: Incesto - Votos: 10
86268 - Fiquei com a mãe do meu amigo - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
86300 - Minha esposa é lésbica! - Categoria: Lésbicas - Votos: 5
86303 - A Novinha do Zap - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
86304 - AVENTURA ERÓTICA COM UMA ADVOGADA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
86428 - Casada e crente, ela era uma mulher proibida - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
86429 - Fazendo Arte - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
86431 - Uma noite inesquecivel com meu maninho - Categoria: Heterosexual - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil morenobso
morenoijc

Nome do conto:
Enfermeira com Buceta Lizinha e safadinha

Codigo do conto:
65950

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
04/06/2015

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


prono quadrinhos contos tia peladinhaamigo negro do meu filhomolhei a calcinhaanythingincexto contando no pal do irmo hentai quadrinhosMamae fingindo dormindo comi ela canto eroticacontos erótico gay fetiche ppr meiAsconto meu tio arrobou eu e minha primaconto erotico tia lucia parte 4porno bucetas da minha tiasexo erotico dp siriricahistória de porno na cantoquadrinhos eróticos de gays o amigo negro do meu filhoanimal erotica analconto erotico de patricinhaContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestomarido tarado conto eroticocastidade consolo gigante conto eroticosogro chupando a noracontos eroticos eu menino transei com duas.comcoroasComtos tia e sobrinha fodidas pelos amigos do tioConto novinho da o cuzinho bebado5 sado contos eroticosEngravidando do negao quadrinhos eroticosconto esposa ja transava com meu amigoFotos incesto em familia brazilcontos de corno acampandoFudi meu tio no jardim contos eroticos de gaysiquilino vedo as calcinha contos eroticoconto érotico meu amiguinho novimContos eroticos. Meu Rabo grande pisquei para o filhocontos eroticos de mulheres que gosta de toma ser xingadaviu a madrasta novinha e gostosa pelada e ofereceu dinheiro pra tenta fuder elatranco contoshentai travesti . a vinganca das alunas 2quadrinhos erodicom com negaoconto erotico surra de picahomems de pau duro e sarado em desrnho e animaçao e na realidadefodi minha prima com vagina pequena e saborosaxvideo cumeno a forsaa irmamxvideos tocando siririca com os olhos trocadosiConto meu amigo gozou no meu cucontoseroticos desenho animado sogro comendo norasquadrinhos gays eroticos do dragon ballvídeo de sexo com iníciado lésbicas contos de incesto cunhada cansada e desiludida com.o.maridochorei na vara de outro pro corno ver contosContos erotico com menina do lanche novinhaxvidios chamei o pedreiroxporno gey em quadrinhos de pouzaoconto incesto dupla penetração desde pequenacontos velho da rola grande arregacou a novinha minha esoosaConto erótico Boa Noite Cinderela para minhas sobrinha inocenteluizao no xvidio porno gaycontos eroticos gays com advogados casadocontos eróticos sexo com a mulher do amigo2017conterotico irmãsshemale nua desenho animadocontos incesto meu filho machucadocontos pai ve filha peituda novinha se babydoll fode elavídeo de pornô Carla deitado na cama meu coração no c* delaconto erotico ninfeta chantagemViadinho de calcimhaporno hentail suruba novinhaconto erotico sentei no colo do coroaConto erotico Titia gostosa abusou do sobrinhoconto erotico gay meu goleiro cap1contos eroticos aposta com minha mãeeu novinha pegava o velho conto eroticohentai anal mulher maravilha estrupada e violentada no fundo do onibusadoro ser encoxada linha vermelha 2017madrasta nua contoPauzudo mijandotravesti contoContos erótico despedida de solteiro de meu filhoXvideo ageitou a irma pro amigo + velhomenina de rua conto eroticosurfista tarado pega boy gay contocontos eroticos porno cu da noia de ruavendedora contos heroticofotos a censala hetai gaypatrao.comeu.ababa.cazada.fiel.cernticonto erotico comadre e afilhadacontos de incestos chupando a bucetinha da filhinha ainda bebepatrao.comeu.ababa.cazada.fiel.cerntiContos erotico de travesti estupradocontos veridico marido quis ver sua esposa com outro mega pauzudao dotado e conseguiumulhertraz.comomarido e um travestimfui iniciada ainda pequena na zoofilia