Emprestando a barriga da esposa


Click to Download this video!


Olá!!!

Repassando outro bem excitante

Isto que estou contando é a realidade, e está acontecendo mesmo. Eu e minha esposa, somos casados há um ano e meio. Somos pobres e batalhamos muito para ter as coisas que temos. Minha esposa tem 24 anos e realmente é muito bonita. Loira, de pele bem clara, somos de Santa Catarina e ela é de origem alemã. Não temos filhos ainda, pois não temos condições materiais para isto.
O caso é que logo após nos casarmos minha esposa foi trabalhar de empregada na casa de um homem muito rico. Ele é um executivo alemão de uma multinacional, e já é de idade (tem 60 anos). Ele nunca teve filhos e então chegou com esta proposta.
Sempre ia pegar minha esposa em sua casa. Com o tempo ele passou a me cumprimentar e até a puxar conversa (coisa rara com estrangeiros como ele, que são bem secos). Perguntava sobre nossa vida, nossa situação, e dava gratificações para minha mulher, mas sempre muito respeitoso.
Foi quando um dia minha mulher disse que o Doutor tinha uma proposta para fazer. Ela fez mistério e no fim me contou o caso: Ele já tinha idade, não tinha filhos e queria muito ter um descendente. Não queria de uma mulher qualquer, teria de ser de uma mulher honesta.
Ele ofereceu então uma casa que ele tinha toda mobiliada e mais um carro Vectra e cem mil reais para que minha esposa gerasse um filho dele. Ele só queria o filho, nada mais, não queria a mãe da criança no pé dele depois. Não teria que transar com ela, seria tudo feito por inseminação artificial.
Depois do nascimento da criança ele iria para a Alemanha e nunca mais voltaria. Como minha esposa é de origem alemã, loira e de olhos azuis, seria a ideal para ter um filho dele. No começo fiquei puto, mas minha esposa foi me acalmando e dizendo que não teria problema algum, já que seria uma inseminação artificial, e ele nem tocaria nela. Depois do nascimento, nunca mais veríamos ele, e ficaríamos com a vida feita (uma linda casa montada, um carrão e ainda dinheiro).
Resolvi pensar no assunto e fui conversar com o Dr. Hans, que me recebeu simpaticamente. Ele me disse as mesmas coisas e me garantiu que não haveria a necessidade de ele tocar em minha esposa. Sua gravidez seria escondida de nossa família, e no final receberíamos todo o combinado.
Quando ela engravidasse, receberíamos o carro e metade do dinheiro. Quando a criança nascesse e, após o registro e ela assinar os papéis abrindo mão da criança, receberíamos a casa e o resto do dinheiro. Resolvemos aceitar.
Ana foi fazer todos os exames e estava tudo ok. Ela parou de tomar anticoncepcional. Eu não poderia mais ter relações sexuais desprotegidas com minha esposa, senão ela poderia ficar grávida de mim.
Dr. Hans generosamente já me deu o carro e 30 mil reais, antes mesmo de Ana engravidar. Mas a primeira inseminação não deu certo. Ela ia sozinha com Dr. Hans ao ginecologista. Foi quando ela e Dr. Hans me disseram que para a gravidez ocorrer mais rapidamente, foram aconselhados pelos médicos e médicas da clínica que seria bom ela ter relações com Dr. Hans.
Já comecei a brigar, mas Dr. Hans ofereceu por isto mais 30 mil reais. Desta forma, minha esposa começou a transar dom ele.
Durante uns quatro meses, Dr. Hans possuiu a minha Ana todos os dias (menos após as inseminações, que foram mais três). Neste período, poucas vezes comi a Ana, sempre com preservativo, pois o vai e vem da penetração poderia retirar parte do sêmen, diminuindo as chances de gravidez. As relações do Dr. Hans com Ana nunca aconteciam em sua casa, pois ele fazia questão de discrição e sigilo, os outros empregados não poderiam saber do nosso acordo.
