MEU RABINHO PRA 3 AMIGOS ROLUDOS


Click to Download this video!


Olá pessoal, hoje decidi escrever a continuação do final de semana maravilhoso que vivi, cheio de tesão e trepadas gostosas. Peço desculpas caso fique meio longo e peço que leiam até o final, valerá a pena. Se quiserem saber como tudo começou, leiam o primeiro conto: ME FEZ DE MOÇA E SOCOU COM VONTADE.

Enquanto chupava o caralho do Luiz no quarto, o interfone toca. Luiz vai atender e menos de cinco minutos depois a campainha toca. Fiquei no quarto ansioso para conhecer os dois amigos de Luiz que iriam me foder, estava completamente pelado e iria receber os amigões exatamente assim. Ouço Luiz cumprimentando-os e risadas quando um dos amigos pergunta a Luiz se ele já estava usando a putinha deles, já que Luiz foi atender a porta completamente pelado.

Três segundos depois, os dois amigos entram no quarto e começam a rir maliciosamente quando me veem pelado. Luiz nos apresenta rapidamente e quando eles vem me cumprimentar apertam minha bunda e perguntam se eu estou pronto pra levar rola. Respondo que sim, que estava completamente pronto pra ser a puta de três machos. Então, um dos amigos me entrega uma sacola preta que segurava e pede pra que eu coloque aquilo que está dentro. Quando abro, percebo que se trata de uma calcinha. Nunca tinha usado calcinha antes e confesso que não sentia muito desejo, mas no momento que senti aquela calcinha enfiada no meu rabo, estremeci de tesão.

Então, lá estava eu, moreno, magro de corpo definido e com uma calcinha azul minúscula enfiada na minha bundona grande e gulosa, pronto para ser usado. Virei de costas e empinei bem minha bunda para meus machos e imediatamente já sentir me agarrarem por trás e começarem a me encochar. Enquanto um me agarrou por trás, beijando meu pescoço e colocando o pau na minha bunda dentro da calça jeans, o outro começou a me beijar enlouquecidamente, me agarrando com força e formando um sanduíche de macho, eu no meio, como uma puta de dois machos. Luiz ficou observando e começava a se punhetar enquanto assistia.

O cara que me beijava e que estava na minha frente se chamava Henrique e tinha 28 anos, ele estava com roupa de academia, regata branca e shorts e enquanto eu pegava no volume do calção dele, percebi que estava sem cueca. Ele tirou a regata enquanto me beijava e eu já completamente louco pra começar a chupar aquele homem. Ele é saradão, corpo super definido, completamente branco, mamilos bem rosas e extremamente peludo, era alto, 1,89 de altura. Ele usava uma barba bem espessa que me enchia de tesão em beijá-lo.

O cara que me encochava por trás e que já tinha me enchido de mordidas no pescoço se chamava Francisco, 29 anos, também alto, moreno, usava uma barba curta, não era tão sarado como Henrique, mas era gostoso pra caralho, e me agarrava com muita força por trás.

Beijava enlouquecidamente Henrique e depois de uns minutos ele me pediu para chupá-lo, pediu não, mandou. Prontamente me coloquei de joelhos e ele começou a esfregar o pau na minha cara, ainda dentro do calção. O pau tava duro feito pedra e era gigante, estava louco pra cair de boca. Henrique ficou esfregando na minha cara e eu chupando a piroca por cima do calção.

- A putinha vai chupar meu pauzão, vai? - Henrique perguntava - Acabei de sair da academia e vim direto pra cá, putinha, vai ter que chupar meu pau suado, do jeito que está ai.

Abaixei o calção e congelei por alguns segundos. Aquele cara tinha um caralho que eu nunca tinha visto, arrombaria qualquer um só com a cabeça daquele cacete. Media, no mínimo, uns 24cm, grosso, cheio de veias e peludo, muito peludo, assim como o resto do corpo, e como já havia previsto, estava sem cueca. Me aproximei e imediatamente senti o cheiro daquele pau. Tava realmente suado e com um cheirão muito forte, realmente cheiro de rola. Me enchi de tesão e coloquei aquele pau na minha boca e iniciei um belo e gostoso boquete. Ele soltava uns gemidos e empurrava minha nuca pra engolir cada centímetro daquele pauzão.