Com isto, na maior parte das vezes foi em motéis. Porém como era desconfortável, Dr. Hans sugeriu que fosse feito na sua outra casa (a que ele daria para nós), inclusive me convidando.
Esta situação me deixava com muito tesão e desta forma, passei a ser o "preparador" da minha esposinha para as relações com Dr. Hans.
Todos os dias Dr. Hans aparecia na casa. Eu estava totalmente proibido de ter relações com minha esposa, mesmo com preservativo. Meu tesão era enorme, e eu me masturbava umas 6 vezes por dia. Ele tinha dispensado Ana do trabalho para ela poder descansar e estar disponível a qualquer momento.
Em geral era no final da tarde que Dr. Hans comia a Ana. Ele até incentivava a minha permanência na casa, pois segundo ele, isto o excitava e aumentava a sua espermatogênese. Eu escutava os gemidos dele, e finalmente seu urro animal.
Com o tempo Ana também perdeu a inibição e escutava eu seus gemidos. Inclusive era importante que ela também tivesse orgasmos, pois as contrações do útero facilitavam a fecundação.
Após o sexo, eu via as manchas de esperma nos lençóis. Via também o fundo das calcinhas de Ana duros do esperma seco. Muitas vezes, após as relações amorosas, quando entrava no quarto, eu encontrava a Ana, plantado bananeira de ponta cabeça. Ela ficava assim por até uma hora, para facilitar a entrada do sêmen em seu útero e evitar qualquer perda de porra.
Ana ainda me chupava e me masturbava, mas cada vez menos. Parecia até que ela estava com nojo de mim. Eu torcia para que ela engravidasse de Hans logo, para eu poder voltar a possuí-la.
Após uns quatro meses, ela começou a ficar enjoada e os exames confirmaram sua gravidez. Foi uma festa geral!... Dr. Hans jantou conosco comemorando e eu feliz, até comentei que iria poder voltar a possuir minha esposa. Dr. Hans ficou bravo, me disse que dentro da barriga de Ana estava um filho seu e que eu não poderia fazer nada com Ana até ao nascimento!
Fiquei decepcionado. Sua barriga começou a crescer e Ana estava cada vez mais deliciosa. Seus seios cresceram e os mamilos, antes rosados, tornaram-se negros. Em seu ventre estava o filho de outro homem e isto me revoltava e excitava. Ana com pena de mim deixou eu possui-la, escondido do Dr. Hans (que sempre fiscalizava tudo).
Quando penetrei sua deliciosa bocetinha de grávida, que havia tanto tempo, não sentia, foi emocionante! Sua vagina continuava superapertada, e muito mais melada, acho que pelo muco da placenta.
Não aguentei nem três minutos de penetração e esporrei um tanto enorme de porra (agora ela já estava grávida e podia receber minha porra na xana). Foi delicioso gozar em sua bocetinha, sem me preocupar em engravidá-la.
Imaginar quantas vezes outro homem encheu de porra sua buceta...
Agora transo poucas vezes com Ana, pois ela também perdeu um pouco o interesse por mim, além do que existe a proibição do Dr. Hans. Ele paga tudo em casa e não podemos contrariá-lo. Ele insinuou que queria continuar comendo Ana, mesmo após a gravidez, o que não aceitei, pois não era o combinado.
Mas desconfio que ele continue possuindo-a, principalmente de dia, enquanto estou no trabalho.
Ana está com seis meses de gravidez e cada vez mais bela, mas tenho medo e às vezes me pergunto: o que vai acontecer quando esta criança nascer?
Será que Dr. Hans não vai querer além da criança também minha Ana? Ele é rico, é boa pinta e pai do bebê que minha esposa espera.