Depois de uns minutos chupando Henrique, Luiz me chamou pra ir pra cama e ficar de quatro, nada era um pedido, e sim uma ordem e eu estava lá para obedecê-los. Fiquei de quatro na cama e Henrique e Francisco subiram e ficaram em pé na minha frente. Francisco já tinha tirado a camiseta e me mandava abrir sua calça jeans que já estava explodindo. Tirei sua rola pra fora e já comecei a mamar imediatamente. Tinha com certeza seus 20cm e era tão peluda quanto a de Henrique, aliás, as três rolas que eu tinha a minha disposição eram extremamente pentelhudas, o que eu adoro. Então comecei a alternar um boquete entre Henrique e Francisco, ambos os paus estavam babando enlouquecidamente e aquelas rolas com cheirões fortes e pentelhudas, rolas de macho, me deixavam cada mais acesso.

Luiz, então, chega por trás, coloca a calcinha de lado e começa a chupar meu rabinho. Eu começo a gemer feito uma cadela, com duas rolas na boca e uma língua gostosa pra caralho no meu rabo. Luiz mete direto os quatro dedos no meu rabo com facilidade, já estava bem apertinho da foda anterior, porém sinto uma certa ardência, acho que não estava completamente recuperado haha. Enquanto mamava deliciosamente as duas rolas, percebo Luiz forçando os cinco dedos no meu rabo e, consequentemente, a mão inteira. Peço pra ele parar que não ia aguentar e tava doendo muito. Ele então troca de lugar com Henrique. Começo a mamar Luiz enquanto Henrique, com seus 24cm, começa a pincelar meu rabo com seu cacete. Começa a força o pau gigante pra dentro de mim e não espera um segundo eu me acostumar, começa a me arrombar. Caralho! Eu começo a gritar de tesão, feito uma vadia, podia sentir cada centímetro daquele cacete estourando meu rabo. Meus gritos eram abafados com as duas rolas que eu mamava.

Eu estava no céu. Luiz e Francisco arrombavam minha boca com suas rolas e Henrique não tinha um pingo de dó com meu rabo. Enquanto ele socava freneticamente em mim, ele sentava a mão na minha bunda. Eu podia sentir os cinco dedos no meu rabo tamanha a força que ele me batia. Eu tava enlouquecendo com aquela sensação. Podia sentir minha bunda arder de tantos tapas e meu rabo estava sendo arrombado por um cara extremamente safado.

Francisco pede pra me foder e Henrique cede meu rabinho pra ele. Empino ainda mais minha bunda e sinto o pau entrar com tudo em mim. Imediatamente Henrique me coloca pra mamar sua rola, junto com Luiz, a rola tava completamente melada e eu podia sentir o gosto do meu rabinho naquele cacete. Francisco gostava de enterrar, literalmente, o pau em mim. Socava e deixava por alguns segundos enterrado até o talo. Tinha vontade de gritar, ora por tesão ora por dor. Eu estava sendo completamente usado por aqueles machos sedentos por rabo.

- Fode esse rabão, Chico, deixa bem larguinho. Essa puta ainda vai receber muita rola - Dizia Henrique.

Henrique era o mais safado dos três. Luiz, então, deita na cama e manda eu cavalgar na rola dele. Começo a cavalgar feito uma cadela enquanto mamo a rola gigante de Henrique.

- Será que a putinha vai aguentar duas rolas no rabo? - Francisco pergunta atrás de mim e sobe em cima da cama.

Peço pra ele usar algum gel lubrificante porque senão não iria aguentar, nunca tinha enfiado dois paus no rabo.

- A gente não trabalha com lubrificante, puta que é puta aguenta rola sem reclamar. - Respondeu Francisco, cuspiu no meu rabo, que estava enterrado na rola de Luiz e imediatamente começou a encaixar o pau no meu rabo.

Ele forçava e não entrava nem um centímetro, ele forçava e nada. Luiz me puxou pra frente, começou a me beijar, enquanto Henrique começou a abrir minha bunda com as duas mãos e Francisco continuava forçando. Demorou uns dois minutos e então eu comecei a sentir uma dor enorme. Pedi na hora pra pararem e não fui atendido. Henrique meteu a rola na minha boca e mandou eu calar a boca e chupar. Francisco esperou eu me acostumar com a dor e continuou forçando. Até que comecei a rebolar nas duas rolas, então ele percebeu que eu estava com a rabinho completamente pronto para as duas pirocas. E então meteu sem dó.

Eu sentia o cheiro forte de sexo no quarto, cheiro forte de sexo de macho e isso me deixava louco. Os gemidos fortes e altos daqueles machos me fodendo, aquelas duas rolas me arrombando juntas, aquele macho abafando meu gemido com o seu cacete enfiado na minha boca. Tudo isso me enlouquecia. Eu estava realmente precisando de rola. Aqueles machos insaciáveis me fodiam como ninguém e eu continuava implorando por rola...

Bom, eu preciso finalizar por aqui. O conto está enorme e eu ainda tenho muitos detalhes pra contar pra vocês sobre essa foda inesquecível.Pensei que conseguiria finalizar com mais esse conto, mas iria ficar ainda maior. Portanto, aguardem que logo escrevo o próximo e conto pra vocês os diversos fetiches que realizamos juntos, eu e esses três gostosos. Ah, vou deixar uma fotinho minha usando a calcinha que ganhei desses machos e que fui feita de mulherzinha. Me escrevam o que estão achando. Beijão.


Foto 1 do Conto erotico: MEU RABINHO PRA 3 AMIGOS ROLUDOS

Foto 2 do Conto erotico: MEU RABINHO PRA 3 AMIGOS ROLUDOS


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 17/08/2016

Parabéns! Belo seu rabo! Tenho absoluta certeza que seus amigos foram fartamente saciados em sua bundinha, pois ela é lINDA! Adoraria compartilhar com vc esses seu gostosos amigos, ver eles te enrabarem! Betto

foto perfil usuario jhonnyfree

jhonnyfree Comentou em 15/08/2016

Sonho de todo viadinho, mas podia aproveitar e depilar essa bundona, ficaria bem melhor.....




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


87663 - ME FEZ DE MOÇA E SOCOU COM VONTADE - Categoria: Gays - Votos: 28
88069 - OS 3 AMIGOS ME ARROMBARAM E GOZARAM DENTRO - Categoria: Gays - Votos: 12
88116 - O GRINDO PEDIU INFORMAÇÃO E GANHOU MEU RABO - Categoria: Gays - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico putinhorabudosafado

Nome do conto:
MEU RABINHO PRA 3 AMIGOS ROLUDOS

Codigo do conto:
87750

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
14/08/2016

Quant.de Votos:
16

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


contos de mototaxista e gaymulher bebadas senos estrupadaspor colegascontos eroticos de estupro anal coletivocontos eróticos viagem maravilhosameu genro comeu meu cu virgem contoContos eroticos caseiro entre irmaos na infanciacontos eroticos com ginecologista pirocudos contos e roticos cornos bravoscontos eroticos taxistas com passageiras novinhasconto erotico comi a gravidaconto gay casado no cinemaboys égua pica sexocontos eroticos garoto gay dando o cuzinho virgem brincando de esconde escondeconto erotico roupa esposaronicleisilvacontactpromo.ru contosconto erotico de inquilina gostosamulhermaravilhatransandohentairelatos eróticos reais incesto mãe sentada no colocontos eroticos levei minha filha no medicomulheres despejando seu gozoconto gay com estupro e muito sanguecontos cu cabacocontos eroticos fiz sexo virtual com um pauzudocontos eroticls de nua em publico a hulmilhaçao continuabrasil porno sexafillcontos eróticos ilustradosirmã da nadinha incestoContos de cdzinhaconto evangélica rabudamães gostosas rabudas contoscontos a cdf cabacinhoperdi o selinho da buceta com meu cunhado contosmulheres rabudonas cavalas abusando de jovem pisudoConto erotico feriaporno em quatrinho o prefeitoMãe fazendo boquete no filhoamiga soltirona da mamae contos eroticosNovinha safada da academia conto eroticoputinho afeminado dando escolaconto erotico perfil markisbatendo punhet no onibusconto gayminha enteada novinha de fio dental na praia com sua mae e eu contosbucetinha erregou para um pinto muito grandesabendo que minha empregada e entra dentro do quarto eu fiquei nu e de pica dura sexocoto erotico craudinha e seu irmáoconto minha primeira chupadacontos eróticos massagista casada abusadacontos eróticos o negao da academiacontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anosSoca esse pauzão na minha buceta arromba contosHistórias em quadrinhos porno meu pai é um putono conto erotico minha irma mais nova mim pertuba pra transa com elaa prima safada desenho pornoconto erotico mae transando.com filhocontos eroticos com bolinacao de negras idosas e gordascontos com fotoscfm casadascontos eroticos maduras adorei a piça gg deleDora dando a b***** para o sogromacrinhas e loirinhas nuascontos erptocos gay mae me produziuContos eroticos esposa com o instaladorler contos de incesto eu e minha irmã lutando jiu jitsoMeus tios fodia minha mãe. Conto erotico heterosexual.Porno novinha asitica seduzir o TioQuadrinhos eróticos a caronaComo abrir terceiro olho em poucos diasQuando meu cu piscou dei logo contosBruto conto gaycontos eroticos pedi pra minha prima nao dar bandeiraxvideo filha chorá no colopapaiconto erótico esposa engrávida depois de um estuproContos eroticos infanciaconto eroticos com padrastonegao tentano coloca arolona na bucetinha da garotinhacontos eroticos incesto: o bondao da mamaetirei o c******** da Camila minha enteada