Foto 1 do Conto erotico: Emprestando a barriga da esposa

Foto 2 do Conto erotico: Emprestando a barriga da esposa

Foto 3 do Conto erotico: Emprestando a barriga da esposa

Foto 4 do Conto erotico: Emprestando a barriga da esposa

Foto 5 do Conto erotico: Emprestando a barriga da esposa


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario renatomr

renatomr Comentou em 19/10/2015

Que mulher gostosa. Fiquei doido pra meter com ela também. Vamos marcar alguma coisa.

foto perfil usuario renatomr

renatomr Comentou em 19/10/2015

Que mulher gostosa. Fiquei doido pra meter com ela também. Vamos marcar alguma coisa.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


71411 - Mãe e filho se masturbam - Categoria: Incesto - Votos: 9
71412 - Masturbação com o filho - Categoria: Masturbação - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil evandropg
evandropg

Nome do conto:
Emprestando a barriga da esposa

Codigo do conto:
72206

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
13/10/2015

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


conto erotico grupal xingando bucetudafui da banho no meu filho e o pau dele creceu sexocasal praticante de zoofiliaultimos contos sadoComtoeroticos.mo meu aniversario meu maridcontos eroticos de cornosContos eroticos mamei cinco pausmulata conto eroticonovinho filho de macumbeiro batendo punhetamulher trans operada conto eroticoconto erótico garotinha da praça parte 2fui estuprada egostei contoerooticoRelato mae fode-se com seu filho na praia de nudespunheteirahentalporn corno contos eroticos amarrada e espancadacomi minha enteada contocarolzinhabaixinhasafadaquadrinho eroticoConto erótico gay padrecontos eroticos meu marido e minha amigacontos o encanador pica ggfoto da buseta da minha mulhecontos eroticos tio com sobrinha virgemaquele pezão na minha cara contos eroticosultimos contos sadobucetinha da minha filhamulheres despejando seu gozocontos com fotoscfm casadascontos eroticos minha tiaminha mae me fez de putinhacomi minha irma bebadaMe insinuei para meu genro da rola grande contos femininomeu filho meu tesãotaxista e seus amigos conto gayContos eroticos .meu filho me comeu no sofa da salabucetas labios gigantes carnuda exageradaContos crentinhas de leguecontos eroticos meu irmão de piça gg fodeu eu e minha primacomi minha cunhadinha virgencontos eroticos pau do paimeu amigo enrrabando minha mulherfotos de posições de esquinxarcontos eroticos, comeu meu cu na dpquadrinhos eroticos aventura no aviao021 997180802conto esposa pelados piscinaconto etrotico de bunduda fazendo dp com macacosContos eroticos com as prinhas de 10 e 12 amimhosconto estupro gayContoeroticoninfomaniacaconto porno gay sujeicontos com fotoscfm casadaspunindo filhinha longe da mamae e tirando o cabacinho conto eroticoContos eroticos mulher chorando no pau do filho roludo que come sem do a buceta da sua mae e da sua irma e sua amiga virgemvídeo pornô das coroa buchudinha das coroa do buchãomae indecisa conto eróticodomcuervotravesti com rola ensebada contos eroticosporno conto mae gravedaescrava conto erotinocontos com fotos cfm casadasvídeos pornô homens transando com boneca inflável e fazendo barulho como fazerconto erotico no onibus manausconto erotico de calcinha provoquei o coroa barrigudoconto gay dominador estupra submissocontos eroticos levei porra para o corno parte 5conto eroctico do marmajo comendo o cuzinho da novinha no quadradinhoporno conto erotico virei putinha do chefeescrava conto erotinovoleibol lésbica sexo com negão infielcontos eroticos massagem esposa do patraocontos picantes de chantagem 2012contos gays dei pro entregador gostoso do supermercadoMeu tio e eu no motel conto eroticotaradpedroconto porno ai gostoso enfia no meu cuhomem paga dívida a fornecedor com a buceta da esposacontos eroticos coroa forrócontos.eroticos biquini punheta incestocontos eroticos minha filha trabalhando e eu dando pro meu genro comtos meti meu picao nela incestoConto ertico gay - Aconteceu Amor Cap. 15minha mae e ninha tia contoarrombada com ajuda da mamaeconto porntitia é de mais contos